CONECTE CONOSCO

Rumo ao título

Brasil e México disputam a final da Copa do Mundo Sub-17

Publicado em



É final de Copa do Mundo. É Seleção Brasileira em campo. Neste domingo, Brasil e México disputam o título do Mundial Sub-17. A bola rola às 19h no Bezerrão, no Distrito Federal, e o jogo promete muitas emoções para o torcedor brasileiro. A partida terá transmissão ao vivo da Globo, da Band e do Sportv.

Para esta partida, o técnico Guilherme Dalla Déa conta com todos os 20 jogadores que estão com a delegação da Seleção Brasileira. Apenas o atacante Talles Magno, que deixou o grupo com uma lesão na coxa direita, não estará à disposição do treinador.

Para o técnico, será fundamental demonstrar muito equilíbrio emocional neste jogo. E o Brasil tem se provado nesse aspecto. Não foi à toa que a Seleção virou o placar em dois dos três duelos de mata-mata disputados até aqui: as duas vitórias por 3 a 2 sobre Chile e França.

“Dentro da Copa, tivemos muitas adversidades. E a equipe mostrou equilíbrio emocional. Sinto todos eles muito preparados para esse momento. Vamos fazer uma grande final. O México é uma equipe muito tradicional nessa categoria”.

Com a vitória sobre a França, o Brasil se tornou o único time com 100% de aproveitamento nesta Copa do Mundo. São 17 gols marcados em seis jogos, uma média de quase três tentos por partida. Em toda a competição, o Brasil se destacou pelo jogo ofensivo, como é da cultura do futebol brasileiro.

Na final, Dalla Déa não quer que a Seleção mude sua característica. Com muito respeito ao time do México, a ideia é repetir as atuações da campanha, com muita intensidade, precisão e poderio ofensivo.

“A gente chega muito forte, com 100% de aproveitamento, é nesse momento que temos que fazer a diferença. O que passou, passou. Respeitamos. Temos que deixar a nossa história dentro da Seleção Brasileira. A história sempre tem o vencedor e é disso que vamos em busca, de fazer um grande jogo e conquistar esse título”, disse.

Leia também:   Após empate em casa, Real Madruga fica mais longe do título

O confronto reúne duas das três maiores campeãs da história da competição. O Brasil tem três títulos da Copa do Mundo Sub-17, enquanto o México é bicampeão do torneio. As duas equipes tentam se aproximar da Nigéria, que tem cinco conquistas.

Para o meia Daniel Cabral, no entanto, tudo isso fica para trás quando se entra em campo. Nessa hora, leva o time que conseguir dar aquele algo a mais.

“Acho que uma partida de final vence o time que der aquele algo a mais. O México é um time talentoso, assim como a gente, se conseguimos nos impor, tenho certeza que sairemos muito felizes”, concluiu.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
Fonte:
CBF
Anunciante

ESPORTE

Corrida do Fogo 2019 de Araçatuba acontece neste domingo

Publicado em

A Avenida Abraão Buchalla, em Araçatuba, e seus arredores estarão movimentados na manhã deste domingo (8). E o foco não serão os automóveis, mas sim os pedestres. Neste dia, acontece a 26ª edição da Corrida do Fogo, que reúne pessoas de diversos municípios da região, interessadas nos benefícios que a prática da corrida e da caminhada proporcionam.

A concentração está marcada para as 6h e às 7h30 começam o alongamento e o aquecimento. A largada está prevista para 8h (saindo da Av. Abraão Buchalla) e o encerramento, para as 10h. A Corrida é realizada em comemoração aos aniversários de Araçatuba (2/12) e Birigui (8/12), pelo Sesc Birigui, pela Prefeitura Municipal de Araçatuba (por meio das Secretarias Municipais de Turismo e de Esportes) e o 20º GB do Corpo de Bombeiros de Araçatuba.

Neste ano, foram inscritas 1200 pessoas, das regiões de Araçatuba/Birigui, São José do Rio Preto, Presidente Prudente, Catanduva, entre outras cidades. Dos 1200 inscritos, cerca de 55% são mulheres. A faixa etária varia de 16 a 82 anos, sendo que a maioria (pouco mais de 45%) tem entre 19 e 40 anos.

Dos outros participantes, um número expressivo tem de 40 a 59 anos (mais de 30%); 8% das pessoas têm acima de 60 anos; e aproximadamente 3% são mais jovens, com entre 16 e 18 anos. Os participantes estão divididos nas categorias: trabalhadores do Comércio, Bens e Serviços; bombeiros; militares; servidores do Sesc; e geral.

Quem não se inscreveu e deseja acompanhar o evento, é só comparecer; será permitido realizar o trajeto, participar das atividades do dia ou apenas assistir (porém, não será possível fazer novas inscrições, nem o monitoramento do tempo por chip, nem será possível retirar kits).

Medalhista dos Jogos Pan-Americanos

Leia também:   Corrida do Fogo 2019 de Araçatuba acontece neste domingo

O evento contará com a presença do atleta brasileiro Altobeli Silva, que estará no local a partir das 7h para um bate-papo com o público sobre sua experiência em corrida e realizando o percurso da prova. O corredor coleciona medalhas e teve pelo menos duas conquistas recentes importantes: foi medalhista de Prata na prova 5.000 m rasos e medalhista de Ouro na prova 3.000 m com obstáculos nos Jogos Pan Americanos de Lima, no Peru, de 2019.

O atleta Altobeli Silva estará no evento

Teste de velocidade

Além de acompanhar a corrida e conversar com Altobeli, quem estiver presente poderá participar de um teste de velocidade no local, entre 7h15 às 9h30, e também do aquecimento e alongamento. O teste será feito pela equipe da Ângulo Raso.

No local, será montada uma raia de corrida, onde a velocidade do participante é medida levando-se em consideração o tempo que cada um leva para percorrer a distância estabelecida. O resultado é obtido com células fotoelétricas abrindo e fechando o tempo automaticamente e apresentando o resultado, instantaneamente, em um painel de LED, reproduzindo o que acontece nas provas de velocidade oficiais.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO

futsal

Após empate em casa, Real Madruga fica mais longe do título

Publicado em

Jogando dentro de seus domínios na última segunda feira, feriado, o Real Madruga, não conseguiu fazer a lição de casa e ficou no empate em 4 x 4 com a equipe de Ribeirão Preto no primeiro confronto da final da Liga Paulista. A equipe, saiu atrás, conseguiu buscar o empate e a virada, mas de novo no final, cedeu o empate a 01 minuto e trinta segundos do final do jogo.

Gustavo Vilar (3) e Bruno Vinícius marcaram para o Real Madruga, que agora precisa vencer o Comercial, dentro da casa do adversário, para levar o jogo para a prorrogação. A partida de volta está marcada para o próximo domingo 08/12, as 16h. ]

O resultado irritou o técnico Leandro Luz que desabafou na live do time, dizendo que os jogadores parecem não possuir ambição, não almejam o melhor e estão confirmados com a situação. Acusou os jogadores de faltarem a treinamentos, academia e não colocar o título como objetivo. O clima já estava quente no vestiário e muita roupa suja deve ser lavada no decorrer da semana.

O Real Madruga, mantém a base do ano passado e ainda recebeu reforços de Piter, Samuca e Jé, porém, o rendimento está muito abaixo do esperado. A equipe, termina no domingo a temporada, já renovou com a Samar para o ano que vem, mas estuda reformular toda a equipe. A superação, a conquista do título agora mais distante, talvez determine outra postura da diretoria, senão, a demissão de alguns do grupo.

Daniel

O prefeito Dilador Borges, levou uma camisa da equipe para o cantor Daniel que se apresentou na cidade no mesmo dia e horário do jogo. Daniel, apaixonado por futebol, recebeu com carinho, o presente enviado pelo presidente Bruno Yoshiy.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO
error: Conteúdo protegido. LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998
  114