Fique Ligado!

Oi, o que você está procurando?

Saúde

Pesquisa detalha distribuição dos subtipos do HIV no Brasil

30

Entender como atuam os subtipos do vírus da Aids, o HIV, entre os brasileiros é um dos objetivos de um estudo desenvolvido por pesquisadores da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e da Universidade do Minho (UMinho), em Portugal.

A primeira etapa do projeto confirmou dados da literatura científica que apontam uma concentração do subtipo C na Região Sul do país, enquanto o tipo B é mais disseminado nas demais regiões do país.

O professor Bernardino Geraldo Alves Souto, do Departamento de Medicina (DMed) da UFSCar, que desenvolve a pesquisa no pós-doutorado, explica que a hipótese para essa distribuição geográfica é que o subtipo C tem afinidades por determinadas células do corpo humano que são diferentes daquelas observadas no subtipo B.

“Tem locais que, do ponto de visto sociocomportamental, a maior parte das infecções por HIV é transmitida por via anal, provavelmente nessas áreas prevalece o subtipo B. Aquelas em que a transmissão é mais por via vaginal prevalece o subtipo C. Não é só isso, mas um conjunto de eventos socioculturais e comportamentais, que relacionados com características genéticas do vírus, determina certa afinidade do vírus por determinadas células humanas”, explicou Souto.

Existem dois tipos de HIV, 1 e 2. O mais prevalente no Brasil é o tipo 1, o qual tem nove subtipos. “São pequenas variações genéticas que existem dentro da mesma espécie viral que faz com que eles possam ter pequenas características que diferenciem um do outro”, aponta o pesquisador. Os subtipos B e C respondem por cerca de 80% dos casos no país.

Transmissão

Souto disse que todos os subtipos do HIV são transmitidos do mesmo jeito – relações sexuais sem preservativo, compartilhamento de seringas e agulhas contaminadas, aleitamento materno, gravidez e parto. Entre essas vias, no entanto, algumas transmitem mais facilmente um subtipo do que outro. Isso se deve a características biológicas de base genética que são particulares a cada subtipo, ainda pouco esclarecidas.

Leia também:   São Paulo tem 23,8 mil candidatos inscritos para o Enem 2020

O pesquisador aponta que o detalhamento desses dados permite, por exemplo, identificar prevalências de subtipos do HIV e definir melhor as políticas de prevenção e tratamento. “Existe uma política nacional de controle do HIV, de excelente qualidade, não há o que se discutir, mas quando a gente descobre que existem questões regionais que são específicas, pode ser que a gente tenha que pegar esses protocolos nacionais, que são padronizados, e fazer algumas adaptações e otimizar as abordagens preventivas e terapêuticas”, disse.

Pesquisa

O estudo propõe estabelecer a epidemiologia, a filogenia e a filogeografia dos subtipos do HIV que circulam no Brasil. A epidemiologia avaliou como o vírus se distribui no território nacional, se afeta mais homens, mulheres, pessoas com maior ou menor grau de escolaridade, como os indivíduos contraíram o HIV, entre outros aspectos. A filogenia estudou as características genéticas do HIV de milhares de pessoas para entender os ancestrais desses vírus e suas origens, quando chegaram ao Brasil e qual a relação genética que há entre os diversos subtipos do HIV que estão no país.

Anunciante

A filogeografia busca entender de que lugar do mundo vieram os subtipos do vírus que circulam no Brasil, como eles circulam por aqui e para qual lugar do mundo os vírus “nacionais” estão indo. “A gente já tem informações a respeito da origem do vírus do subtipo C, que é africano e se instalou no Sul do país e está tendo dificuldade de circular fora da Região Sul. Essa é uma versão preliminar dos nossos achados, estamos aprofundando isso para ter compreensão melhor”, disse Souto.

Dados

De acordo com o Programa das Nações Unidas sobre o HIV (Unaids), em 2019, há 37,9 milhões de pessoas infectadas com o vírus no mundo, dos quais 23,3 milhões têm acesso à terapia antirretroviral. Do total de infectados no mundo, 36,2 milhões são adultos e 1,7 milhão são crianças e jovens com menos de 15 anos.

Leia também:   Maio Verde serve de alerta para prevenção e combate ao glaucoma

No Brasil, o último Boletim Epidemiológico da Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, divulgado em 2018, mostra que, entre 2007 e 2018, foram notificados, pelo Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan), 247.795 casos de Aids (68,6% em homens e 31,4% em mulheres).

O Brasil teve uma média de 40 mil novos casos da doença nos últimos cinco anos, com maior concentração nas regiões Sudeste e Sul.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!

Mais lidas – 24H



TEMPO

A Defesa Civil do Estado de São Paulo alerta para baixas temperaturas em diferentes regiões do território paulista, incluindo Araçatuba, que deverá marcar mínima...

Urgente

O motorista de um carro foi socorrido após ser espancado na noite desta segunda-feira (25), em Araçatuba (SP). Ele estava em um veículo Astra,...

ARAÇATUBA

Uma pecuarista de 29 anos está sendo acusada de invadir a casa do ex-namorado, danificar vários objetos, incluindo uma televisão e uma Honda Biz,...

Medidas de restrição

O governador João Doria (PSDB) de São Paulo disse na tarde desta segunda-feira (25) em entrevista à GloboNews que não pretende decretar neste momento...

ENTREVISTA

Pelo menos no que diz respeito à história de Araçatuba, a rede social acaba de fazer cair por terra a ideia de que fotos...

OPORTUNIDADE

O Centro Brasileiro de Cursos (cebrac) libera cursos on-line gratuitos para estudantes da rede pública e privada, microempreendedores e pessoas que buscam uma colocação...

pandemia

Araçatuba registrou dois novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, passando dos 119 para os 121 pacientes infectados com o novo coronavírus, e...

FAKE NEWS

Circula pelas redes sociais a imagem de pacientes em um hospital segurando uma placas afirmando que estarem curados da Covid-19. A legenda que acompanha...

R$600

A Caixa Econômica Federal (CEF) credita nesta segunda-feira (25) novos lotes do Auxílio Emergencial, tanto da primeira parcela, para novos aprovados, quanto da segunda,...

pandemia

O Sistema de Monitoramento Inteligente (SIMI-SP) do Governo de São Paulo mostra que o percentual de isolamento social no Estado foi de 55% neste...

emoção

O estudante William Henrique Porto dos Santos teve uma bela surpresa em seu aniversário de 10 anos, nesta segunda-feira (25). O garoto, que sonha...

Penápolis

Um médico de 30 anos teve a sua caminhonete, uma Chevrolet Trailblazer branca, ano 2015 e com placas de Garanhuns (PE) furtada durante o...

Anunciante
Anunciante
Anunciante