CONECTE CONOSCO

Não é ela!

Paolla Oliveira é confundida com atriz pornô americana em site de vídeos íntimos

Publicado em



SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A atriz Paolla Oliveira, 37, está sendo confundida com uma atriz pornô americana em vídeo que circula por um site de filmes adultos.

O trecho de dez segundos que mostra uma mulher bastante semelhante a ela tem sido viralizado por redes sociais e por aplicativos de bate-papo. Por isso, a atriz resolveu que vai agir.

De acordo com Ricardo Brajterman, advogado dela que assumiu o caso na manhã desta terça (2), todas as medidas cabíveis serão tomadas para encontrar o autor do upload do vídeo no site.

Segundo ele, após uma pesquisa, ele e sua equipe conseguiram identificar a atriz que aparece nas imagens como uma americana de nome Verônica Radke.

O trecho do vídeo, segundo ele, foi retirado de um filme pornô já existente e mais antigo, de mais de seis minutos.

“A Paolla acordou e ficou sabendo que estava rolando no WhatsApp esse vídeo, onde uma sósia faz sexo explícito. Então alguém associou a ela e publicou inicialmente. Quem conhece a Paolla sabe que não é ela, pois ela tem algumas tatuagens, e a atriz do filme, não”, comenta o advogado.

A própria atriz foi às redes sociais, mostrou várias fotos de pessoas que se parecem com ela e desabafou. “Em dois minutos de pesquisa, qualquer pessoa que teve acesso a isso descobriria. NÃO SOU EU, É OUTRA MULHER”, escreve ela, chateada por alguns veículos de imprensa falarem do vídeo e usarem a palavra “supostamente” para explicar o caso.

“Esse boato que criaram a meu respeito acontece num momento em que a sociedade está mais atenta em combater todo e qualquer tipo de violência contra as mulheres. Seja contra mim ou contra qualquer outra. Então não vou me calar. A cada dia, nós somos vítimas de ataques físicos e virtuais que não podem mais ser tolerados em hipótese alguma.”

A partir de agora, Brajterman explica, ambos vão à Delegacia de Repressão a Crimes de Informática prestar depoimento e abrir um trâmite para a polícia tentar localizar quem jogou isso na internet e associou ao nome de Paolla.

Segundo o advogado, a partir do momento em que esse processo for aberto será pedido ao site de vídeos que passe todas as informações de quem publicou o vídeo para que ajude nas investigações. Só depois disso que eles vão pensar nos próximos passos a serem tomados.

O boletim de ocorrência ainda não foi feito, pois o caso foi descoberto nesta terça (2), e Paolla tem gravado muitas cenas na Globo. Ela interpreta Vivi Guedes, em “A Dona do Pedaço” (Globo). “Vamos adotar todas as medidas necessárias”, finaliza.

Não é a primeira vez que Paolla se vê diante de uma polêmica como essa. Em 2018,  Paolla teve fotos nua vazadas enquanto gravava a série Assédio. Na época, ela se revoltou.

“Sou atriz e estou trabalhando em uma série que se chama Assédio, uma produção da Globo com a O2Filmes. Em um ambiente controlado, fechado e profissional, um criminoso (não há outra palavra que o defina – pois o que foi feito é crime) resolveu fazer fotos clandestinas de um momento mais sensual.”

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
Anunciante

televisão

Record é punida após divulgar dados sigilosos da Globo

As afiliadas da RecordTV decidiram debochar do 'Se Joga' da Globo

Publicado em

Nas últimas semanas a Globo decidiu investir pesado para barrar o crescimento da RecordTV que vem liderando a audiência da faixa vespertina com o ‘Hora da Venenosa’.

A emissora carioca lançou o ‘Se Joga’ para enfrentar a concorrente, acabou patinando no Ibope e foi ironizada pelo canal dos bispos.

Segundo informações do ‘Notícias da TV’, a RecordTV decidiu produzir algumas peças publicitárias debochando da atração da Globo e as afiliadas de Campinas e Brasília comemoram a vitória contra a concorrente.

O problema é que ao descobrir o que estava sendo produzido pela RecordTV, a emissora carioca entrou em contato com o Kantar Ibope Mídia e exigiu uma punição pela divulgação dos dados sigilosos.

De acordo com as regras do Ibope, as emissoras são proibidas de usar os dados enviados diariamente em peças publicitárias. Acatando o pedido, o instituto pediu que o material fosse retirado de todas as plataformas.

O contrato com o Ibope é muito rígido e o descumprimento de qualquer cláusula – como feito pela RecordTV – é passível de multa.

 

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO

E.U.A

MC Gui nega bullying contra criança na Disney: “Brincadeira”

"Não sou um cara de má índole, tenho família, berço e respeito. Não tive intenção de julgar ninguém", disse

Publicado em

MC Gui quebrou o silêncio e gravou um comunicado oficial ao ser acusado de praticar bullying contra uma criança na Disney, nos Estados Unidos, na noite desta segunda-feira (21). Segundo o funkeiro, ele e seus amigos estavam se divertindo com a semelhança entre a menina filmada e a personagem de animação de “Monstros S.A” Boo.

“Eu realmente já fui zoado por alguns amigos e, mano, estão dizendo que eu estava fazendo bullying com a criança, e eu fiquei impressionado. Porque aqui nos Estados Unidos, eu vejo pessoas que são iguais aos personagens que estão nos filmes”, iniciou ele.

Funkeiro rebate críticas: “Internet está muito chata”

Nas imagens postadas em seu stories, mas já deletadas, MC Gui aparece rindo com seus amigos e filmando o tempo todo a pequena. O cantor rebateu as críticas e disse que a “internet está muito chata”.

“E no trem eu postei a menina que estava [parecida] com a personagem da Boo [da animação Monstros S.A], certo? E achei impressionante porque estava muito parecida. Eu dei risada, porque nunca tinha visto aquilo. E a internet está muito chata, eu não fiz bullying com a menina”, acrescentou o artista, criticado assim como Meghan Markle ao ser vítima de fake news.

“Ela até viu que eu estava filmando”, relata cantor

O cantor revelou ainda que ele e a namorada chegaram a conversar com a mãe da menina após suposta brincadeira. “Ela até viu que eu estava filmando, a mãe dela que estava do lado veio falar com a gente. Eu não falo inglês, mas minha namorada fala e a gente acabou que meio fez uma brincadeira. Estou na Disney, estou de férias. Não preciso ficar me explicando, mas essa é a internet que a gente está usando hoje”, finalizou ele.

Gui lamenta repercussão negativa: “Estou triste”

Às lágrimas, o cantor usou seus Stories para pedir mais respeito e fim das críticas feitas por outros famosos nas redes sociais. “Eu postei realmente o que aconteceu. Não sou um cara de má índole, tenho família, berço e respeito. Não tive intenção de julgar ninguém. Artistas e influenciadores poderiam me chamar, dar conselhos, me ajudar, sou ser humano… Posso ter errado, mas me ajuda. Não acho legal distribuir ódio na internet. Não é legal pra quem está recebendo e nem pra pessoa que tá fazendo ou assistindo. Não é legal! Estou triste, num momento ruim, só peço respeito e obrigado. Me redimo se errei de alguma forma, mas só Deus sabe do meu interior”, disse.

Após a repercussão do vídeo, famosos como a funkeira Jojo Todynho postou uma sequência de vídeos em seu stories no qual aparece revoltada com a atitude o cantor.

“MC Gui, não trava comentário, não, sustenta sua gracinha! Eu só vim fazer esse stories aqui porque você bloqueou os comentários, então vim aqui e te marquei. Aprenda a ter respeito pelas pessoas. Eu dava um tapa dentro da tua cara. Ridículo!”, disse.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO
error: Conteúdo protegido. LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998
80