Connect with us

Infecção Bacteriana

Homem passa por cirurgia no coração após pipoca grudar em seu dente

Publicado

em



Ver um bom filme e comer pipoca é uma delícia, né? O problema é que, às vezes, uma casquinha de milho gruda no dente — e isso pode ser super irritante. Embora a chateação possa ser resolvida com a dupla fio dental e escovação, o britânico Adam Martin decidiu enfrentar o problema de outra forma.

Como contou ao jornal Cornwall Live, ele ficou tão incomodado com a situação que optou por cutucar sua gengiva com diversos objetos inusitados, como uma tampa de caneta, um pedaço de arame e até um prego. A tática deu certo: Martin conseguiu remover a pipoca do seu dente, mas o feito lhe causou uma dor terrível.

O britânico ignorou os sintomas e não foi ao dentista Semanas depois, ele apresentou sintomas semelhantes aos da gripe, incluindo suor noturno, fadiga e dor de cabeça. Ao ser examinado, OS médicos concluíram que ele tinha um sopro no coração. O motivo? Uma infecção bacteriana conhecida como endocardite.

A endocardite ocorre quando bactérias entram na corrente sanguínea e acabam sendo transportadas até o coração do hospedeiro. E foi justamente assim que as bactérias se infiltraram no corpo de Martin, pois suas cutucadas na gengiva resultaram em pequenos sangramentos bucais.

“Os médicos me disseram que, se eu não tivesse ido ao pronto-socorro, poderia ter morrido em três dias”, contou o paciente, em entrevista. Ele contou que a maioria das pessoas morre quando o quadro está no nível 350 em uma escala de infecção — e o dele estava em 340. “A infecção havia destruído minhas válvulas cardíacas completamente”, relata.

Ele também desenvolveu uma bolha de sangue no dedo do pé, diagnosticada com uma lesão de Janeway, outra indicação de endocardite infecciosa. Ele também sentiu dores musculares na perna, o que acabou sendo diagnosticado como um coágulo infectado na artéria femoral.

Os médicos tentaram tratar Martin com medicamentos, mas a infecção já estava muito avançada e não foi o suficiente para resolver o caso. O britânico, que trabalha como bombeiro, passou por uma cirurgia de coração aberto que durou sete horas para substituir suas válvulas danificadas. Depois, outro procedimento foi realizado para que os médicos tratassem o coágulo em sua perna.

Sua esposa, Helen Martin, compartilhou a história no Facebook para alertar as pessoas sobre infecções do tipo. “Sua gengiva é uma entrada para bactérias no seu coração”, escreveu Helen Martin. “A qualquer sinal de dor de dente, sangramento ou abscesso, vá a um dentista!”

Felizmente o bombeiro passa bem, mas ele se arrepende de ter ignorado o problema logo no início. “Eu deveria ter ido ao dentista em primeiro lugar. Não quero que ninguém passe pelo que passei”, relatou Martin. “Tudo aconteceu tão rápido e foi sinistro. Não vou chegar perto de pipoca de novo, com certeza.”


Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
Fonte:
Revista Galileu
Anunciante
Anunciante
Band FM 96.9
error: Conteúdo protegido. LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998