CONECTE CONOSCO

MANUTENÇÃO

Cabeleireiro é encontrado morto no telhado de casa e pode ter sido eletrocutado

Publicado em

Imagem Ilustrativa


O cabeleireiro Alessandre Luiz da Silva, 44 anos, foi encontrado morto no telhado de sua casa, em Glicério, por volta de meio dia, por um empacotador de 43 anos, que é amigo da família, e foi ao local porque a esposa de Silva estava em Birigui e não conseguia contato com ele por telefone.

O empacotador, Antônio Marcos Bueno Chiderolli, contou à polícia que a esposa de Silva ligou para ele dizendo que estava em Birigui, e ficou preocupada porque não conseguia falar com o marido por telefone. Ela contou que o marido tinha avisado que iria mexer na parte elétrica da casa para tentar resolver uns problemas de choque.

Chiderolli foi até a casa do cabeleireiro e encontrou a filha dele na calçada. A menina tinha acabado de chegar da escola e chamava pelo pai, para abrir o portão. No entanto ele não respondia. A filha indicou que o pai poderia estar no telhado.

O amigo subiu e viu Silva caído, a certa distância. Ele pegou um pedaço de madeira e mexeu no braço do cabeleireiro, percebendo que não houve reação. Em seguida ele pegou na mão do amigo e percebeu que já estava enrijecida.

A unidade de resgate do Corpo de Bombeiros foi acionada e removeu o corpo de Silva, levando até a unidade básica de saúde, onde um médico constatou, mas não atestou o óbito. Chiderolli disse que ao relar no corpo de Silva sentiu uma leve descarga elétrica. O corpo estava ao lado de vários fios. Segundo Chiderolli, que era amigo bem próximo da vítima, ele tinha o costume resolver por conta própria os problemas e manutenções da casa.


Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
Anunciante

FLAGRANTE

Polícia militar apreende menor com arma de fogo em Birigui

Publicado em

Policiais militares do Programa de Policiamento com Motos (Rocam), prenderam na tarde desta segunda-feira um menor armado com um revólver, em Birigui.

Durante policiamento, em área de interesse, na avenida Vitória Régia, os policiais suspeitaram do comportamento do infrator, quando o mesmo viu as viaturas, e decidiram abordá-lo. Durante busca pessoal, os PMs localizaram em seu poder um revólver municiado.

O jovem foi detido e indagado sobre a procedência da arma, informando que estava sendo ameaçado de morte desde que deixou a fundação Casa, onde estava internado em decorrência de ter sido flagrado comercializando drogas.

O menor já possui passagem por homicídio em 2018, motivo pelo qual tem desafetos na cidade. A ocorrência foi conduzida ao plantão policial onde o menor foi ouvido e liberado na presença de sua mãe.


Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO

TRÁFICO

PF deflagra Operação “Voo baixo” e cumpre mandados em Araçatuba e Guararapes

Publicado em

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta quarta-feira (04/12/2019), a Operação “Voo baixo”, para desarticular uma organização criminosa internacional especializada no tráfico de drogas. Estão sendo cumpridos 13 mandados de prisão temporária e 33 mandados de busca e apreensão, sendo quatro em Araçatuba e um em Guararapes.

O grupo criminoso era comandado por um suposto empresário do interior de São Paulo, que articulava a compra e o transporte aéreo da droga de traficantes bolivianos, recebia a cocaína no Mato Grosso do Sul e a transportava por meio de aviões ao Estado de São Paulo.

Iniciada em maio de 2018, a ação da polícia federal resultou em apreensões que totalizam, aproximadamente, 2.6 toneladas de cocaína e na prisão de outras 11 pessoas.

Os 46 mandados judiciais foram cumpridos pela PF nas cidades Araçatuba/SP (4), Campinas/SP (2), Dourado/SP (1), Guararapes/SP (1), Jaú/SP (1), Pereira Barreto/SP (3), Ribeirão Preto/SP (1), São José do Rio Preto/SP (8), São Paulo/SP (1), Vargem Grande Paulista/SP (1), Cassilândia/MS (2), Alcinópolis (1), Coxim/MS (3) e Três Lagoas/MS (2), Presidente Getúlio/SC (1) e Eunápolis/BA (1), em 4 diferentes Estados (SP, MS, BA e SC).

Além dos mandados judiciais, foram realizadas apreensões de 15 aeronaves, bem como solicitado o sequestro de imóveis, dentre eles 03 fazendas. Os investigados serão indiciados pela prática de crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas, com penas de 05 a 15 anos e multa e 03 a 10 anos e multa, respectivamente.


Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO
error: Conteúdo protegido. LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998
  89