CONECTE CONOSCO

Interior de SP

Justiça autoriza prova em Festa do Peão de Barretos

Publicado em

Imagem Ilustrativa


Decisão da 2ª Câmara Reservada ao Meio Ambiente do Tribunal de Justiça de São Paulo, em julgamento estendido, permitiu a realização de prova denominada “bulldog” na Festa do Peão de Boiadeiro de Barretos e demais rodeios.

O Ministério Público, autor da ação, pedia que a prova fosse proibida após um garrote ter sofrido ferimentos na 56ª edição da festa.

A decisão da turma julgadora, no entanto, destacou laudo pericial no Parque do peão de Boiadeiro, juntado aos autos, que constatou que os animais estavam saudáveis e a manobra, dita arriscada e prejudicial à saúde dos bezerros, é uma rotina nas atividades rurais, sendo realizada todos os dias, em diversas propriedades e em diversos países, com ocorrência de acidentes insignificante ou nula.

A partir da perícia, concluiu-se que a morte do garrote foi evento único no País e decorrente de erro do peão na realização da manobra.

De acordo com o relator designado, desembargador Paulo Ayrosa, a modalidade está autorizada expressamente em norma legal (Lei Federal nº 13.364/16), que considera como expressões artísticas e esportivas do rodeio, da vaquejada e do laço atividades como o “bulldog”.

O magistrado ressaltou, ainda, que “seja qual for a denominação utilizada para tais eventos (festa do peão de boiadeiro, rodeio etc.), certo é que envolvem autênticas manifestações culturais populares, além da prática de exercício de esporte lícito, como acima anotado, o que desabilita qualquer forma de impedir o evento, embora, repita-se, deva ele se submeter ao regramento que impede quaisquer maus tratos e sofrimentos aos animais”.

O julgamento, por maioria de votos, teve a participação dos desembargadores Miguel Petroni Neto, Roberto Maia, Paulo Alcides e Luis Fernando Nishi.

Apelação nº 1006538-88.2014.8.26.0066

 

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
Fonte:
TJSP
Anunciante

NATAL SOLIDÁRIO

Correios de Araçatuba recebem cartas de crianças com pedidos ao Papai Noel

Publicado em

A campanha Papai Noel dos Correios, que completa 30 anos, foi lançada oficialmente no interior de São Paulo. Durante a campanha, os Correios receberão as cartinhas de crianças que enviaram seus pedidos diretamente ao Papai Noel e, também, de estudantes das escolas da rede pública (até o 5º ano do ensino fundamental) e de instituições parceiras, tais como creches, abrigos, orfanatos e núcleos socioeducativos.

Este ano, a agência participante em Araçatuba é a central, à Rua Luiz Pereira Barreto, 163, Centro. Em 2018, em Araçatuba, foram selecionadas 558 cartas dentro dos critérios da campanha Papai Noel dos Correios, das quais 510 foram adotadas.

Adoção pelos padrinhos

Ao longo dessas três décadas, a campanha conseguiu atender ao pedido de mais de 6 milhões de cartinhas – muitas delas com histórias emocionantes de solidariedade. Essa corrente do bem une esforços de empresa, empregados e voluntários da sociedade para atender, dentro do possível, aos pedidos de presentes daqueles que se encontram em situação de vulnerabilidade social.

A adoção pelos padrinhos é feita da mesma maneira em todo o Brasil: as cartinhas enviadas pelas crianças são lidas e selecionadas. Em seguida, são disponibilizadas nas agências dos Correios participantes da campanha.

Os Correios não distribuem cartas para adoção diretamente à população, em suas residências. As cartinhas do Papai Noel dos Correios ficam disponíveis apenas nos locais indicados no blog da campanha. E para que a empresa possa acompanhar as adoções e as entregas dos presentes, os padrinhos devem cadastrar o CPF ou CNPJ.

Os presentes são recebidos na mesma agência onde a cartinha foi retirada. Posteriormente, os Correios realizam a distribuição. Não é permitida a entrega direta do presente e, para assegurar a observância desse critério, o endereço da criança nunca é divulgado ou informado ao padrinho.

A campanha Papai Noel dos Correios nasceu pela iniciativa de alguns empregados que, durante a rotina de trabalho, recebiam cartinhas escritas por crianças destinadas ao Papai Noel, mas sem endereço. Sensibilizados, alguns deles resolveram adotar as cartinhas e enviar os primeiros presentes. Com o passar do tempo, a ação foi ganhando proporção na empresa e acabou se transformando em um projeto corporativo dos Correios.

Prazos da campanha em Araçatuba

• Recebimento das cartinhas nos Correios: de 7/11 a 6/12/19.

• Adoção das cartinhas pelos padrinhos (sociedade): até 13/12/19.

• Entrega dos presentes dos padrinhos nos Correios: até 13/12/19.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO

POLÍTICA

Manifestantes vão às ruas em Araçatuba pedir o impeachment de Gilmar Mendes

Vídeo registrado em Araçatuba (SP) mostra manifestantes pedindo o impeachment do ministro Gilmar Mendes marchando em frente a uma loja Havan

Publicado em

Imagens de um grupo de manifestantes de Araçatuba (SP) gritando palavras de ordem contra o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes, alvo de uma série de protestos em várias cidades do país, ganharam as redes sociais neste domingo (17/11/2019).

O vídeo mostra as pessoas marchando e batendo continência, em frente a uma loja da rede Havan, do empresário bolsonarista Luciano Hang. Veja:

Os manifestantes entoam a “Canção do Exército“, considerada o Hino do Exército Brasileiro. Veja as primeiras estrofes:

“Nós somos da pátria a guarda
Fiéis soldados
Por ela amados
Nas cores de nossa farda
Rebrilha a glória
Fulge a vitória

Em nosso valor se encerra
Toda a esperança
Que um povo alcança
Quando altiva for a terra
Rebrilha a glória
Fulge a vitória”

Durante a manhã, a hashtag #BrasilContraGilmarMendes já liderava os trending topics (tópicos mais comentados) do Twitter com mais de 250 mil menções.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO
error: Conteúdo protegido. LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998