CONECTE CONOSCO

FUTEBOL

Estados Unidos passam por cima da Holanda e conquistam a Copa do Mundo

Com gols de Rapinoe e Lavelle, americanas superam boa marcação inicial, martelam europeias no segundo tempo e ampliam vantagem para Alemanha em títulos mundiais

Publicado em

GETTY IMAGES


A seleção norte-americana provou sua grandeza diante das adversárias. Teve paciência, organização e força para buscar os gols. O primeiro saiu de pênalti marcado pelo VAR e cobrado pela capitã Megan Rapinoe. O segundo entrou no cantinho direito do gol de Van Veenendaal. O apito final marcou também o fechamento da Copa do Mundo 2019. As jogadores dos Estados Unidos, com a bandeira do país enrolada no corpo, choraram e comemoraram como se fosse um título inédito.

O jogo foi truncado. As holandesas entraram para jogar na defesa e esperar pela oportunidade de contra-ataque, que nunca apareceu. As campeãs tiveram 53% de posse de bola e chutaram 17 vezes na meta de uma goleira que defendeu oito das 10 bolas que foram na direção do gol. A Holanda, que disputou pela 2ª vez uma Copa, saiu de cabeça erguida rumo aos próximos desafios.

Jogadores holandeses, como o zagueiro campeão da Liga dos Campeões, Virgil Van Dijk, e até a conta da lenda Johan Cruyff postaram no Twitter mensagens de apoio às mulheres. Memphis Depay, do Lyon, escreveu: “A seleção feminina da Holanda vai fazer história hoje!”

O jogo

Primeiros 10 minutos de partida sem nenhuma finalização. Os Estados Unidos começaram controlando o jogo, valorizando a posse de bola. A tática inicial da Holanda foi estudar a estratégia norte-americana, marcar e contra-atacar quando apareciam espaços.

Vinte minutos de jogo e as goleiras seguiam sem sujar o uniforme. Nenhum chute a gol. A primeira tentativa real de gol saiu depois de cobrança de escanteio norte-americano. A bola sobrou para a volante Ertz, que acertou um voleio de primeira e forçou a goleira holandesa a fazer a defesa.

A muralha laranja mecânica atrás do gol da Van Veenendaal estava sendo projetada dentro de campo. A defesa da Holanda conseguia anular o ataque mais poderoso desta Copa do Mundo. Bloodworth jogou de igual para igual no 1 x 1 contra a Alex Morgan, sem dar espaços.

Aos 37 minutos a bola chorou, mas não entrou! Van Veenendaal precisou defender em dois tempos o chute da Morgan. No lance seguinte, mais um duelo entre a atacante e a goleira. Morgan dominou na entrada da área e acertou forte finalização para outra defesa da goleira holandesa.

2º tempo

A primeira etapa, depois de longos minutos sem chutes a gol, terminou com o total de oito finalizações, sendo sete dos Estados Unidos, quatro delas no gol. A goleira Van Veenendaal estava sendo a melhor jogadora da partida.

O VAR fez sua primeira intervenção quando uma atleta holandesa levantou demais o pé e acabou acertando Alex Morgan dentro da área. A juíza foi chamada pelo árbitro de vídeo e decidiu marcar pênalti a favor das norte-americanas. A capitã, Megan Rapinoe, pediu a bola e converteu a cobrança.

A Holanda não demorou para dar resposta. Três minutos após o gol adversário, a craque Miedema deixou as marcadoras para trás, mas quando entrou na área acabou perdeu para as zagueiras americanas.

O segundo dos Estados Unidos saiu após chute de Lavelle, forte e no canto esquerdo da goleira holandesa. Indefensável.

Mesmo com a derrota, Van Veendenvaal poderia ter sido eleita a craque do jogo — Rapinoe recebeu o prêmio. Em mais uma grande chance dos Estados Unidos, ela estava bem colocada na hora da finalização da lateral Dunn.

Os Estados Unidos ainda tiveram a chance de ampliar o placar, principalmente com a atacante Heath, que perdeu chances reais de matar o jogo.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
Fonte:
Anunciante

flagrante

Homem é preso acusado de abuso sexual durante jogo do Coritiba

Publicado em

Um homem de 39 anos foi preso na noite de terça-feira (16) durante o jogo entre Coritiba x São Bento, no estádio Couto Pereira, na capital paranaense. Ele é acusado de abusar sexualmente de uma adolescente de 17 anos que acompanhava a partida. As informações são do G1.

De acordo com a Polícia Civil, o homem teria tirado o órgão sexual e esfregado na adolescente que, inicialmente, não notou o crime. Outras torcedoras presentes no local alertaram e o acusado foi agredido nas arquibancadas do estádio até a chegada da Polícia Militar.

O registro da ocorrência foi feito pela Delegacia Móvel de Atendimento a Futebol e Eventos (Demafe). O homem foi autuado pelo crime de importunação sexual, com pena estimada de um a cinco anos de prisão. Esse tipo de crime não tem determinação de fiança e fica sob análise da Justiça.

A Polícia Civil ainda declarou que o acusado tem outro registro de abuso sexual, em 2017. Na ocasião, ele também teria esfregado o pênis em uma mulher, na cidade de Colombo (PR).

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO

Impasse

Neymar aceita viajar com PSG à China, mas insiste em saída

Publicado em

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – A conversa de Neymar com o diretor de futebol do Paris Saint-Germain, Leonardo, na reapresentação em Paris na segunda-feira, terminou com a definição de que o brasileiro vai participar da pré-temporada do clube na China.

Segundo apurou a reportagem, o dirigente apenas passou instruções ao jogador em um diálogo definido como rápido nos bastidores do clube. Em contrapartida, ouviu que o desejo do atacante em transferir-se ao Barcelona segue de pé.

Internamente, Neymar foi definido como “pacífico” na reapresentação ao PSG. O comportamento foi encarado como novidade, visto que o brasileiro havia deixado o clube, em maio, com o discurso de que nem sequer voltaria a Paris após o período de férias.

O atraso de uma semana para se reapresentar, com o pedido para ficar de fora da pré-temporada, também eram ameaçadores.

No quadro atual, Neymar aceita jogar pelo PSG nesses jogos de preparação, mas aguarda uma definição de saída até o fim de agosto (quando se fecha a janela europeia de transferências).

Há dois anos, quando deixou o Barcelona, viveu situação parecida: ele jogou pelo clube a pré-temporada nos Estados Unidos, mas se transferiu ao PSG dias depois. O cenário foi considerado desgastante pelo jogador por conta de pressão nos bastidores.

Neymar também ouviu de Leonardo que será multado por conta do atraso e discutiu as dificuldades em um cenário de venda – o atraso na apresentação ao clube foi um dos pontos levantados como dificultador de um negócio futuro. As informações foram divulgadas pelo jornal francês Le Parisien e confirmadas pela reportagem.

O PSG viajou na segunda (15) para a Alemanha, onde joga dois amistosos: contra o Dynamo Dresden, nesta terça (16), e contra o Nuremberg, no sábado.

Neymar não integrou o grupo para essas duas partidas, mas estará na viagem programada para a China no dia 23 de julho. Por lá, realiza amistosos e a final da Supercopa da França, dia 3 de agosto, diante do Rennes. A definição sobre a participação de Neymar nos jogos ficará a cargo do treinador Thomas Tuchel.

Foi o alemão quem definiu, junto com Leonardo, a data de retorno de Neymar. O técnico não aceita as desculpas do jogador de ter combinado a data de retorno com o ex-diretor esportivo, o português Antero Henrique, pelo fato de não ter participado da escolha.

Neymar se desgastou no PSG por conta do comportamento rebelde apresentado no final da temporada passada. Ele criticou abertamente companheiros do time, faltou aos treinos programados para o final da temporada e comunicou aos brasileiros sobre o fim do ciclo em Paris. A ideia era que uma saída não seria complicada.

No planejamento feito por Neymar e seu staff, há a preocupação de não irritar o presidente do PSG, Nasser Al-Khelaifi.

A proximidade do pai do jogador com o dirigente sempre facilitou o trato privilegiado que o brasileiro teve no clube. Em seu entorno, ainda há a esperança de sensibilizar o mandatário para uma transferência, embora ele já tenha se posicionado de maneira dura contra jogadores não comprometidos com o projeto do clube.

Por isso, o entorno do jogador já sinaliza uma mudança de posição, deixando a entender que Neymar não está mais insatisfeito em ficar no PSG. Sobre o retorno de Neymar aos treinamentos do ponto de vista do clube, o PSG não tem posicionamento público. O clube não divulgou bastidores da chegada do brasileiro ou informou sobre o roteiro estabelecido.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO

Amigos

Após demissão da Globo, Mauro Naves surge ao lado de Galvão Bueno em viagem de jatinho

Publicado em

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O jornalista Mauro Naves, 59, parece estar recebendo total apoio dos colegas do esporte da Globo após ter sido demitido da emissora por seu envolvimento nas investigações sobre a denúncia de estupro contra o jogador Neymar.

A mulher de Mauro, a atriz Patrícia Naves, publicou neste domingo (14) em seu perfil no Instagram fotos de uma viagem que o casal fez ao lado do locutor Galvão Bueno e sua mulher, Desiree Soares, com direito a jatinho com vinho a bordo.

Os dois casais foram até a Bellavista Estate, propriedade onde fica a vinícola de Galvão Bueno, a Bueno Wines, na Campanha Gaúcha, em Candiota, no Rio Grande do Sul.

Patrícia Naves, que já fez declarações sobre a grande dor causada na família pela demissão, citou na legenda das fotos trecho da “Canção da América”, eternizada na voz de Milton Nascimento: “amigo é coisa pra se guardar debaixo de sete chaves, dentro do coração”. Colocou ainda diversas hashtags para expressar gratidão.

Há quatro dias, o próprio Mauro Naves postou em seu perfil no Instagram a foto de um almoço com o comentarista Casagrande, a quem chamou de “um amigo que fiz pra durar a vida toda” e com quem divide muitas histórias.

Em uma clara referência à sua demissão da emissora após 31 anos, Mauro afirmou que o encontrou o ajudou a revigorar a alma neste momento.

A Globo anunciou na semana passada a demissão de Mauro Naves da emissora.  O repórter esportivo estava afastado do canal carioca desde 5 de junho. O motivo foi o fato do repórter ter passado o contato do pai de Neymar a José Edgard Bueno, advogado que trabalhava para Najila Trindade.

Ela afirma ter sigo agredida e estuprada pelo jogador do Paris Saint-Germain. Neymar nega, e o caso é investigado pela Polícia Civil.

Segundo a própria emissora, o jornalista disse que se limitou a repassar os contatos do pai do Neymar para o advogado, a quem já conhecia, porque esperava obter a história com exclusividade.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO
87