Oi, o que você está procurando?

TRAGÉDIA

Corpo de aposentado e das duas crianças são encontrados no Lago de Furnas, em MG

Os corpos do homem e das duas crianças que ainda estavam desaparecidos após o barco em que eles estavam virar no Lago de Furnas foram encontrados por uma embarcação da Marinha do Brasil na manhã deste domingo (29). O acidente aconteceu na última sexta-feira (27) entre Carmo do Rio Claro (MG) e Guapé (MG) e matou cinco pessoas da mesma família, sendo que os corpos de duas mulheres já haviam sido localizados.

Desde sexta, as equipes de busca da Marinha e do Corpo de Bombeiros trabalhavam na região. No entanto, devido à água ser muito turva e não ter sido possível determinar precisamente onde os corpos haviam afundado, as vítimas ainda não haviam sido localizadas.

Então as buscas foram retomadas na madrugada deste domingo e os corpos foram encontrados após flutuarem e serem avistados pelos militares. Eles estavam em uma região conhecida como Água Santa, entre os dois municípios.

O acidente
O barco de madeira movido a motor onde a família estava virou durante a tarde de sexta-feira. A família mora em Franca, no interior de São Paulo, e estava no Sul de Minas para festas de fim de ano. Eles passeavam de barco no ponto onde a profundidade chega a 15 metros.

Outro parente, marido de uma das vítimas, pilotava o barco e conseguiu se salvar. Ele ainda tentou ajudar no socorro.

“Ele nadou até a margem e voltou, pegou a esposa, trouxe para a beirada. E a outra, que também se afogou, ela veio a boiar e ele trouxa ela também. Fez respiração boca a boca, massagem cardíaca, mas não adiantou nada”, contou Walisson Arana Basílio, cunhado das vítimas.

Vítimas
Com isso, morreram no acidente:

Celice Barbosa Ferreira – retirada da água na sexta-feira
Silvanete Aparecida dos Reis, que é irmã de Celice – retirada da água na sexta-feira
Sebastião Gomes, de 60 anos – retirado da água no domingo
Micaelle Eduarda Silva Ferreira, de 8 anos, neta de Silvanete – retirada da água no domingo
Lívia Gabriele Silva Ferreira, de 5 anos, neta de Silvanete – retirada da água no domingo

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!