CONECTE CONOSCO

Mundo animal

Saiba como manter a saúde e a rotina dos pets no frio

Publicado em



Com o frio vem aquela vontade de ficar encolhidinho, mas com alguns cuidados é possível manter a rotina e a saúde dos pets nesse período.

Animais de estimação também são sensíveis às mudanças de temperatura. Doenças respiratórias são comuns no inverno, época em que cães e gatos acabam bebendo menos água e, com isso, podem desenvolver cálculos urinários. Em dias em que até o tutor hesita em sair de casa, a frequência de passeios e banhos causa dúvida, assim como o uso de roupinhas.

Confira alguns cuidados:

DOENÇAS

Doenças respiratórias são comuns em dias mais secos e frios. A gripe dos cães, conhecida também como tosse dos canis, é altamente contagiosa, transmitida por contato direto entre os animais -lambidas, tosse e secreções. Ela provoca uma inflamação da traqueia e brônquios que tem como principal sintoma a tosse insistente e seca, e se espalha rapidamente entre os cães. Pode ser evitada com vacina anual.

Medidas como suplementação em épocas mais frias e de transição de temperatura são válidas para auxiliar o sistema imunológico, afirma o veterinário Ítalo Cássio Oliveira, do Centro Veterinário Seres, do Grupo Petz. Ele cita a administração de vitamina C, por exemplo, sempre sob recomendação médica.

A veterinária Aline Oliveira, da clínica SPet, parceira da Cobasi, afirma que, no caso dos gatos, a gripe atinge, principalmente, animais que vivem em espaços mais fechados e que tendem a se agrupar mais.Ela lembra que alguns gatinhos podem desenvolver doenças do trato urinário pela menor ingestão de água e sedentarismo ocasionados pelo frio. Isso também pode acontecer com os cães. Raças como shih-tzu, schnauzer e spitz alemão têm predisposição à formação de cálculos urinários.

PASSEIOS

Animais pequenos, de pelo curto ou pouca gordura precisaram de agasalho, mas podem sair para passear. O look pode incluir sapatos, se o pet não ficar incomodado.

Durante a voltinha, o tutor deve respeitar o tempo de permanência em locais muito abertos e observar se o animal apresenta sinais de frio, como tremores ou ficar encolhido. Locais pet friendly, fechados, podem ser alternativas.

BANHOS

A frequência de banhos varia conforme a necessidade de cada animal e pode ser mantida no inverno, se observados alguns cuidados: a água deve ser morna, agradável -banhos frios levam à hipotermias e quentes demais causam ressecamento da pele e coceiras; o local não deve ter corrente de vento; se der banho em casa, seque muito bem o animal com toalha ou secador -e nunca permita que o pet se seque naturalmente em locais abertos.

ROUPINHAS

O uso de roupinhas deve ser avaliado caso a caso -leve em conta porte, pelagem e idade. Segundo o veterinário Jorge Morais, fundador da Animal Place, a roupa não tem apenas função estética, mas ela precisa ser confortável e não incomodar o animal.

Se o pet não tolera a roupinha, vale deixar à disposição um cobertor e uma caminha quentinha. O tecido mais recomendado é o algodão; já lã e tecidos sintéticos devem ser evitados.

FILHOTES E IDOSOS

Filhotes e idosos merecem atenção especial porque podem estar imunologicamente debilitados. Além disso, pela estrutura física, sentem mais os efeitos da baixa temperatura.

Idosinhos, geralmente, têm doenças osteoarticulares e podem sofrer dores mais intensas no frio. Aqueles com doenças cardiovasculares são mais predispostos a pneumonias.

ALIMENTAÇÃO

O pet pode sentir mais apetite em dias frios. Por isso, controle e evite excessos. A rotina alimentar deve ser mantida, com a ração recomendada. A ingestão de alimentos gelados deve ser evitada.

COMO MANTER O BEM-ESTAR DO ANIMAL?

“A melhor dica de bem-estar no tempo frio é o aconchego. Dê bastante colo, deixe seu gatinho ou cãozinho deitarem com você no sofá para ver uma série, abrace! A aproximação corporal é uma forma primitiva e extremamente reconfortante para afastar o frio”, afirma Aline Oliveira.

Confira abaixo mais dicas da veterinária e dos colegas Ítalo Cássio Oliveira e Jorge Morais para manter o pet quentinho, confortável e saudável no inverno:

  • Cães e gatos sentem mais frio. Eles têm a temperatura corporal mais elevada que a nossa, então se você está com frio, seu pet está mais ainda;
  • Evite que o animal durma no chão sem proteção alguma. Mantenha sempre disponíveis caminhas, tocas ou até caixas para que ele se proteja;
  • Para animais que vivem em quintais, confira se a casinha está bem protegida, sem frestas ou aberturas que facilitem a entrada do frio ou de água;
  • Prefira horários mais quentinhos para os passeios, sem garoa ou sereno;
  • Bolsas de água ou gel aquecidas podem ajudar o bichinho a dormir melhor. Basta aquecer e colocar embaixo das cobertas da caminha, casinha ou toca predileta;
  • Mantenha a rotina de alimentação e evite excessos;
  • Aumente a oferta de água em diversos pontos da casa para estimular a ingestão;
  • Se der banho em casa, fique atento à temperatura da água, morna e agradável, e seque muito bem o animal com toalha ou secador. Não deixe que ele se seque sozinho, ao ar livre;
  • Deixe o ambiente com umidade e temperatura adequadas. Aquecedores acabam deixando o ambiente seco e quente. O ideal é associar um aquecedor com capacidade de umidificar o ar ou ter um umidificador separado. Tome cuidado para não deixar o equipamento ao alcance do animal, pois podem ocorrer queimaduras ou choques elétricos;
  • Evitar exposições em locais com muitos animais, pois algumas doenças, como a tosse dos canis, é facilmente transmitida entre eles;
  • Cheque se a vacinação está em dia; e consulte o veterinário sobre a imunização contra gripe e tosse dos canis;
  • Roupinhas e sapatinhos devem ser confortáveis; se o animal não tolera o agasalho, não insista -e ofereça outros formas para que ele se aqueça, como cobertores e caminhas.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
Fonte: Notícias ao Minuto
Anunciante

MÚSICA

Festival Pandemia reúne bandas de rock neste sábado na praça João Pessoa

Publicado em

A banda Tormenta Metal traz em seu repertório o thrash metal com letras em português e tom questionador - Fotos: Divulgação

O Sesc Birigui realiza, neste sábado (20), mais uma edição do Pandemia Rock, festival que reúne bandas que tocam este gênero musical. Será na praça João Pessoa, em Araçatuba, das 18h às 22h.

O grupo araçatubense Pepper Stone, formado por Viviane Nukamoto, Beatriz Freitas e Juliana Romão, vem se destacando no cenário musical por ser a única banda a ter somente mulheres em Araçatuba e região

A primeira banda a se apresentar é a araçatubense Pepper Stone, com clássicos do rock and roll, levando ao público sucessos de Joan Jett, Janis Joplin, Bon Jovi, Led Zeppelin, AC/DC, Metallica, The Camberries, The Police, Creedence e Beatles.

O grupo vem se destacando no cenário musical sendo a única banda a ter somente mulheres em Araçatuba e região.

Já a banda Gagged, que vem ganhando espaço no circuito independente, aposta no estilo hardcore dos anos 1990.  O show traz o lançamento do segundo álbum “Sobre Nós”, com músicas como “Cidade Sem Lugar” e “Teu Olhar”.

A banda Gagged aposta no estilo hardcore dos anos 1990 e traz músicas de seu segundo álbum, “Sobre Nós”

O festival conta ainda com a participação da banda “Tormenta Metal”, que traz em seu repertório thrash metal com letras em português e tom questionador. A banda promete um clima hardcore carregado de energia.

Os shows não são recomendados para menores para menores de 16 anos.

SERVIÇO

Festival Pandemia Rock

Neste sábado (20), às 18h

Praça João Pessoa, Araçatuba

 

 

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO

recuperação

Henrique Fogaça, do Masterchef, sofre acidente e é internado no interior de SP

O artista participava do lançamento de uma moto, em Ribeirão Preto (SP), quando sofreu o acidente

Publicado em

O chef e jurado do Masterchef Henrique Fogaça foi internado às pressas após sofrer um acidente de moto. Em uma foto publicada nesta sexta-feira (19), o carrasco do programa da Band apareceu todo machucado em uma cama de hospital.

“Hoje foi de dia de fraturar algumas costelas, zuar o joelho e a mão #triumphbr”, escreveu o chef na rede social. No Stories, Fogaça ainda mostrou alguns procedimentos realizados pela enfermeira no hospital. “Para hoje, temos algumas costelas fraturadas, a mão, puta que pariu!”, disse.

Horas antes do acidente, Fogaça participou do lançamento de motos da marca Triumph. Segundo Fogaça, ele iria percorrer 60km em asfalto e 40km na estrada de terra. Ainda não há informações de como ocorreu o acidente.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO

Bastidores da TV

Saiba por que Mari Palma decidiu deixar a Globo

Publicado em

Mari Palma anunciou na última quarta-feira (17) que deixou de trabalhar na TV Globo após 11 anos. De acordo com o site Notícias da TV, uma proposta salarial irrecusável do canal CNN Brasil fez a jornalista pedir sua demissão.

O site afirma que Mari Palma teve uma reunião com a cúpula do novo canal de notícias e saiu animada com a proposta feita e também com as possibilidades de atuação sugeridas. Após conversar com a chefia da Globo e sem ouvir uma contraproposta, ela decidiu trocar de emissora.

O Notícias da TV diz que o salário oferecido pela CNN Brasil é o triplo do que Mari Palma ganhava na Globo, onde é considerada uma repórter de pouca experiência.

Phelipe Siani, namorado de Mari, pediu demissão da Globo na última sexta-feira (12) após 15 anos trabalhando na emissora. Ele também deve ser contratado pela CNN Brasil e, segundo informações, já foi sondado pelo canal.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO
89