CONECTE CONOSCO

Londres

O que se sabe até agora sobre os 39 corpos encontrados em caminhão

Publicado em



Sobram lacunas na investigação sobre a cena de horror encontrada em uma zona industrial da cidade de Grays, A leste de Londres, onde as autoridades britânicas encontraram 39 corpos dentro de um caminhão.

A polícia já constatou que as vítimas, 31 homens e 8 mulheres, são chinesas. O motorista, identificado como Mo Robinson, de 25 anos, segue em prisão para ser interrogado.

Confira o que se sabe até agora:

– O veículo foi encontrado na zona industrial da cidade de Grays, na região de Essex;

– De acordo com a polícia britânica o reboque do caminhão chegou aproximadamente às 23h30 (19h30 em Brasília) de segunda-feira (21/10/2019) a Purfleet, porto do Tâmisa, procedente de Zeebrugge, Bélgica, enquanto a cabine partiu da Irlanda do Norte. O Ministério Público Federal da Bélgica informou que o contêiner do caminhão passou por Zeebrugge em 22 de outubro;

– A polícia britânica explica que foi alertada durante a madrugada pelo serviço de emergência sobre os corpos encontrados em uma zona industrial de Grays, Essex, a 30 Km de Londres. Ainda não se sabe quem encontrou os corpos primeiramente;

– A polícia confirma o emplacamento do veículo na Bulgária em 2017, mas afirmaram que o veículo não retornou ao país desde então. “Não há conexão, apenas com as placas”, disse o primeiro-ministro búlgaro, Boyko Borissov;

– Todos os 39 corpos eram de cidadãos chineses. Do total, 31 eram homens e 8, mulheres. A polícia ainda não confirma se eles eram imigrantes ilegais no país;

– O embaixador da China no Reino Unido, Liu Xiaoming, twittou que a embaixada havia lido os relatos das mortes “com o coração pesado” e estava em estreito contato com a polícia britânica para ajudar nas investigações;

– Na noite de quarta-feira (23/10/2019), a polícia britânica fez buscas em três endereços na Irlanda do Norte, que podem estar relacionados ao motorista Mo Robinson;

– Uma grande e complexa investigação foi iniciada por autoridades britânicas para determinar as causas das mortes e identificar todas as vítimas. Em entrevista, a subchefe de polícia Pippa Mills comentou que como o assunto atraiu interesse nacional e internacional, é “absolutamente imperativo que a operação seja conduzida com o maior respeito pelas 39 pessoas que perderam a vida”;

– O trabalho de identificação dos corpos deve ser demorada, já que os especialistas farão um complexo exame para determinar a causa da morte de cada uma das vítimas, além da identificação formal delas;

– A imprensa britânica identificou o motorista como Mo Robinson, residente da cidade norte-irlandesa de Portadown, no condado de Armagh. Ele tem 25 anos de idade e há 5 trabalha como caminhoneiro. Ele continua preso, suspeito de assassinato. Segundo as autoridades, ele não é o dono do veículo;

– A família revelou a jornais locais que está “em choque” e que desconhecem o que está acontecendo com o rapaz. Um amigo chegou a relatar que Mo Robinson desmaiou ao abrir o contêiner e se deparar com os corpos. Ele alega que o parceiro é inocente;

– No mesmo dia da tragédia, a polícia de Kent anunciou que localizou e transferiu para as autoridades de imigração nove pessoas encontradas vivas em um caminhão em uma rodovia ao sudeste de Londres;

– A tragédia remete a um incidente ocorrido em junho de 2000, quando 58 chineses em situação irregular foram encontrados mortos asfixiados em um caminhão no porto de Douvres, sul do Reino Unido;

– A polícia de Essex disse esta é a maior investigação de assassinato da história.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
Fonte:
Metrópoles
Anunciante

tragédia

Grávida de apenas 13 anos se mata após ser estuprada por 6 homens na Tailândia

Publicado em

Um caso trágico abalou a cidade de Bangkok, na Tailândia. Uma menina grávida de apenas 13 anos tirou a própria vida após ser estuprada por seis homens e ser mantida em cativeiro. O crime ocorreu em 11 de novembro e, desde que foi resgatada, a garota apresentava depressão profunda.

Segundo a imprensa local, a garota teria discutido com a mãe minutos antes de cometer o ato. A mãe, inclusive, tentou correr atrás da menina para impedi-la, mas não conseguiu. Amigos dizem que ela escreveu nas redes sociais frases como: “Estou prestes a ir” e “Se não estivesse grávida, já teria partido há muito tempo”.

A polícia já identificou dois suspeitos do estupro. Um deles foi detido e o outro ainda é procurado. “Ambos vão responder por abuso sexual. Além da garota que se matou, havia outra menina e dois garotos”, disse Krissana Pattanacharoen, porta-voz da polícia local.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO

EUA

Tiroteio em Oklahoma deixa pelo menos três mortos nesta segunda-feira

Tiroteio teria acontecido no estacionamento de um supermercado Walmart

Publicado em

Nesta segunda-feira (18), diversos meios de comunicação dos Estados Unidos informaram sobre um tiroteio no estacionamento de um supermercado Walmart, em Duncan, no estado de Oklahoma.

As primeiras informações revelaram que, pelo menos, três vítimas mortais, não especificando se entre eles está ou não o atirador. A polícia de Oklahoma confirmou apenas a existência de três mortos à chegada ao local.

O alerta para o incidente foi dado nesta manhã por volta das 10h (hora local, 13h em Brasília).

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO
error: Conteúdo protegido. LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998