CONECTE CONOSCO

maus tratos

Pastor é acusado de calúnia e de atirar pedra em vizinho, no bairro Nova York

Publicado em



Um desentendimento entre vizinhos no bairro Nova York, em Araçatuba, virou caso de polícia neste final de semana, depois que um pastor foi acusado de atirar pedra contra um dos vizinhos e de caluniar uma outra vizinha. O motivo foi o sumiço de seis cães da raça shitzu, que segundo a vizinhança, estavam em situação de maus tratos após o fim do casamento do acusado.

A mulher que se diz vítima de calúnia, uma aposentada de 68 anos, disse que os vizinhos tomaram conhecimento de que o pastor se separou da esposa há alguns meses. Depois deste fato, seis cães de pequeno porte da raça shitzu passaram a viver no local em situação de abandono, sendo alimentados com pouca frequência e sem banhos, motivo pelo qual todos já estariam infestados com carrapatos.

O fato foi denunciado para diversas entidades de proteção dos animais. No final de semana os seis cães sumiram da residência. No domingo, o pastor foi até a casa da aposentada e bastante alterado passou a acusá-la de ser a responsável pelo sumiço dos animais. Foi neste momento que ele jogou uma pedra contra um outro vizinho.

A Polícia Militar chegou a ser acionada. A aposentada contou ainda que, na manhã desta segunda-feira, uma mulher foi até sua casa, dizendo ser policial, e afirmando que ela teria de dar um jeito de aparecer com os cachorros do pastor. A aposentada acredita que esta mulher é a atual companheira do acusado.

Devido à calúnia e acusação que sofreu, a aposentada procurou a polícia para registrar um boletim de ocorrência, e tem um prazo de seis meses para fazer uma representação criminal contra o acusado.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
Fonte:
Anunciante

investigação

Casal e criança são mortos com 50 tiros no Paraná

Publicado em

O casal Robson Ferreira, de 31 anos e Daniele Ferreira, de 27, morreram baleados dentro de um carro com cerca de 50 tiros em Ponta Grossa (PR) no último domingo (15).

Segundo o G1, o filho de casal, de seis anos,  chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu a caminho do hospital.

Quatro pessoas – três filhos do casal e uma mulher  que estava na calçada – ficaram feridas. A Polícia Civil acredita que o crime tenha sido encomendado.

Segundo os policiais, Robson estava com tornozeleira eletrônica e cumpria pena por roubo.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO

violência

Jogador de basquete é morto por casal de adolescentes no interior de SP

Publicado em

Um jogador de basquete de 18 anos foi atraído para uma emboscada e agredido com 30 facadas por um casal de adolescentes, no sábado (14), em Piedade, no interior de São Paulo.

A vítima, Samuel Rodrigues de Carvalho Campos, que também teve parte do corpo queimada pelos agressores, morreu na madrugada desta segunda-feira (16), no Hospital Regional de Sorocaba.

O crime brutal chocou os moradores da cidade, onde Samuel integrava uma equipe local de basquete. Segundo a família, o rapaz era sondado por equipes profissionais. A mãe do jovem, Andrea Carvalho Campos, que estava no hospital quando o filho morreu, fez um apelo por justiça.

De acordo com a Polícia Civil, as investigações indicam que Samuel teria saído algumas vezes com uma garota de 17 anos, o que provocou ciúme no namorado dela, de 15, que decidiu se vingar.

Ele convenceu a jovem a atrair o atleta para um parque municipal, onde o rapaz foi surpreendido pelo agressor, que o atingiu com uma faca. Uma das facadas perfurou o pulmão da vítima. O casal, que teria sido ajudado por um terceiro adolescente, ainda ateou fogo ao corpo.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO

gol vinho

Trio armado com facão assalta rapazes na Vila Nova, em Araçatuba

Publicado em

Três homens que ocupavam um veículo Gol, de cor vinho, modelo “bolinha”, são acusados de assalto contra um balconista de 26 anos e um operador de empilhadeira de 27 na madrugada deste sábado na rua América do Sul, bairro Casa Nova, em Araçatuba.

As vítimas caminhavam pelo local quando foram surpreendidos pelos bandidos, que pararam o carro perto deles. Os ocupantes desceram do veículo e um deles estava armado com um facão e anunciou o assalto. Ele pegou a bolsa que estava com o operador de empilhadeira com todos os pertences.

Os bandidos ameaçaram as vítimas de morte e fugiram do local levando um documento de transferência de uma moto do balconista. Do operador de empilhadeira foi levado um cartão bancário, telefone celular, carregador, perfume e os documentos pessoais. As vítimas não conseguiram anotar a placa do carro ocupado pelos bandidos.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO
error: Conteúdo protegido. LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998
81