Connect with us

educação

Etecs prorrogam inscrições do Vestibulinho para 1º semestre de 2020

Publicado

em



O prazo de inscrição do processo seletivo das Escolas Técnicas Estaduais (Etecs) foi prorrogado até as 15 horas da próxima quinta-feira (14). Os candidatos devem se inscrever exclusivamente pelo site www.vestibulinhoetec.com.br. O exame será no dia 15 de dezembro.

Para o primeiro semestre de 2020, o Vestibulinho oferece 86.939 vagas, distribuídas entre os Ensinos Médio, Técnico, Integrado e Especialização Técnica.

As vagas são destinadas às Etecs e às classes descentralizadas (unidades que funcionam com um ou mais cursos, sob a administração de uma Etec) por meio de parcerias com as prefeituras do interior e da Capital (aulas nos CEUs) e com a Secretaria estadual da Educação para oferta do Ensino Técnico e Integrado.

Além das 48.883 vagas para os cursos técnicos modulares, oferecidos das modalidades presencial, semipresencial e online, o candidato poderá escolher entre diversas opções do Ensino Integrado, que totalizam a oferta de 34.141 vagas, distribuídas entre as seguintes modalidades:

Ensino Técnico Integrado ao Médio (Etim)
Ao estudar o Ensino Médio e o Técnico juntos, em tempo integral, o estudante vai fortalecer seu aprendizado básico com as habilidades profissionais. São oferecidas 18.534 vagas. Desse total, 530 são destinadas às escolas estaduais por meio do Programa Vence, parceria com a Secretaria da Educação do Estado. Entre os 28 cursos do Etim deste processo seletivo, um é novo: Agronegócio.

Novotec Integrado
O candidato pode optar por duas modalidades de certificação, o Ensino Médio com Habilitação Técnica Profissional e o Ensino Médio com Qualificação Profissional. As 14.451 vagas estão distribuídas entre 27 cursos, sendo dois de qualificação.
Outras 1.156 vagas estão destinadas à Articulação da Formação Profissional Média e Superior (AMS).

Por esta opção, o aluno poderá completar em cinco anos os Ensinos Médio, Técnico e Superior Tecnológico (normalmente, são necessários seis anos). O ingresso neste Vestibulinho ocorre pelo Ensino Médio com Habilitação Técnica Profissional em um dos quatro cursos: Administração, Logística e Química – todos novos – além de Desenvolvimento de Sistemas

Leia também:   Mais carne no mercado interno

Novas modalidades no Ensino Médio
As Etecs oferecem 2.570 mil vagas para o Ensino Médio regular e 550 vagas divididas entre as três opções de formação adequadas às orientações da Reforma do Ensino Médio: o Ensino Médio com ênfase em Linguagens, Ciências Humanas e Sociais (350 vagas); Ensino Médio com ênfase em Ciências Biológicas, Agrárias e da Saúde (80 vagas); e Ensino Médio com ênfase em Ciências Exatas e Engenharia (120 vagas).

Cadastro reserva para acesso às vagas remanescentes

O processo seletivo oferece vagas remanescentes de segundo módulo disponíveis para nove cursos técnicos: Administração, Desenvolvimento de Sistemas, Edificações, Eletrotécnica, Logística, Mecânica, Nutrição e Dietética, Recursos Humanos e Segurança do Trabalho.

Os interessados devem ter concluído o Ensino Médio e ter experiência profissional na área do curso, mediante avaliação e certificação de competências referentes ao primeiro módulo. Estudantes também podem se inscrever para acesso às vagas remanescentes do segundo ano do Ensino Médio, desde que tenham completado o primeiro ano desse ciclo.

Especialização de nível médio

O Vestibulinho traz como novidade o curso inédito de Gestão de Projeto a distância, na modalidade online, com 300 vagas. Outras 495 vagas são para dez cursos de especialização presenciais: Desenvolvimento de Aplicativos para Smartphones; Enfermagem no Atendimento em Urgência e Emergência Intra e Extra-Hospitalar; Enfermagem do Trabalho; Gestão Ambiental; Gestão de Energia; Gestão de Unidades de Alimentação e Nutrição; Logística Reversa; Organização de Eventos Corporativos; Produção Cultural (novo); e Radiocomunicação.

Para se candidatar a uma vaga dos cursos de especialização presenciais, o candidato deve ter concluído o Ensino Médio e também ter cursado integralmente o Ensino Técnico associado ao curso de especialização, conforme relação disponível no site.

Os que desejam fazer o curso de especialização online precisam ter concluído o Ensino Médio e qualquer curso técnico ou superior.

Leia também:   Cidade Legal entrega 27 títulos de propriedade para famílias de Aracanguá

Inscrições

Para concorrer a uma das vagas do Vestibulinho para o Ensinos Médio Regular, Médio com ênfase, Novotec Integrado, AMS, Técnico Integrado ao Médio e primeiro termo do Técnico Integrado na modalidade EJA, o candidato deve ter certificado de conclusão do Ensino Fundamental ou o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja).

Os que pretendem fazer o Ensino Técnico precisam ter concluído ou estar cursando a partir do segundo ano do Ensino Médio. O candidato que concluiu ou está cursando o ensino da EJA ou o Encceja deve ter o certificado de conclusão do Ensino Médio, declaração de que está matriculado a partir do segundo semestre da EJA, ou ter dois certificados de aprovação em áreas de estudos da EJA ou boletim de aprovação do Encceja enviado pelo MEC ou certificado de aprovação do Encceja em duas áreas de estudos avaliadas.

Para se inscrever é necessário preencher a ficha de inscrição eletrônica e imprimir o boleto bancário para pagamento da taxa de R$ 30. O valor deve ser pago em dinheiro, em qualquer agência bancária ou via internet por meio do banco do candidato ou ainda pela ferramenta Getnet (pagamento com cartão de crédito), disponível na internet.

No ato da inscrição para a primeira série do Ensino Integrado, Médio em todos os seus formatos e no primeiro módulo do Ensino Técnico, presencial e semipresencial, é possível colocar como segunda opção outro curso ou período desde que oferecido na mesma unidade para a qual o candidato vai se inscrever.

O Manual do Candidato com as informações sobre o processo seletivo está disponível no site para download.

Inclusão social

O Sistema de Pontuação Acrescida concede bônus de 3% a estudantes afrodescendentes e de 10% a candidatos oriundos da rede pública. Caso o aluno se enquadre nas duas situações, obtém 13% de bônus.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
Anunciante
error: Conteúdo protegido. LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998
121