Oi, o que você está procurando?

POLÊMICA

“Governador nenhum vai suspender meus cultos”, diz Silas Malafaia

(Crédito: Agência Brasil)

O pastor Silas Malafaia postou um vídeo em seu Twitter, nesse domingo (15/03), desafiando as orientações de prevenção contra o coronavírus. Seguidor fiel de Jair Bolsonaro, o líder religioso afirma que não vai suspender seus cultos por conta da pandemia, “mesmo que o governo diga que vai parar trem, fechar mercado, fechar tudo. Assim mesmo a igreja tem que estar de porta aberta”, disse o pastor durante pronunciamento nas redes sociais.

Malafaia é fundador da Assembleia de Deus, uma das maiores organizações evangélicas do país. O pastor afirma aos seus seguidores que não fechará os templos e ficará lá caso algum fiel precisasse de algum tipo de ajuda ou orientação. A declaração do líder religioso vai contra as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), que diz para evitar aglomerações e eventos públicos.

“A igreja tem que ser o último reduto de esperança para o povo”, disse durante culto que durou 15 minutos. Veja.

Alguns seguidores elogiaram a posição do líder religioso: “Eu creio na sua liderança espiritual sobre essa nação. Fala para o presidente se acalmar porque Deus está com ele e se Deus está com ele, o mesmo deve depositar toda confiança nele”, disse um seguidor.

Mas muitos chamaram Malafaia de irresponsável: “Um líder religioso colocando a vida dos fiéis em risco, não dá pra acreditar”, declarou um internauta.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
41