Connect with us

Tribunal do Júri

Acusado de tentar matar padrasto é condenado a 7 anos de prisão em Araçatuba

Crime ocorreu em 2011 no bairro Água Branca

Publicado

em



O Tribunal do Júri de Araçatuba condenou, nesta quarta-feira (14,) o réu Edvaldo Crisóstomo da Silva a 7 anos de prisão em regime inicial semiaberto pela tentativa de homicídio a facadas contra o padrasto, em 2011. O crime ocorreu no bairro Água Branca.

O Promotor de Justiça Adelmo Pinho disse que vai recorrer da decisão por achar que a pena foi muito branda. Ele também não concorda com o regime semiaberto.

Para o representante do Ministério Público, o sentenciado deveria responder pelo crime em regime inicial fechado.

Os defensores do réu pediram a absolvição dele e a desclassificação do crime de homicídio tentado para lesão corporal, mas os jurados negaram.

Conforme denúncia do MP, Edvaldo tentou matar o padrasto com três facadas nas costas. Dias antes do crime, o réu passou a suspeitar que a vítima teria estuprado sua amásia e decidiu se vingar.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
Anunciante
Anunciante
Band FM 96.9
error: Conteúdo protegido. LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998