Fique Ligado!

Oi, o que você está procurando?

flagrante

Dupla envolvida em tentativa de homicídio é presa com 7 kg de maconha em Araçatuba

Alan Patrick e Gerson Garcia, o Barriga, estavam sendo procurados após tentativa de assassinato ocorrida em julho

Dois homens procurados pela Justiça por envolvimento em uma tentativa de homicídio ocorrida em julho, em Araçatuba, foram presos com 7,4 quilos de maconha, na madrugada desta quarta-feira (18), no bairro Morada dos Nobres, periferia da cidade.

Um deles, identificado como Alan Patrick da Silva é apontado como um dos chefes do tráfico naquela região do município. O outro preso trata-se de Gerson Garcia Neto, conhecido como Barriga.

A Justiça havia decretado a prisão preventiva dos dois acusados pela tentativa de assassinato contra o comerciante Lucas Silva Garcia, 24 anos, ocorrida em 18 de julho na Rua Bolívia, no Jardim Presidente, também em Araçatuba.

Na ocasião, a vítima foi atingida por dois tiros. A polícia contatou que Alan Patrick e Gerson Garcia eram os autores do crime. Lucas foi socorrido, passou alguns dias internado e recebeu alta.

Na madrugada de hoje, policiais militares da Força Tática receberam uma denúncia informando que os envolvidos no crime estavam em uma casa na Rua Lions Clube.

Ao entrar no imóvel, os policiais detiveram os procurados e encontraram 18 tabletes de maconha, que pesaram 7,4 quilos; 12 pinos de cocaína; uma porção de 16 gramas da mesma droga; balança de precisão; três rolos de plástico filme, usados para embalo de entorpecentes e uma faca com resquício de maconha.

A polícia acredita que a droga seria distribuída em pontos de venda, as chamadas biqueiras, localizadas nos bairros Claudionor Cinti, Lago Azul e Morada dos Nobres, área de atuação de Alan Patrick.

A dupla foi autuada em flagrante por tráfico de drogas no plantão policial de Araçatuba. Eles seriam encaminhados para o CDP (Centro de Detenção Provisória) de Nova Independência ainda nesta quarta-feira.

Anunciante

Os dois deverão ser julgados pela tentativa de homicídio. Se condenados poderão pegar até 30 anos de prisão.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!

Mais lidas – 24H



Anunciante
Anunciante
Anunciante