CONECTE CONOSCO

saúde

Ritinha Prates vai oferecer nova terapia a pacientes do SUS que hoje se tratam em Rio Preto

Publicado em



Em novembro, o CER III Ritinha Prates (Centro Especializado em Reabilitação), de Araçatuba (SP), passará a oferecer aos usuários do SUS (Sistema Único de Saúde) dos 40 municípios da área de abrangência do DRS-2 (Departamento Regional de Saúde), a aplicação de toxina botulínica. Atualmente, para ter acesso ao tratamento com a substância, os pacientes têm que ir à unidade da Rede de Reabilitação Lucy Montoro, em São José do Rio Preto (SP).

As aplicações serão feitas pela neurologista Fabiani H. B. Lourenço, que é especializada no procedimento, e que está avaliando mais de 60 pessoas triadas pela equipe do CER, como vítimas de AVC (acidente vascular cerebral) e crianças com espasticidade (sequela de lesões do sistema nervoso central que provoca descontrole do tônus muscular tendendo à rigidez e à dificuldade de movimentos). Na etapa atual, a profissional define o local do corpo onde será feita a aplicação, dosagem e número de aplicações.

“A dosagem e a quantidade de aplicações varia de um paciente para outro. De forma geral, o efeito do remédio dura de três a seis meses, e contribui sensivelmente no tratamento dos distúrbios de movimento, assim como na adaptação de órteses (dispositivos prescritos por um médico em caso de acidentes, doenças do sistema locomotor ou sistemas de sustentação e promovem a recuperação)”, afirma a neurologista.

DEMANDA

A iniciativa de solicitar o credenciamento do CER surgiu da demanda indicada pelos próprios usuários do equipamento, que passam por outros tratamentos na unidade de Araçatuba, mas têm que ir a Rio Preto para a aplicação da toxina.

É o caso de Yasmim Vitória dos Santos Custódio, de 7 anos, diagnosticada com encefalopatia anóxica (paralisia cerebral). Sem conseguir transporte público gratuito para o tratamento na outra cidade, seus pais gastam R$ 150,00 com combustível, a cada viagem. Em Araçatuba, onde mora, a menina receberá aplicações da toxina nos joelhos, pés, mães e quadril.

A economia é bem-vinda, mas a terapia na terra natal trará uma série de outros importantes benefícios, de acordo com o pai, o segurança Rubens Fontana Júnior. “Com o tratamento aqui, a Yasmim terá mais conforto. E a gente ganha tempo ficando aqui, já que a ida pra Rio Preto toma praticamente o dia inteiro”, comenta.

A previsão da direção da Ritinha Prates é que, inicialmente, sejam aplicadas cerca de 30 doses por mês, divididas entre todos os usuários indicados para a terapia. A data de início das aplicações não está definida.

COMO AGE A SUBSTÂNCIA

A toxina botulínica é um composto de bactérias que age na placa responsável pela transmissão do estímulo nervoso que produz a contração muscular, dificultando a transmissão do estímulo e levando ao relaxamento da musculatura. Nos últimos 20 anos, foram vários trabalhos mostraram que, em baixa concentração, a substância pode ser usada para relaxar músculos contraídos, que é um sintoma de patologias, como as lesões cerebrais.

Como consequência dessas situações, surge distúrbio do tônus muscular, sendo que o músculo se torna muito mais excitável, extremamente contraído, o que provoca alteração dos movimentos e da postura. A toxina é utilizada para tratar as sequelas de lesões do sistema nervoso central. Atualmente, as mais comuns são as provocadas por lesões encefálicas adquiridas por causa de traumatismos de crânio e pelas provocadas por derrames cerebrais e paralisia cerebral.

Muita gente conhece o efeito da toxina botulínica quando usada com finalidade estética, para atenuar rugas do rosto. A musculatura relaxa e a expressão fica menos contraída. Esse é, porém, seu uso marginal, porque há outros muito mais importantes para garantir a qualidade de vida de alguns pacientes, como é o caso da utilização terapêutica que será feita na Ritinha Prates.


Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
Fonte:
Assessoria de Imprensa Ritinha Prates
Anunciante

NATAL SOLIDÁRIO

Correios de Araçatuba recebem cartas de crianças com pedidos ao Papai Noel

Publicado em

A campanha Papai Noel dos Correios, que completa 30 anos, foi lançada oficialmente no interior de São Paulo. Durante a campanha, os Correios receberão as cartinhas de crianças que enviaram seus pedidos diretamente ao Papai Noel e, também, de estudantes das escolas da rede pública (até o 5º ano do ensino fundamental) e de instituições parceiras, tais como creches, abrigos, orfanatos e núcleos socioeducativos.

Este ano, a agência participante em Araçatuba é a central, à Rua Luiz Pereira Barreto, 163, Centro. Em 2018, em Araçatuba, foram selecionadas 558 cartas dentro dos critérios da campanha Papai Noel dos Correios, das quais 510 foram adotadas.

Adoção pelos padrinhos

Ao longo dessas três décadas, a campanha conseguiu atender ao pedido de mais de 6 milhões de cartinhas – muitas delas com histórias emocionantes de solidariedade. Essa corrente do bem une esforços de empresa, empregados e voluntários da sociedade para atender, dentro do possível, aos pedidos de presentes daqueles que se encontram em situação de vulnerabilidade social.

A adoção pelos padrinhos é feita da mesma maneira em todo o Brasil: as cartinhas enviadas pelas crianças são lidas e selecionadas. Em seguida, são disponibilizadas nas agências dos Correios participantes da campanha.

Os Correios não distribuem cartas para adoção diretamente à população, em suas residências. As cartinhas do Papai Noel dos Correios ficam disponíveis apenas nos locais indicados no blog da campanha. E para que a empresa possa acompanhar as adoções e as entregas dos presentes, os padrinhos devem cadastrar o CPF ou CNPJ.

Os presentes são recebidos na mesma agência onde a cartinha foi retirada. Posteriormente, os Correios realizam a distribuição. Não é permitida a entrega direta do presente e, para assegurar a observância desse critério, o endereço da criança nunca é divulgado ou informado ao padrinho.

A campanha Papai Noel dos Correios nasceu pela iniciativa de alguns empregados que, durante a rotina de trabalho, recebiam cartinhas escritas por crianças destinadas ao Papai Noel, mas sem endereço. Sensibilizados, alguns deles resolveram adotar as cartinhas e enviar os primeiros presentes. Com o passar do tempo, a ação foi ganhando proporção na empresa e acabou se transformando em um projeto corporativo dos Correios.

Prazos da campanha em Araçatuba

• Recebimento das cartinhas nos Correios: de 7/11 a 6/12/19.

• Adoção das cartinhas pelos padrinhos (sociedade): até 13/12/19.

• Entrega dos presentes dos padrinhos nos Correios: até 13/12/19.


Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO

POLÍTICA

Manifestantes vão às ruas em Araçatuba pedir o impeachment de Gilmar Mendes

Vídeo registrado em Araçatuba (SP) mostra manifestantes pedindo o impeachment do ministro Gilmar Mendes marchando em frente a uma loja Havan

Publicado em

Imagens de um grupo de manifestantes de Araçatuba (SP) gritando palavras de ordem contra o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes, alvo de uma série de protestos em várias cidades do país, ganharam as redes sociais neste domingo (17/11/2019).

O vídeo mostra as pessoas marchando e batendo continência, em frente a uma loja da rede Havan, do empresário bolsonarista Luciano Hang. Veja:

Os manifestantes entoam a “Canção do Exército“, considerada o Hino do Exército Brasileiro. Veja as primeiras estrofes:

“Nós somos da pátria a guarda
Fiéis soldados
Por ela amados
Nas cores de nossa farda
Rebrilha a glória
Fulge a vitória

Em nosso valor se encerra
Toda a esperança
Que um povo alcança
Quando altiva for a terra
Rebrilha a glória
Fulge a vitória”

Durante a manhã, a hashtag #BrasilContraGilmarMendes já liderava os trending topics (tópicos mais comentados) do Twitter com mais de 250 mil menções.


Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO
error: Conteúdo protegido. LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998