Connect with us

MEIO AMBIENTE

Aracanguá desenvolve projeto ambiental em parceria com empresas e pastoral da Saúde

Publicado

em



A Prefeitura de Santo Antônio do Aracanguá realizou, nesta terça-feira, 10, por meio dos departamentos de Educação e Meio Ambiente, a culminância do projeto ‘Escola no Campo’, em parceria com o Grupo Nova Aralco, empresa Syngenta e a pastoral da Saúde da Igreja Católica, envolvendo os alunos das quatro salas do 6º ano da escola municipal Constâncio João da Costa.

De acordo com a coordenação da escola, o projeto foi desenvolvido pelos alunos sob orientação do professor Marcos Quirino, com abordagens a temas relacionados ao meio ambiente, com foco no desenvolvimento sustentável, cultivo da terra para a produção de alimentos e nos direitos da criança e do adolescente. Segundo a escola, o projeto conta com o apoio da Fundação Abrinq (Associação Brasileira dos Fabricantes de Brinquedos) e integra o plano de agricultura sustentável da Syngenta, contribuindo para o desenvolvimento das comunidades rurais.

Para chegar ao resultado esperado, os organizadores informam que foi desenvolvido todo material didático proposto pelas empresas parceiras, contando com a participação ativa dos professores com a inserção dos conteúdos educativos do projeto na grade curricular.

Na prática do projeto, que durou cerca de seis meses, os alunos foram a campo, orientados por técnicos das empresas parceiras, para plantar árvores e ajudar no reflorestamento das APPs (Áreas de Preservação Permanente). Além disso, sob a orientação da pastoral da Saúde da Igreja Matriz de Aracanguá e auxiliados pelo departamento de Meio Ambiente, os próprios estudantes fizeram uma horta, onde cultivaram e plantaram ervas medicinais que se transformaram em matéria prima para a preparação de chás e xaropes produzidos por eles e distribuídos para a comunidade.

Durante o evento, que foi realizado na quadra de esportes da escola, as empresas Nova Aralco e Syngenta foram representadas por Caroline Camboim e Diego Mathias que, acompanhados pelo prefeito Rodrigo Santana (DEM) e da equipe gestora do Departamento de Educação e Cultura do município, entregaram aos alunos os certificados que os tornam Agentes Ambientais e, na sequência, premiaram os estudantes com uma televisão de 40 polegadas, a fim de potencializar o desenvolvimento das atividades pedagógicas da escola.

Na ocasião, também foram premiados 32 alunos que se destacaram na escola durante o ano. Eles receberam um Tablet cada um, patrocinado pelo pai de aluno Sebastião Gonçalves, considerado pela escola um incentivador da educação pública por não medir esforços para contribuir com o desenvolvimento integral dos alunos.

Após o encerramento, o público presente teve a oportunidade de apreciar os trabalhos desenvolvidos pelos alunos envolvidos no projeto ‘Escola no Campo’, que apresentaram no pátio da escola, os produtos feitos com as ervas medicinais, cultivados e produzidos por eles, além de seus trabalhos desenvolvidos durante o projeto, com temas voltados à reciclagem, cidadania, ecossistema, sustentabilidade e alimentação saudável.

 

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
Anunciante
Anunciante
Band FM 96.9
error: Conteúdo protegido. LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998