CONECTE CONOSCO

violência

Mulher é agredida após dar à luz porque marido acredita não ser o pai

Publicado em



Uma mulher de 27 anos foi vítima de agressão física e psicológica na manhã dessa terça-feira (10), três dias após dar à luz, porque o marido não acredita ser o pai do filho que ela acabara de ter. As informações são do jornal O Livre.

Conforme o boletim de ocorrência, a vítima acionou a Polícia Militar após a agressão, mas o marido já tinha fugido da casa. O casal mora no Bairro da Ponte, em Diamantino (180 km de Cuiabá).

A mulher contou estar de resguardo pelo parto há apenas três dias e que o marido ficou alterado por não acreditar que o filho seja dele.

Os dois deram início a um bate-boca e ele falou para a mulher que a mãe dele irá pagar para que seja feito um exame de DNA no menino.

Durante a discussão, o homem teria partido para cima da mulher com empurrões, machucando os seios dela. Aos policiais, ela disse não ter ficado com lesões aparentes, mas estar sentindo dores nos seios.

A Polícia Militar registrou a ocorrência como “maus-tratos”, mas orientou a vítima a procurar uma delegacia para denunciar o marido e pedir medidas protetivas.

O caso foi encaminhado para a Polícia Judiciária Civil e o suspeito não foi encontrado.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
Fonte: O Livre
Anunciante

Região

DER multa 21 caminhões por excesso de peso de carga

Publicado em

A Polícia Militar Rodoviária realizou hoje (17) uma operação para fiscalizar o peso da carga de caminhões que trafegam pela região de Araçatuba.

O ponto de bloqueio ocorreu na Rodovia Assis Chateaubriand (SP-425), em Penápolis. A ação contou com apoio do DER (Departamento de Estradas de Rodagem), que aplicou as multas.

De 62 veículos de carga fiscalizados, 21 foram autuados por excesso de peso.

De acordo com o DER, o veículo com peso acima do permitido leva risco ao motorista além de deteriorar a pavimentação. Segundo a polícia, outras ações serão realizadas em rodovias da região.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO

branking bad

Homem de Birigui é preso em operação do Bope e Gaeco do MS

Publicado em

Um homem de Birigui foi preso na manhã desta terça-feira na operação Breanking Bad, desencadeada pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado) e o Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais) do Mato Grosso do Sul, para desmantelar uma quadrilha de traficantes de cocaína e pasta-base que atua no Mato Grosso do Sul e São Paulo.

A prisão em Birigui foi por volta das 7h, no bairro Jandaiá II, onde os policiais prenderam um homem de 40 anos identificado pelas iniciais E.H.C.A. A PM local prendeu o acusado durante cumprimento de mandado de prisão preventiva e de busca e apreensão expedido pela Justiça do Mato Grosso do Sul.

O capturado foi ouvido por integrantes do Gaeco e seria encaminhado para um CDP (Centro de Detenção Provisória) onde ficará à disposição da Justiça.

São ao todo 18 mandados de prisão preventiva, 2 de prisão temporária e 20 de busca e apreensão em Campo Grande Ladário, Corumbá, Três Lagoas, Ribas do Rio Pardo, Birigui (SP) e Campinas (SP).

Em Campo Grande, um homem de 37 anos foi preso no Jardim Radialista e outro, de 31 anos, no Bairro Rancho Alegre. Os dois foram levados pelo Bope para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga.

O nome da operação faz alusão à série de TV Breanking Bad, onde um professor de química descobre um câncer terminal, decide montar laboratório em casa para fabricar metanfetaminas e ganhar dinheiro enquanto pode para deixar a família bem.

Nem o Gaeco e nem o Bope deram detalhes sobre a atuação da quadrilha. (Com informações: Campo Grande News)

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO

Pacaembu (SP)

Região: mecânico morre arrastado por ônibus, ao fazer manutenção no veículo

Publicado em

Foto: Amanda Maria Rodrigues Ribeiro/Cedida

Um homem, de 43 anos, morreu na tarde desta segunda-feira (16) enquanto trabalhava na manutenção de um ônibus, na Vila Peres, em Pacaembu (SP).

De acordo com as informações da Polícia Civil, o veículo da empresa Expresso Adamantina apresentou problema na mangueira de ar do freio quando chegava no Terminal Rodoviário da cidade, sendo que foi acionado um mecânico da companhia para comparecer ao local.

Durante o reparo, o ônibus desceu sozinho da plataforma e arrastou o mecânico, que estava embaixo do veículo, por cerca de 15 metros. Conforme a polícia, uma testemunha entrou no ônibus e acionou o freio de pé para parar o veículo.

A Polícia Militar informou que o Corpo de Bombeiros compareceu o local, mas a vítima nem chegou a ser socorrida, pois já estava sem vida.

Conforme o Corpo de Bombeiros, a ocorrência foi às 14h45 e ainda não se sabe se o ônibus perdeu o freio ou desceu do cavalete.

O caso foi registrado na Delegacia da Polícia Civil.

Em nota divulgada na tarde desta segunda-feira (16), a empresa Expresso Adamantina, responsável pelo ônibus envolvido no acidente, informou que “já está prestando toda a assistência e apoio necessários à família da vítima”. Veja abaixo:

“Nota à imprensa.

É com pesar que confirmamos o falecimento de nosso colaborador Sr. Mauro Sérgio Monteiro, vítima de acidente na data de hoje na cidade de Pacaembu, durante o exercício de suas funções.

Informamos que as causas e circunstâncias do acidente ainda estão sendo apuradas pela empresa, sendo muito prematuro por hora inferir qualquer conclusão.

Por fim, informamos que o Grupo Adamantina já está prestando toda a assistência e apoio necessários à família da vítima.

Atenciosamente,

Grupo Adamantina”.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO
error: Conteúdo protegido. LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998
85