Fique Ligado!

Oi, o que você está procurando?

POLÍTICA

Falta de médicos e dentistas nas UBSs de Araçatuba é alvo de crítica de vereadores

A gestão da Organização Social de Saúde Mahatma Gandhi, que assumiu os serviços da Atenção Básica em Araçatuba no dia 22 deste mês, ocupou grande parte das discussões na 34ª sessão ordinária da Câmara Municipal, realizada nesta terça-feira (29). A falta de médicos e de dentistas nas Unidades Básicas de Saúde e a não contratação dos profissionais que já atuavam nas UBSs foram os principais pontos debatidos pelos parlamentares.

A discussão ocorreu durante a apreciação do requerimento do vereador Arlindo Araújo (Cidadania), que questionou a Prefeitura a respeito da interrupção do atendimento médico na Unidade Básica de Saúde do São José.

O assunto rendeu tanto debate que 11 dos 15 vereadores se inscreveram para falar a respeito dos problemas enfrentados pela população desde que a nova OSS assumiu os serviços, em substituição à ASF (Associação Saúde da Família), na terça-feira da pessoa passada.

A descontinuidade dos serviços, com a suspensão de consultas, e o descontentamento de idosos, mães e gestantes, foram citados pela vereadora Beatriz (Rede), que disse ter mantido contato com várias UBSs para acompanhar a qualidade do atendimento à população.

“Tem lugares que ainda não voltaram à normalidade e muitas pessoas estão sem atendimento nos postos de saúde. Pacientes tiveram consultas desmarcadas e não foram remarcadas”, citou a parlamentar, lembrando que nas outras trocas de OSS, no passado, não houve reclamações de descontinuidade dos serviços.

Outro ponto debatido foi a não contratação dos profissionais que prestavam serviços à antiga OSS. “A empresa está se recusando a contratar pessoas com as quais o prefeito se comprometeu. Tem funcionários que querem continuar prestando serviço e a empresa não quer contratar”, disse Beatriz.

CONTRATAÇÕES

O vereador Denilson Pichitelli (PSL) informou que na UBS da João Arruda Brasil haviam três médicos, mas agora tem dois. Quanto aos dentistas, segundo ele, eram dois e hoje tem apenas um. “Isso está acontecendo em quase todos os postos de saúde de Araçatuba”, afirmou, destacando que a Mahatma Gandhi é a quarta OSS que assume a Atenção Básica do município e nenhuma apresentou este tipo de transtornou durante a transição.

Anunciante
Leia também:   Birigui começa a oferecer cursos para superar crise

Pichitelli, que integra a Comissão de Saúde da Câmara, também disse que é preciso saber se é legal a forma de contratação que a nova OSS impôs aos prestadores de serviço, por meio da abertura de CNPJ, a chamada “pejotição”. Ele disse que o departamento jurídico do Sisema (Sindicato dos Servidores Municipais de Araçatuba e Região) está pesquisando para avaliar as condições contratuais.

“Mais tarde, esses funcionários podem levar a Prefeitura à Justiça. Dependendo da contratação é burlar a lei, porque estes trabalhadores têm horário para entrar, têm subordinação, e onde tem que cumprir horário e tem subordinação não pode haver contratação de funcionários como Pessoa Jurídica (PJ)”, ressaltou.

O líder do governo na Câmara, vereador Dr. Jaime (PTB), disse que existiu um compromisso moral de reaproveitar os funcionários da antiga gestora da Atenção Básica.

“Infelizmente, já começa com desconfiança porque se promete uma coisa e depois não cumpre, já é um desvio de comportamento”, disse. Ele afirmou, no entanto, que em contato com o secretário do governo, Manoel Afonso, teria sido informado que a questão está sendo equacionada e que a orientação é que os antigos funcionários façam contato com a atual gestora.

BRUTALIDADE

Para o vereador Dr. Flávio Salatino (MDB), o que a nova OSS fez com os dentistas foi uma brutalidade. “Da noite para o dia, o pessoal que tinha um orçamento contando com aquele rendimento, na casa dos R$ 8 mil, ficou sabendo que seu salário cairia para os R$ 3,5 mil”, lembrou. Ele observou, porém, que os vereadores devem ficar atentos porque, com a redução dos salários, vai haver sobras.

Para o vereador Cido Saraiva (MDB), a preocupação é com a qualidade dos serviços. “Se os profissionais vão receber menos, será que terão o mesmo empenho?”, questionou.

Leia também:   Araçatuba registra seis novos casos de covid-19 e uma morte suspeita nesta terça

MUAMMAR KADHAFI

Anunciante

Autor do requerimento que gerou toda discussão em torno da saúde, o vereador Arlindo Araújo (Cidadania) disse que a gestora da Atenção Básica deveria se chamar Muammar Kadhafi, nome do ditador líbio que provocou revoltas e milhares de mortes em seu país, e não o do pacificador indiano Mahatma Gandhi. “A empresa chegou a Araçatuba, pôs fogo e causou este transtorno todo”, justificou.

Arlindo citou, ainda o descontentamento de parte dos vereadores com a postura da secretária municipal de Saúde, Carmem Guariente, que deveria garantir a continuidade dos serviços nas UBSs. “Ela nem é de Araçatuba, não conhecia a realidade do município e foi trazida pelo prefeito mesmo assim”, disse. “Quem se lasca é a população com essa bagunça toda”, complementou.

Para o vereador professor Cláudio, a secretária de Saúde deve fiscalizar para saber se os médicos estão atendendo na periferia e citou os bairros Villela, Turrini, Alvorada, Mão Divina, São José e São Rafael. “Espero que o problema seja resolvido o mais rápido possível porque quem paga é o povo”.

 

 

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!

Mais lidas – 24H



TEMPO

A Defesa Civil do Estado de São Paulo alerta para baixas temperaturas em diferentes regiões do território paulista, incluindo Araçatuba, que deverá marcar mínima...

retomada da economia

A proposta de plano de retomada da atividade econômica na região de Araçatuba, composta por 40 município, prevê a reabertura, no dia 1º de...

Urgente

O motorista de um carro foi socorrido após ser espancado na noite desta segunda-feira (25), em Araçatuba (SP). Ele estava em um veículo Astra,...

CRACK

O soldador de 25 anos e a manicure de 31 anos que estavam em um veículo Astra atingido por três tiros após ser perseguido...

Medidas de restrição

O governador João Doria (PSDB) de São Paulo disse na tarde desta segunda-feira (25) em entrevista à GloboNews que não pretende decretar neste momento...

emoção

O estudante William Henrique Porto dos Santos teve uma bela surpresa em seu aniversário de 10 anos, nesta segunda-feira (25). O garoto, que sonha...

cabana

O pescador Edinaldo Teixeira de Souza, 45 anos, de Araçatuba, foi encontrado morto no final da tarde desta segunda-feira na beira do rio, na...

soluções para a crise

Com o objetivo de começar a preparar a cidade para superar a crise provocada pela pandmeia da covid-19 (coronavírus), a Prefeitura de Birigui, em...

violência

Uma adolescente, de 16 anos, foi morta a tiros Aparecida de Goiânia. O crime ocorreu na madrugada de domingo (24) e a jovem teria...

Dados Atualizados

De acordo com informações divulgadas pelo Ministério da Saúde na noite desta segunda-feira (25/05), o número de óbitos decorrentes do coronavírus em território brasileiro...

Guilherme de Pádua, 50, participou neste domingo (24) de uma manifestação política nas ruas de Brasília ao lado da mulher, Juliana Lacerda. O casal...

Benefício de R$ 600

Uma operação da Polícia Militar prendeu, em duas ações diferentes na Zona Leste de São Paulo, na manhã desta terça-feira (26), uma quadrilha suspeita...

Anunciante
Anunciante
Anunciante