CONECTE CONOSCO

ECONOMIA

Dólar fecha abaixo de R$ 4 pela primeira vez em mais de dois meses

Publicado em

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil


Em mais um dia de otimismo no mercado financeiro, o dólar fechou abaixo de R$ 4,00 pela primeira vez em mais de dois meses e a bolsa voltou a bater recorde. O dólar comercial encerrou esta segunda-feira (28) vendido a R$ 3,992, com recuo de R$ 0,017 (-0,44%). A última vez em que a moeda norte-americana tinha fechado nesse nível foi em 15 de agosto (R$ 3,99).

O dólar operou em baixa durante toda a sessão. Na mínima do dia, por volta das 12h, a cotação chegou a R$ 3,975. A moeda acumula queda de 3,94% em outubro.

No mercado de ações, o dia também foi marcado pelo otimismo. O índice Ibovespa, da B3 (antiga Bolsa de Valores de São Paulo), fechou o dia aos 108.187 pontos, com alta de 0,77%.

O indicador voltou a atingir o nível mais alto da história, superando o recorde anterior (107.543), registrado na última quarta-feira (23).

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
Fonte:
Agência Brasil
Anunciante

Recall

Problema em Fandangos faz empresa recolher produtos

Publicado em

A PepsiCo, fabricante dos salgadinhos Fandangos, anunciou que vai recolher voluntariamente dos mercados algumas unidades do produto por apresentarem uma quantidade mínima de proteína de leite.

Segundo a empresa, mesmo que no rótulo conste a advertência “Alérgicos: pode conter leite”, a companhia acha prudente tomar a ação por não haver a informação: “Contém leite”.

“A PepsiCo esclarece que os produtos estão perfeitos ao consumo do público em geral e não apresentam problemas de fabricação. Contudo, caso você seja alérgico às proteínas do leite, a PepsiCo orienta a não consumir o produto, pois este pode causar reações alérgicas com riscos à sua saúde. Para esclarecimento de dúvidas, troca do produto ou reembolso, entre em contato gratuitamente pelo telefone 0800 703 4444, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, ou pelo e-mail [email protected]”, diz o comunicado.

Confira abaixo os lotes com prazos de validade entre 02/12/2019 e 17/02/2020 que serão recolhidos:

Embalagens 164g: Lotes LA 258 a LA 303, Lotes LB 260 a LB 296, Lotes LC 261 a LC 269, Lotes LD 261 a LD 288
Embalagem 59g: Lotes LA 236 a LA 306, Lotes LC 226 a LC 273, Lotes LD 232 a LD 288
Embalagem 22g: Lotes LA 290 a LA 300
Embalagem 23g: Lotes LC 237
Embalagem 54g: Lotes LC 268 a LC 273
Embalagem 280g: Lotes LB 238 a LB 296 e Lotes LD 269 a LD 289
Embalagem 44g: Lotes LB 285 a LB 296 e Lotes LD 282 a LD 283
Lanchinho Sortido 101g: Lotes LA 284 a LA 308 e Lotes LD 273 a LD 298

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO

MINAS GERAIS

Grávida pula do 2º andar para fugir de agressões, o ex pula atrás e continua o espancamento

Publicado em

Uma mulher grávida, que era mantida em cárcere privado pelo seu ex-companheiro, pulou a janela do segundo andar para fugir das agressões do homem neste domingo (18/11/2019). Segundo reportagem do jornal O Tempo, ela era vítima de chutes contra a barriga, socos na cabeça e ameaças de morte. O caso aconteceu em Raposos, região metropolitana de Belo Horizonte.

O acusado, na sequência, ainda pulou atrás dela e continuou a espancá-la. Ele só parou quando policiais que tentavam negociar a liberdade da mulher chegaram. A vítima tem 23 anos e foi socorrida e enviada ao posto de saúde municipal de Raposos e sobreviveu. Ainda não há informações sobre o estado de saúde do bebê, filho do agressor.

Vizinhos ouviram gritos

Ao ouvir os gritos e os pedidos de socorro da mulher, vizinhos da casa onde ela estava presa acionaram a Polícia Militar. À porta da residência, os policiais encontraram o suspeito agarrando a ex-companheira pelo pescoço, bem na janela.

Chorando e implorando ajuda, a mulher gritou aos agentes e disse que o suspeito estava com uma faca apontada para sua barriga, pois estava grávida de um filho dele. Assim, diante da situação, uma negociação foi iniciada com o criminoso e, por fim, ele decidiu soltar a mulher e ir até a porta de casa.

Contudo, desesperada após as agressões e com medo, foi nesse momento que a jovem pulou a janela do segundo andar do imóvel, caiu em um telhado e, em seguida, no chão. Para impedir que ela fugisse, o ex-companheiro correu para dentro de casa e pulou a janela para persegui-la. Depois de alcançá-la o homem ainda tentou continuar as agressões, mas acabou detido pela Polícia Militar.

Outras passagens

Além das agressões contra a mulher grávida nesse domingo (17), pesam contra o ele outras três denúncias por espancamentos e ameaças – estas registradas por três diferentes mulheres, sendo duas ex-companheiras do criminoso. Uma delas o denunciou por tê-la ameaçado de morte e, após as agressões, ela relatou ter precisado dormir na casa de vizinhos para garantir sua segurança.

Outra chamou a polícia depois que o acusado teria quebrado móveis e objetos dentro de casa e iniciado uma série de agressões contra ela. Há ainda outro registro, neste ele é apontado como suspeito de agredir um menino de 10 anos com uma cadeirada no braço esquerdo.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO
error: Conteúdo protegido. LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998