Oi, o que você está procurando?

TRAGÉDIA

Cinco pessoas da mesma família, de Franca (SP), morrem afogadas no lago de Furnas em MG

As vítimas, três adultos e duas crianças, estavam em um barco pequeno e sem colete salva-vidas, diz PM

Cinco pessoas da mesma família morreram na tarde desta sexta-feira (27) num acidente envolvendo um barco no lago de Furnas, em Carmo do Rio Claro (MG), cidade vizinha de Capitólio (MG).

Segundo familiares, os irmãos Sivanete Reis, Celice Barbosa, ambas de idade não informada, e Sebastião Gomes, de 63 anos, juntamente com duas crianças entre 3 e 5 anos estavam passeando no lago a bordo de um barco de madeira motorizado, quando a embarcação virou. As crianças desaparecidas são netas de Silvanete.

A filha de Sebastião, Luiza Gomes, contou que o aposentado sabia nadar, mas teria se afogado ao tentar ajudar as duas crianças que estavam na embarcação.

Na sexta-feira (27), os corpos de Sivanete e Celice já tinham sido encontrados. Bombeiros, policiais militares e militares da Marinha usam barcos e motos aquáticas nos trabalhos, além do apoio de mais três barcos de amigos e parentes das vítimas. As buscas foram encerradas em torno das 20h de sexta-feira, devido fatores de segurança das equipes e falta de luminosidade.

© CBMMG Bombeiros, policiais militares e militares da marinha buscam pelos corpos desaparecidos no lago

As buscas seguiram ao longo de todo o sábado. Sem resultados, os bombeiros suspenderam os trabalhos no início da noite. A previsão é que as buscas retornem na manhã de domingo.

Em nota de pesar, a Prefeitura de Carmo do Rio Claro informou em redes sociais lamentar o acidente. “A Prefeitura de Carmo do Rio Claro lamenta o acidente ocorrido na tarde desta sexta-feira, 27, no Lago de Furnas, que
vitimou fatalmente 5 pessoas […]. Nossos sinceros sentimentos aos familiares e amigos das vítimas”, diz o comunicado.

Nas cidades banhadas pelo lago de Furnas, como Capitólio, há coletes salvavidas a bordo nas embarcações que oferecem o passeio náutico, mas a maioria dos turistas não os utiliza.

A hidrelétrica de Furnas teve as obras da barragem concluída em 1963 e foi responsável pelo desenvolvimento do turismo nas 34 cidades banhadas pelo lago que se formou a partir dela, conhecido como o “mar de Minas”.

Além de atividades turísticas, os municípios recebem royalties devido à área alagada pela represa. Carmo do Rio Claro é uma das cidades que mais atraem turistas.

Sebastião Gomes, de 63 anos, está desaparecido após barco virar no Lago de Furnas

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!