Connect with us

Contagem (mg)

Ex-PM de MG é suspeito de matar ao menos 21 amigos por inveja

As execuções aconteciam logo após a negociação de bens materiais, como venda ou troca de carros e imóveis

Publicado

em



Um homem foi expulso da Polícia Militar após 32 anos de farda e preso preventivamente sob suspeita de matar pelo menos 21 amigos próximos e desaparecer com os corpos, nessa quinta-feira (12/12/2019), em Contagem, região metropolitana de Belo Horizonte.

De acordo com informações do site O Tempo, os crimes aconteceram em épocas diferentes e seguiam o mesmo modus operandi: negociação de algum bem com a vítima, execução com um tiro na nuca, desaparecimento de corpo e consolo aos familiares dos mortos.

Laércio Soares de Melo, 55 anos, foi condenado a mais de 46 anos de prisão. Ele já havia sido condenado, desde 2014, pelo homicídio de um homem que desapareceu no dia 30 de dezembro de 2009 e, até hoje, não foi encontrado.

O suspeito foi condenado a 14 anos de prisão, chegou a ficar detido, mas cumpria atualmente prisão domiciliar. O ex-PM chegou a ser eleito vereador após os crimes e foi candidato a deputado federal.

As investigações apontaram que os crimes seriam motivados por inveja. As execuções aconteciam logo após a negociação de bens materiais, como venda ou troca de carros e imóveis.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
Anunciante
Anunciante
Band FM 96.9
error: Conteúdo protegido. LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998