Connect with us

CORPO

A Fluoxetina pode ser usada para emagrecer?

Publicado

em



Tem sido demonstrado que certos medicamentos antidepressivos que agem sobre a transmissão de serotonina, podem causar uma redução da ingestão de alimentos e uma diminuição do peso corporal.

A fluoxetina é um desses medicamentos, que tem demonstrado em vários estudos, um controle da saciedade e consequente perda de peso. No entanto, este medicamento não deve ser utilizado para este fim, devido a todos os efeitos colaterais que provoca e pelo fato da sua ação na perda de peso se verificar apenas a curto prazo.

Como é que a fluoxetina emagrece?
Ainda não se sabe ao certo qual o mecanismo da fluoxetina na redução da obesidade, mas pensa-se que a sua ação inibitória do apetite seja uma consequência do bloqueio de recaptação de serotonina e consequente aumento da disponibilidade desse neurotransmissor nas sinapses neuronais.

Além de poder estar envolvida na regulação da saciedade, também tem sido demonstrado que a fluoxetina contribui para o aumento do metabolismo.

Vários estudos comprovam que fluoxetina pode ajudar na redução de peso, porém este efeito foi demonstrado apenas a curto prazo, tendo sido verificado que cerca de 4 a 6 meses após o início do tratamento, alguns pacientes começaram a ganhar peso novamente. Além disso, vários estudos que demonstraram maiores benefícios com fluoxetina também utilizaram aconselhamento nutricional e mudanças no estilo de vida.

A fluoxetina está indicada para emagrecer?
A Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica não indica o uso de fluoxetina para o tratamento a longo prazo da obesidade, por se ter verificado um efeito transitório na perda de peso, especialmente nos primeiros seis meses, e recuperação do peso perdido logo após os seis meses iniciais.

Quais os efeitos colaterais da fluoxetina
A fluoxetina é um medicamento que pode provocar vários efeitos colaterais, sendo os mais frequentes a diarreia, náusea, fadiga, dor de cabeça, insônia, palpitações, visão turva, boca seca, desconforto gastrointestinal, vômitos, calafrios, sensação de tremor, diminuição de peso, diminuição do apetite, distúrbio de atenção, vertigem, disgeusia, letargia, sonolência, tremor, sonhos anormais, ansiedade, diminuição do desejo sexual, nervosismo, cansaço, distúrbio do sono, tensão, ato de urinar frequente, distúrbios da ejaculação, sangramentos e hemorragias ginecológicas, disfunção erétil, bocejo, suor em excesso, coceira e erupções da pele e rubor.

Como perder peso sem a fluoxetina
A melhor maneira de emagrecer é através de uma uma dieta hipocalórica e da prática de exercícios físicos regulares. Os exercícios são de extrema importância, pois aliviam o estresse, promovem a sensação de bem-estar e melhoram o funcionamento do corpo.


Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
Anunciante
Anunciante
Band FM 96.9
error: Conteúdo protegido. LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998