Connect with us

selvageria

Homem é preso após agredir esposa grávida com garfadas, mordida e empurrão

Publicado

em



Um auxiliar de 20 anos foi preso em flagrante pela Polícia Militar acusado de agredir sua companheira, uma faxineira de 26 anos que está grávida, com garfadas no pescoço, mordida no braço e um empurrão que a derrubou sobre uma idosa.

De acordo com o boletim de ocorrência, o casal está junto há um ano e vem se desentendo com frequência porque a mulher quer a separação e o auxiliar geral não aceita, motivo pelo qual vem agredindo-a fisicamente nos últimos dias.

A mulher disse que no sábado foi agredida com as garfadas e uma mordida no braço. Ela ainda declarou a polícia que na sequência levou um forte empurrão, bateu a cabeça na quina da parede, causando uma lesão, e caiu em cima de sua avó, sendo que as duas foram parar no chão.

Apesar das agressões ela não acionou a polícia. Na manhã deste domingo, pediu para que o companheiro deixasse a casa. Ele começou a juntar seus pertences e pegou um rádio, que seria da mulher. Ela questionou e o auxiliar geral jogou o rádio no meio da rua.

Para revidar, a mulher jogou uma tela de computador que pertencia ao companheiro, também no meio da rua. Depois o auxiliar geral deixou a residência. A PM foi acionada e os policiais cabos Leal e Adelman localizaram o acusado na casa de sua mãe.

Ele foi detido e levado para a delegacia, onde foi arbitrada fiança no valor de R$ 1 mil. Como o valor não foi pago, o auxiliar geral ficou detido para ser encaminhado à audiência de custódia.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
Anunciante
error: Conteúdo protegido. LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998
77