Oi, o que você está procurando?

POLÍTICA

“Não confiam na Justiça?”, diz Bolsonaro sobre denúncia contra Glenn

Presidente Jair Bolsonaro cumprimenta turistas no Palácio da Alvorada

Ao ser questionado sobre o fato de a denúncia feita pelo Ministério Público Federal (MPF) contra Glenn Greenwald, cofundador e colunista do Intercept Brasil, significar um ataque aos valores democráticos, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) respondeu com ironia ao dizer que quem o denunciou foi a Justiça.

“Vocês não confiam na Justiça”, questionou o presidente. Ao ser corrigido por um jornalista, ao informar que a denúncia partiu do Ministério Público Federal, o presidente continuou: “É MP, MP”.

Mais cedo, Bolsonaro questionou a permanência de Glenn no Brasil. “Não devia nem estar… Onde está esse cara. Está no Brasil?”, perguntou. Esta não é a primeira vez que o presidente contesta o fato de o norte-americano viver no país.

O jornalista é casado com o deputado David Miranda (PSol-RJ), com quem tem dois filhos, e foi responsável pela publicação de uma série de reportagens que ficou conhecida como Vaza Jato.

Na ocasião, o presidente comentava sobre portaria que permite deportação sumária de estrangeiros que cometem crime no país. “Eu teria feito um decreto porque quem não presta tem que mandar embora. Tem nada a ver com esse Glenn. Nem se encaixa na portaria o crime que ele está cometendo. Até porque ele é casado com outro homem e tem meninos adotados no Brasil”, justificou.

“Malandro para evitar um problema desse casa com outro malandro ou adota criança no Brasil. O Glenn não vai embora, pode ficar tranquilo. Talvez pegue uma cana aqui no Brasil, não vai pegar lá fora não”, continuou.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!