Connect with us

desaparecimento

Caminhonete de advogado desaparecido é encontrada no bairro Água Branca

Publicado

em



A caminhonete S 10 cabine dupla dirigida pelo advogado e músico araçatubense Ronaldo César Capelari, 53 anos, que está desaparecido desde às 19h30 desta segunda-feira (13), foi encontrada na manhã desta terça-feira (14), no final do bairro Água Branca, zona rural de Araçatuba. O carro está trancado, sem chave, com uma avaria ao lado da porta do motorista e um paletó no banco do passageiro.

Caminhonete foi encontrada no bairro Água Branca, zona rural de Araçatuba; perícia está no local para avaliar o carro

A Polícia Militar está no local e a perícia técnica da Polícia Civil também, para avaliar a caminhonete. O carro foi encontrado por um sitiante, às 5h desta terça-feira, e avisou a PM. Uma testemunha informou à polícia que viu um rapaz moreno e magro deixando o veículo na estrada, na noite de ontem.

Capelari está desaparecido desde às 19h30 desta segunda-feira, quando saiu de sua casa, no Condomínio Delta Park, em Araçatuba, para ir à aula de natação em uma academia localizada na Rua do Fico.

Ronaldo conduzia uma S 10 branca, cabine dupla, modelo novo, placas FJJ 2201. Ele vestia uma bermuda e uma camiseta quando saiu de casa, mas a família, que está bastante abalada, não se recorda das cores. Ele tem estatura média, é calvo e usa óculos.

Bastante conhecido em Araçatuba, Ronaldo, além de advogado, integra bandas de rock, com quem toca em alguns bares da cidade.

A preocupação é que as ligações feitas ao seu celular caem na caixa postal e o aplicativo de mensagens whatsapp não tem mais visualização após às 20h14.

“Ele sempre visualiza e responde às mensagens, por isso estamos preocupados”, afirma a sua irmã Eliane Capelari Anselmo.

Ainda segundo ela, Ronaldo deveria ter voltado cedo para casa, pois iria embarcar um dos filhos para Buenos Aires, a passeio, e tinha o compromisso de acordar cedo para isso. “Era para ele ter voltado para casa às 21h”, diz Eliane.

A família já fez buscas em hospitais e em locais onde Ronaldo costuma frequentar, sem sucesso, e vai registrar um boletim de desaparecimento na Polícia Civil.

INFORMAÇÕES

Quem souber do paradeiro de Ronaldo César Capelari deve entrar em contato com a sua irmã, Eliane, pelo telefone (18) 99683-0777.

 


Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
Anunciante
Anunciante
Band FM 96.9
error: Conteúdo protegido. LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998