Oi, o que você está procurando?

Após atentado

Acusado de atacar produtora do Porta dos Fundos é expulso do PSL

Acusado de ser um dos autores do atentato à sede da produtora do programa Porta dos Fundos, o empresário e economista Eduardo Fauzi Richard Cerquise, de 41 anos, foi expulso do PSL nesta segunda-feira (6).

De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ele era filiado ao partido desde outubro de 2001. As informações são do jornal O Globo.

O Porta dos Fundos tem sido alvo de ataques desde a estreia do filme Especial de Natal Porta dos Fundos 2019: a primeira tentação de Cristo, que retrata Jesus Cristo como homossexual. A sede da produtora foi atacada com coquetéis molotov em 24 de dezembro de 2019.

Na última sexta-feira (3), Fauzi assumiu ter participado do atentado à sede da produtora. Procurado pela Polícia Civil do Rio de Janeiro desde a última terça-feira (31/12), o empresário e economista afirmou que deixou o Brasil rumo a Moscou, na Rússia, onde tem namorada, no último dia 29 de dezembro.

Segundo Eduardo, ele ficou sabendo com antecedência da expedição iminente do mandado de prisão contra ele e fugiu para o exterior.

Eduardo Fauzi será alvo de um pedido de extradição, que será feito pelo Ministério da Justiça e pelo Itamaraty. A determinação aguarda a aprovação do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ).

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!