Oi, o que você está procurando?

resgate perigoso

Morre mergulhador que salvou 12 crianças de gruta na Tailândia

O oficial morreu de uma infeção no sangue que contraiu durante a operação de salvamento

Beiret Bureerak, um dos mergulhadores que participou na operação de resgate das 12 crianças e do seu treinador de futebol que ficaram presas na gruta de Tham Luang em Chiang Rai, no norte da Tailândia, morreu devido a uma infeção no sangue que contraiu durante a operação de salvamento.

A notícia foi divulgada pela Marinha Real Tailandesa nesta sexta-feira, uma vez que Beiret Bureerak pertencia ao ramo do exército tailandês.

De acordo com o jornal Daily Mail, o oficial estava recebendo tratamento desde julho de 2018. Contudo, o seu estado de saúde veio a piorar até aos dias de hoje, diz ainda a mesma nota.

O caso

As 12 crianças da equipe de futebol dos Wild Boars e o seu treinador, Ekapol Chanthawong, foram explorar a gruta no dia 23 de junho do ano passado, quando, devido a fortes chuvas, a gruta ficou inundada deixando o grupo preso no seu interior. Os jovens e o treinador foram encontrados sete dias após terem ficado encurralados.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!