Connect with us

internacional

Avião militar desaparece no Chile com 38 pessoas a bordo

Aeronave ia cidade de Punta Arenas para a Antártica

Publicado

em

A Força Aérea chilena divulgou o plano de voo e o último contato com a aeronave, que seguia para uma base da Antártica - Foto: Força Aérea do Chile


A Força Aérea do Chile anunciou, nesta terça-feira (10), ter perdido “o contato via rádio” com um avião militar C130 com 38 pessoas a bordo, que decolou de Punta Arenas, sul do país, para uma base na Antártica. Ao todo, “38 pessoas, incluindo 17 tripulantes e 21 passageiros” estavam a bordo.

“Um avião C130 Hércules decolou da cidade de Punta Arenas para a base da Antártica Eduardo Frei Montalva”, de acordo com um comunicado. O contato via rádio foi interrompido. A Marinha chilena lançou uma operação de busca e resgate, tendo despachado aviões e navios para a região.

O avião, que decolou da base aérea de Chabunco, em Punta Arenas, a mais de três mil quilômetros ao sul de Santiago do Chile, tinha como missão prestar apoio logístico à base na Antártica.

O presidente do Chile, Sebastián Piñera, e os ministros do Interior e da Defesa, Gonzalo Blumel e Alberto Espina, foram para o posto de comando da base aérea de Cerrillos, na capital chilena, para monitorar os trabalhos.

“Consternados com o desaparecimento do avião Hércules da Força Aérea chilena, que viajava com 38 passageiros rumo à Antártida a partir de Punta Arenas (…) vamos monitorizar as operações de busca e o envio de equipas de resgate”, escreveu Piñera na conta oficial da rede social Twitter.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
Anunciante
Anunciante
Band FM 96.9
error: Conteúdo protegido. LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998