CONECTE CONOSCO

LITERATURA

Aos dez anos, pequena escritora lança o livro “A menina que conta histórias”

Publicado em



A estudante Lorrani Cristina da Silva Pereira, dez anos, sempre gostou de contar histórias. Desde os três aninhos, bem antes de ser alfabetizada, já fazia desenhos com lápis de cor e canetinha e criava historinhas que contava para seu irmão mais novo.

Após a alfabetização, transformou os desenhos e rabiscos em letras para narrar as histórias de fadas, princesas e animais. Neste sábado (10), a escritora mirim lança “A menina que conta histórias”, seu primeiro livro, pela Editora Pindorama. O lançamento será no Teatro do Sesc Birigui, a partir das 10h. O exemplar é vendido a R$ 15,00.

ESTILO

Lorrani tem um estilo original. Suas histórias com fadas e princesas não têm um desfecho clichê, como grande parte dos livros infantis. Outra característica marcante em seus textos é a generosidade e a fraternidade.

Os personagens maus que ela cria não têm um fim terrível, como é comum aos vilões. Os de Lorraini, geralmente, se arrependem do mal que fizeram e têm seus erros perdoados.

A mãe, Bernadete Eloisa da Silva Pereira, cita que o tema predileto de Lorraini são os animais. No livro que será lançado neste sábado, há as histórias de “O Sapo Preguiçoso”; “Lesma Catarina”; Patinhos Duque e Dana” e o “Elefante Cor de Rosa”, dentre outras.

DESCOBERTA

A descoberta da menina que conta histórias foi feita pelo funcionário público estadual Jair Francisco dos Santos, amigo dos pais de Lorraini. Um dia, ele surpreendeu Lorraini lendo uma história para o irmão mais novo que havia sido escrita a caneta.

“Eu fiquei surpreso, perguntei de quem era e ela revelou ser a autora. A história tinha sentido, estava completa e pensei o que eu poderia fazer para ajudá-la”, contou.

Santos teve a ideia, então, de levar a garota ao Grupo Experimental da Academia Araçatubense de Letras (AALO), onde foi muito bem recebida. Naquele ano, 2018, ela teve uma história sua publicada na 12ª edição do Experimentâneas, livro publicado anualmente pelo grupo, que integra desde então. Inclusive, sua participação na edição 2019 já está garantida.

Boa aluna, a atividade literária de Lorrani não atrapalha em nada sua vida escolar. Ao contrário, a torna mais experiente no mundo das letras, que ela quer continuar frequentando quando crescer, porque sonha ser jornalista. Feliz com o primeiro livro, já adianta que não vai parar por aí. Alguém tem dúvida?

SERVIÇO

Lançamento do livro “A menina que conta histórias”

De: Lorrani Cristina da Silva Pereira

Data: Neste sábado (10), às 10h,

Local: Sesc Birigui

Endereço: Rua Manoel Domingos Ventura, 121, Vila Xavier

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
Fonte:
Anunciante

tratamento

Cantor Jorge Aragão é internado em UTI cardiológica

Publicado em

O cantor Jorge Aragão, de 69 anos, foi internado no início da madrugada desta sexta-feira (23/08/2019) na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) cardiológica do Hospital Unimed Barra, no Rio de Janeiro, segundo a colunista Fábia Oliveira.

De acordo com a jornalista, o cantor foi internado com sintomas de um AVC. Apesar do empresário de Jorge Aragão ter negado a informação e dito que o artista deu entrada na unidade hospitalar apenas por um indigestão e que já estava em casa, foi confirmado que ele segue internado.

O hospital confirmou que Aragão deu entrada de madrugada acompanhado da mulher e ainda está na UTI. Há uma semana, o cantor passou por um cateterismo seguido de angioplastia.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO

Desabafo

Bumbum dá mais audiência do que música, reclama Luísa Sonza

Publicado em

Luísa Sonza resolveu usar suas redes sociais para fazer um desabafo. Ela reclamou que as pessoas tem reparado mais em seu corpo do que em suas músicas. Nos Stories, a cantora pede que seus seguidores ouçam o disco Pandora, que foi lançado em junho deste ano.

“Eu faço um álbum inteiro, vou do gospel ao R&B, ao pop, ao funk, ao brega funk… [a música] ‘Eliane’ é totalmente diferente da ‘Fazendo Assim’ é uma música quase religiosa, com a minha mãe e a minha avó. Tem um milhão de views. Agora coloca um c*: 30 milhões de views”, afirmou.

“Eu levei nove meses para fazer esse álbum diversificado, todas as músicas diferentes, tudo com conceito diferente, uma história para cada música. Aí vem você e diz, ‘as músicas da Luísa são todas iguais’. Ah, não!”, prosseguiu a cantora em seu desabafo.

“Vocês que criticam são viciados em bunda, amam ver uma bunda, amam criticar uma bunda, tentam diminuir uma pessoa por causa da bunda. Mas é só colocar uma bunda na frente que a galera hipnotiza. (…) Pode lançar um clipe com a mãe e a avó que vocês só vão ver bunda”, seguiu.

“Não vamos focar tanto na bunda que a gente consegue se conhecer melhor. Tenho certeza de que vocês vão gostar de uma música ao menos”, finalizou Sonza.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO

intimidade

Entenda por qual motivo (bizarro) o sexo oral pode matar

Muitas mulheres adoram receber sexo oral do seu parceiro. Mas sim, leu bem… em casos raros a prática pode ser fatal

Publicado em

Há quem não aprecie fazer sexo oral e outras reclamam dos homens que não sabem ou se negam fazê-lo. Porém, o que poucos sabem é que o sexo oral pode ser letal.

Lindsey Doe, médica e sexóloga, explica, no seu canal do YouTube, que o sexo oral pode em casos mais extremos ser perigoso e fatal para as mulheres…

Segundo a especialista, durante a relação, a prática pode resultar na ocorrência de uma embolia.

De acordo com Doe, tudo depende da posição em que é realizado o sexo oral. O ar introduzido na vagina pode não sair e provocar uma embolia gasosa – quando o ar vai para corrente sanguínea e gera bolhas que obstruem os vasos.

Cenário esse que pode matar uma pessoa em cerca de 30 minutos. Há agravantes se a mulher sofrer de patologias cardíacas ou pulmonares. Os principais sintomas incluem dores no peito, falta de ar, tonturas e até desmaio.

Já sabe desfrute… mas com cautela!

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO
error: Conteúdo protegido. LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998
81