Oi, o que você está procurando?

denúncia

Aposentado é acusado de estupro contra menina de 14 anos com deficiência, em Araçatuba

Um aposentado de 72 anos está sendo acusado de estupro contra uma menina de 14 anos, portadora de deficiência mental, filha adotiva de sua cunhada. O caso, segundo denúncia da mãe da vítima a policiais militares, vem acontecendo há um ano, sempre às sextas-feiras.

A mulher disse que morava em uma pequena cidade da região. Ela tem a guarda definitiva da vítima e do irmão dela, um menino de nove anos. Toda sexta-feira sua irmã pegava as crianças para passar o final de semana em Araçatuba. Recentemente ela e os filhos adotivos vieram de mudança para Araçatuba.

Ontem, a mulher ficou sabendo que sua filha contou à uma vizinha que vinha sofrendo abuso sexual do tio adotivo há um ano. Ela teria contado que, sempre que era trazida pela tia a Araçatuba, de sexta-feira, durante a noite, depois que sua tia dormia, o marido dela ia até a sala e cometia abusos sexuais.

A menina dormia em um colchão onde, segundo a denúncia, aconteciam os estupros. A mulher e a filha residem perto da casa do acusado. Ela disse que a última vez que aconteceu o abuso foi na sexta-feira, dia 6 de dezembro.

Anunciante

A menina contou detalhes do que o acusado fazia com ela. Assim que tomou conhecimento, a mãe acionou a Polícia Militar. Ela indicou aos policiais onde era a casa do aposentado. Os PMs foram até o local e conseguiram falar com ele. No entanto, o aposentado disse apenas que não tinha nada a declarar com relação à denúncia.

O caso foi registrado na Polícia Civil. A vítima vai passar por exame de corpo e delito no IML (Instituto Médico Legal) e o caso passará a ser investigado pela DDM (Delegacia de Defesa da Mulher).

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!



Anunciante