CONECTE CONOSCO

AMÉRICA DO NORTE

Tempestade tropical Barry se transforma em furacão nos EUA

Com ventos a 120 km/h, previsão é que fenômeno cause graves inundações devido às fortes chuvas e à ressaca do mar, segundo o Centro Nacional de Furacões. Segundo o órgão, furacão é de categoria 1, numa escala que vai até 5.

Publicado em



Barry se transformou neste sábado (13) no primeiro furacão da temporada no Atlântico antes de tocar terra na Louisiana, nos Estados Unidos, onde deve causar graves inundações devido às fortes chuvas e à ressaca do mar, informou o Centro Nacional de Furacões (NHC) dos Estados Unidos.

No boletim divulgado às 11h local de Miami (12h, em Brasília), o NHC indicou que a tempestade tropical Barry se tornou um furacão categoria 1 na escala Saffir/Simpson, que tem um máximo de 5, com ventos sustentados de 120 km/h.

O NHC informou que o ciclone estava localizado a 65 km da cidade de Lafayette e a 80 km de Morgan City, onde deve tocar terra nas próximas horas.

Mais de 60 pessoas são afetadas pela falta de energia em Louisiana por causa da tempestade tropical Barry que atinge a regiãio — Foto: Seth HERALD / AFP

O boletim do órgão informa, no entanto, que Barry deve rapidamente enfraquecer abaixo da força de furacão em um período entre 24 e 36 horas, enquanto se desloca para o continente.

Mais cedo, o presidente americano Donald Trump havia decretado estado de emergência no estado.

Barry havia se aproximado da costa de Louisiana nas primeiras horas deste sábado, ainda na condição de tempestade tropical. Àquela altura, o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos emitiu alerta de ventos de até 100 km/h.

De acordo com as empresas responsáveis pelo fornecimento de energia elétrica, mais de 77 mil clientes foram afetados e estão sem energia.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
Fonte:
G1
Anunciante
error: Conteúdo protegido. LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998