Oi, o que você está procurando?

Foragido

Acusado de ataque ao Porta dos Fundos embarcou para a Rússia

A Polícia do Rio já sabe que Eduardo Fauzi, suspeito identificado no ataque à produtora do Porta dos Fundos, está em Moscou, na Rússia. As informações foram apuradas pela TV Globo nesta quinta-feira (2).

Ele viajou na tarde do dia 29 de dezembro para Paris, um dia antes da expedição do mandado de prisão. Imagens mostraram que ele chegou de táxi ao Aeroporto Internacional Tom Jobim, na Zona Norte do Rio.

A polícia vai pedir a inclusão do nome dele na lista de procurados pela Interpol. Ele tem uma namorada que mora em Moscou. O ataque à produtora aconteceu no dia 24 de dezembro.

Vídeo nas redes sociais
Nesta quarta-feira (1°) ele postou um vídeo numa rede social com sete minutos de duração. Eduardo Fauzi fez a gravação dentro de uma casa. Apontado pela polícia como dos criminosos que atacaram a produtora, ele chama os integrantes do grupo Porta dos Fundos de criminosos, marginais e bandidos.

Também nesta quarta, o Jornal Nacional apurou que, antes de publicar o vídeo, Eduardo Fauzi chegou a dizer a amigos num aplicativo de mensagens que estava em Florianópolis. Desde a terça-feira (31), ele era considerado foragido da Justiça.

A polícia diz que Eduardo Fauzi participou e filmou o ataque ao Porta dos Fundos, no dia 24 de dezembro. Os investigadores afirmam que cinco pessoas participaram do ataque e que Fauzi foi o único que fugiu com o rosto descoberto.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!