Connect with us

Oriente Médio

Foguetes atingem base usada pelos EUA no Iraque

Pelo menos quatro soldados iraquianos ficaram feridos

Publicado

em



Oito foguetes atingiram neste domingo uma base aérea iraquiana que abriga soldados americanos no Norte de Bagdá. Pelo menos quatro soldados iraquianos ficaram feridos, segundo o Exército, mas nenhum soldado dos EUA foi atingido.

Quase todos os militares americanos já deixaram a base em Balad após o aumento das tensões entre os Estados Unidos e o Irã.

— Não há mais de 15 soldados americanos e um avião em Balad — disse uma fonte militar iraquiana.

Desde o final de outubro, dezenas de foguetes foram lançados contra bases iraquianas usadas pelos soldados americanos. Em um desses ataques, um funcionário terceirizado americano morreu em 27 de dezembro, e Washington acusou facções iraquianas xiitas pró-Irã. Em retaliação, em 29 de dezembro, os Estados Unidos bombardearam bases na fronteira com a Síria e mataram 25 combatentes das Forças de Mobililização Popular (FMP) uma coalizão de paramilitares pró-Irã que faz parte do Exército iraquiano.

Após esse movimento, a escalada atingiu um nível sem precedentes, quando o presidente dos EUA, Donald Trump, ordenou o assassinato do general iraniano Qasem Soleimani num ataque com drone perto do aeroporto de Bagdá em 3 de janeiro. Soleimani era o comandante das Forças Quds, unidade de elite da Guarda Revolucionária iranania que coordena ações de milícias pró-Irã em países como Síria e Iraque.

Na operação também foi morto o número dois das FMP, Abu Mehdi al Muhandis, O Irã respondeu em 8 de janeiro disparando 22 mísseis balísticos contra as bases iraquianas de Ain al Asad e Irbil, que abrigam tropas americanas, sem causar vítimas.


Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
Anunciante
Anunciante
Band FM 96.9
error: Conteúdo protegido. LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998