Fique ligado!

INFRAESTRUTURA

Samar entrega obra de R$ 33 milhões que destrava o parque industrial

Publicado

em

Empresa concluiu a obra de reversão das bacias de esgotamento dos córregos Tropeiros, Espanhóis e Engenheiro Taveira


A GS Inima SAMAR vai entregar, nesta quarta-feira (12), às 10h, no auditório da empresa, em cerimônia conjunta com a Prefeitura de Araçatuba, a conclusão da obra de Reversão das Bacias de Esgotamento dos córregos Tropeiros, Espanhóis e Engenheiro Taveira. Nesta última etapa foi construído um emissário que interliga o bairro de Engenheiro Taveira à Estação de Tratamento de Esgoto Baguaçu. O bairro rural, antes isolado de Araçatuba, com um sistema precário de esgotamento sanitário, passa agora a integrar a rede coletora de esgoto do município.

A obra de reversão do esgoto, que exigiu investimentos de R$ 33 milhões, direcionou todo o efluente que chegava nas duas lagoas para a Estação de Tratamento de Esgoto ETE Baguaçu, localizada no outro extremo do município. Entre os benefícios gerados por essa grande obra estão a garantia para instalação de novas indústrias no município, aquecimento da economia e geração de novos empregos.

Desde o início das obras de reversão do esgoto, em março de 2018, muita coisa já mudou em Araçatuba. Segundo a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Agroindústria de Araçatuba, o município iniciou o ano de 2020 com a liberação da concessão de uso de 30 novas indústrias na cidade, sendo a maioria delas instalada no Parque Industrial Maria Isabel.

O número representa o dobro das empresas já existentes. Segundo o Secretário da pasta, Marcelo Astolphi Mazzei, os investimentos em saneamento daquela região possibilitaram a regularização do Parque Industrial, atraindo novos negócios.

“Era uma necessidade de mais de 30 anos que impossibilitava o crescimento daquela região. Com essa regularização, as empresas se sentiram atraídas. Agora, as novas indústrias, de várias partes do país e de diversos ramos, como têxtil, alimentício e madeireira, trazem o desenvolvimento econômico da cidade, abrindo mais de 400 novas vagas de emprego em médio prazo”, destaca.

Obras resolvem um antigo problema de Araçatuba

As lagoas de tratamento de esgoto situadas no extremo norte de Araçatuba eram insuficientes para tratar todo o esgoto coletado em 44 bairros das zonas norte e parte da zona oeste da cidade, onde estão também instalados dois grandes parques industriais. A população estimada nesses bairros é de 60 mil habitantes.

Por causa da precariedade do esgoto, além do mau cheiro que exalava para toda a região, o município precisou assinar um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) junto à CETESB, em 2001, se comprometendo a resolver o problema. Por isso, também foram suspensas as autorizações para instalação de novas indústrias nessa região.

A impossibilidade de investimentos para solucionar o problema foi uma das principais razões para a concessão dos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário para a iniciativa privada, ocorrida em 2012. Depois que assumiu os serviços de água e esgoto em Araçatuba, a GS Inima Samar precisou também assinar um novo TAC junto à CETESB, em 2013, uma vez que o primeiro TAC assinado pelo antigo Departamento de Água e Esgoto de Araçatuba nunca tinha sido cumprido.

Obras exigiram construção de elevatórias e novos emissários, além de reforma da ETE Baguaçu

As obras de reversão da bacia de esgoto da zona norte foram iniciadas em fevereiro de 2017 com a construção da nova Estação Elevatória de Esgoto Santa Izabel, que, à época, bombeava, de maneira precária, o esgoto de parte da zona oeste da cidade que era dirigido às lagoas da Estação de Tratamento de Esgoto Maria Izabel.

Ao mesmo tempo, foram construídos 10 quilômetros de novos emissários de 300 milímetros de diâmetro, interligando a elevatória à Estação de Tratamento de Esgoto ETE Baguaçu, localizada no bairro Cafezópolis.

A nova elevatória Santa Izabel foi inaugurada em março de 2018. Paralelamente, a GS Inima SAMAR já trabalhava na construção da nova elevatória de Esgoto EEE Maria Isabel, construída próxima às lagoas da estação de tratamento e destinada a receber também o esgoto da bacia do córrego Tropeiros e encaminhá-lo a elevatória Santa Izabel. Essa nova estação foi inaugurada em novembro de 2018.

ETE Baguaçu foi preparada para receber todo efluente da cidade

Para viabilizar a obra de reversão do esgoto das lagoas de tratamento foi necessário investir na modernização da Estação de Tratamento de Esgoto Baguaçu, que passou a receber todo o efluente gerado na cidade.

Ao mesmo tempo em que conclui as obras de reversão, a GS Inima Samar também conclui estudos para a recuperação das lagoas da ETE Maria Isabel, que serão totalmente desativadas.

Entre os benefícios gerados pela obra estão a garantia de eficiência para o tratamento de 100% do esgoto coletado na cidade. Isso permitiu a liberação para instalação de novas indústrias nos parques industriais da zona norte; aquecimento da economia, com tratamento adequado para a instalação de novas indústrias e geração de novos empregos diretos e indiretos, além da recuperação das antigas lagoas de tratamento e consequente melhoria do meio ambiente.

Obra incentiva o desenvolvimento econômico

Com a instalação dos novos emissários, que garantem o esgotamento e tratamento eficientes do esgoto, o cenário da região norte da cidade começou a mudar. No final de 2017 e início de 2018 foram lançados novos empreendimentos imobiliários e muitos outros ainda estão por vir naquela região.

De acordo com o Secretário de Planejamento Urbano e Habitação, Ernesto Tadeu Consoni, já foram liberados a implantação de aproximadamente 10 mil lotes imobiliários. “Esse emissário instalado pela SAMAR foi fundamental para esse crescimento. Seguindo os parâmetros do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) esses novos lotes devem representar uma população de 40 mil pessoas para os próximos anos naquela região”, destaca.


Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
Anunciante
Anunciante
Band FM 96.9
error: Conteúdo protegido. LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998