CONECTE CONOSCO

investigação

Veja a lista dos presos pela PF na Operação ‘Tudo Nosso’, que apura contratos com a Prefeitura de Araçatuba

Publicado em

Operação foi coordenada pela Delegacia da PF em Araçatuba (Foto: Regional Press)


A Operação “Tudo Nosso”, deflagrada pela Polícia Federal nesta terça-feira (13), investiga contratos suspeitos firmados com a Prefeitura de Araçatuba na gestão de Dilador Borges (PSDB) e Edna Flor (Cidadania), nos setores de Educação e Assistência Social, que superam a cifra de R$ 15 milhões nos últimos dois anos.

O desvio mensal apurado pela PF é de, pelo menos, R$ 120 mil por mês, no período de 2017 a 2019, que iriam para o principal investigado, o sindicalista José Avelino Pereira, o Chinelo, 64 anos. Os valores desviados, no entanto, podem ser muito maiores, já que a PF não teve acesso a todos os contratos ainda.

De acordo com as investigações, que começaram há dois anos, Chinelo indicou pessoas para ocupar cargos de livre nomeação da Prefeitura que tinham livre trânsito, articulação e informações privilegiadas relacionadas aos contratos com o município, atuando diretamente, e com poder de decisão, dentro das secretarias municipais.

NOMES

O Regional Press apurou que tiveram a prisão temporária (por cinco dias) decretada pela Polícia Federal, além de Chinelo e seu filho, Igor Thiago Pereira, e seu genro, Emerson Cardoso, o diretor do Centro de Controle de Zoonoses, Alexandre Cândido; o assessor executivo da Secretaria Municipal de Administração, Thiago Mendes, que é também presidente do Conselho Municipal de Saúde; o advogado Wanderson Alves dos Santos; o diretor administrativo José Cláudio Ferreira, conhecido como Zé Pera; o presidente do IVVH (Instituto de Valorização à Vida Humana), Eloi Lourenço; a diretora de departamento da Secretaria de Assistência Social, Silvia Aparecida Teixeira; Daniela Amanda e Daiana Franciele, ambas ligadas ao sindicalista Chinelo e o advogado de Jundiaí Ahmad Nazih Kamar. O contador Gilson Martinez não foi localizado pela polícia e e considerado foragido.

Todos eles tiveram participação decisiva nas fraudes, segundo a polícia. A pedido da PF, a Justiça Federal decretou o afastamento cautelar dos servidores públicos municipais envolvidos, objetivando cessar a ação da organização criminosa e garantir a restituição dos valores desviados para o município de Araçatuba.

Delegada da PF Daniela Braga conduziu a investigação

De acordo com as investigações da PF, a falta de fiscalização dos contratos por parte dos servidores investigados possibilitou a contratação das empresas do grupo ligado a Chinelo. “Se a fiscalização tivesse sido feita da forma adequada, teria sido identificada imediatamente a relação entre as pessoas e com isso evitado essa contratação”, afirmou a delegada da PF, Daniela Ferreira Mauro Braga.

Ainda segundo a PF, há indícios de que tenham sido realizados contratos com pelo menos seis empresas vinculadas a um grupo que tem Chinelo como líder, para desviar os recursos públicos. O sindicalista não aparece como proprietário, mas todas as pessoas ligadas às empresas possuem vínculos com ele, inclusive familiares.

A delegada afirmou que não pode dizer que não prestaram os serviços à sociedade. O que há são superfaturamento em notas com divisão posterior com o principal investigado e talvez alguns contratos feitos para atestar determinada atividade que não tenha sido integralmente executada.

Há indícios que o grupo tenha cometido crimes de corrupção ativa e passiva, fraude em licitação, peculato, falsidade ideológica, falsificação de documento público e de organização criminosa.

Ao todo, a PF cumpriu 13 de 15 mandados de prisão temporária, sendo 10 em Araçatuba, 1 em Jundiaí e 2 em Itatiba, além de 39 mandados de busca e apreensão. Duas pessoas que tiveram a prisão temporária decretada não foram localizadas.

Nesta terça-feira, foram feitas buscas nas secretarias municipais de Educação, Assistência Social (ambas ligadas à vice-prefeita, Edna Flor), Saúde e Administração, na sede do PSB em Araçatuba e em residências. Foram apreendidos computadores, celulares e notebooks pessoais dos envolvidos e da própria Prefeitura.

Na sede do PSB, a PF apreendeu joias, dinheiro, inclusive em moeda estrangeira e documentos relacionados à investigação. Também foram apreendidos entorpecentes.

“#TUDO NOSSO”

O nome da Operação “#TudoNosso” faz alusão ao termo frequentemente utilizado pelos investigados, inclusive em redes sociais, nas ocasiões em que obtinham sucesso nas diversas fraudes cometidas no âmbito da Prefeitura de Araçatuba.

Os próximos passos da investigação, segundo a delegada da PF, serão a análise do material apreendido e o depoimento das testemunhas para se chegar a um valor do desvio de recursos públicos e identificar outros crimes que possam ter sido praticados. Não há previsão para a conclusão do inquérito.

Leia Mais:

Chinelo e mais 13 são presos em operação de combate à corrupção em Araçatuba

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
Fonte:
Anunciante

OPORTUNIDADE

Prefeitura de Penápolis abre inscrições para estagiários de nível superior

Publicado em

Estudantes do ensino superior nos cursos de administração e pedagogia interessados em estagiar na Prefeitura de Penápolis podem se inscrever para o Processo Seletivo Público de Estagiários de hoje (23). O período de inscrições termina em 15 de setembro. As inscrições serão feitas exclusivamente pelo site da Prefeitura (www.penapolis.sp.gov.br).
Podem se inscrever, os estudantes matriculados no ensino superior, nos cursos de Administração e Pedagogia. Para os demais cursos, ainda há processo seletivo em aberto com estudantes aprovados.

Os estagiários de nível superior recebem uma Bolsa Auxílio no valor de R$420,00 por uma jornada de 04 horas e R$630,00, jornada de 06 horas diárias. Os estudantes também recebem auxílio transporte no valor de R$80,00.

Inscrições
As inscrições serão efetuadas, exclusivamente, através do site da Prefeitura de Penápolis (www.penapolis.sp.gov.br), no período compreendido entre os dias 23 de agosto até 15 de setembro. Ao acessar o site, o estudante deve clicar no banner rotativo e será direcionado para a página de inscrição.

Nesta página, o candidato deverá preencher a ficha de inscrição disponível em “Cadastro”, informando seus dados pessoais, o curso e instituição em que está regularmente matriculado. Após preencher e conferir todas as informações, é só clicar em Confirmar. Automaticamente será gerado o Protocolo de Cadastro para impressão.

Provas
As provas do processo seletivo serão realizadas no dia 22 de setembro, às 09h, na Emef Casa da Amizade (Av. Goiás, 488-A – Vila América). As provas serão objetivas, de caráter classificatório, com 25 questões de múltipla escolha, sendo 15 de português, 05 de matemática e 05 de conhecimentos gerais.

O edital completo com detalhes da prova, conteúdo programático e demais informações está disponível no site da Prefeitura de Penápolis (www.penapolis.sp.gov.br). O resultado final será publicado no site no prazo de até 15 dias após a realização da prova.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO

capacitação

Escola do Legislativo de Araçatuba oferece curso sobre a organização do Estado Brasileiro

Publicado em

Fotos: Angelo Cardoso

Visando à capacitação do cidadão quanto ao funcionamento da Administração Pública, a Câmara Municipal de Araçatuba deu início nesta quinta-feira (22/08) a um curso básico sobre a organização do Estado Brasileiro. Trata-se de mais uma atividade da Escola do Legislativo “Drª Zezé Bedran”, criada neste ano com o objetivo de fomentar conhecimento para a prática da cidadania.

O curso “Organização dos Poderes – como funcionam o Executivo, o Legislativo e o Judiciário” é voltado à comunidade, prioritariamente estudantes do ensino fundamental II e do ensino médio de escolas públicas e particulares da cidade. As duas primeiras turmas também são formadas por universitários, servidores municipais e estagiários do Poder Legislativo.

Ao todo, serão 16 horas de capacitação, divididas em quatro módulos, com direito à certificação para os participantes. Os encontros serão mensais, das 8h às 12h, no plenário do Poder Legislativo. São parceiros dessa iniciativa a FEA (Fundação Educacional Araçatuba) e a Diretoria Regional de Ensino.

MÓDULO I –

Nesta quinta-feira, a primeira turma do curso recebeu orientações sobre a organização político-administrativa da República Federativa do Brasil e uma visão geral da Administração Pública. As aulas do Módulo I ficaram sob a responsabilidade do presidente da Comissão de Ética e Disciplina da 28ª subseção da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) em Araçatuba, Marcelo Henrique Benes Inaco, e da juíza do trabalho aposentada Alcione Costa Gonçalves.

A abertura do curso foi feita pela presidente da Câmara, vereadora Tieza (PSDB), que falou sobre a Escola do Legislativo. “Para exercitarmos a cidadania, precisamos aprender. A Escola do Legislativo se dispõe a ensinar. Cabe a todos vocês a vontade de aprender e o dever de disseminar esse conhecimento para que o Brasil seja melhor”, dirigiu-se aos participantes.

Na próxima quarta-feira (28/08), o Módulo I será ministrado para a segunda turma inscrita nesta primeira edição do curso. Todas as atividades da Escola do Legislativo são transmitidas ao vivo pela TV Câmara (canal 6 do sistema Net de TV a cabo) e pelas redes sociais YouTube e Facebook, onde ficam armazenadas para consulta. Os links estão disponíveis no site www.camaraaracatuba.com.br. (Assessoria de Comunicação: Suzy Faria)

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO

OBRAS

Via Rondon informa sobre interdição no acesso da Marechal Rondon à rua Aguapeí

Publicado em

A ViaRondon informa que em razão da implantação das vias marginais em Araçatuba, a alça de saída da rodovia para a Rua Aguapeí, será interditada no próximo dia 26, segunda-feira.

Com isso, os usuários da rodovia que estão na pista sentido Capital-Interior devem acessar a alça de saída da rodovia no km 533,4 sentido à Rua Aguapeí.

A concessionária recomenda aos usuários que diminuam a velocidade no local e que tenham cautela e atenção para a segurança de todos.

Maiores informações podem ser obtidas pelo 0800 72 99 300.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO
error: Conteúdo protegido. LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998
86