Oi, o que você está procurando?

TENTATIVA DE LATROCÍNIO

DIG esclarece crime que resultou em GCM baleado em padaria. Dois irmãos estão presos

Acusado de atirar no GCM Diego Oda foi encontrado escondido embaixo de uma cama na casa de um parente

A DIG (Delegacia de Investigações Gerais) esclareceu o crime que resultou em um GCM (Guarda Civil Municipal) baleado no interior de uma padaria na noite desta quinta-feira, na rua Bolívia, em Araçatuba. O caso foi uma tentativa de latrocínio (roubo seguido de morte) e dois irmãos já estão presos. Um dos participantes foi detido no início da manhã por policiais militares e o outro no meio da tarde por policiais da DIG.

De acordo com o delegado Alessander Lopes Dias, da DIG, os irmãos Kaio Batista, 23 anos e Kevin Batista, 25, confessaram participação no crime. Eles afirmaram que foram até a padaria para cometer um assalto, e que o caso não foi um acerto de contas, como se chegou a cogitar devido às imagens de vídeo do sistema de segurança, que gravou parte da ação, mostrando o momento em que Kevin Batista atira contra o guarda Diego Oda, de 33 anos.

Ele, que já tem passagem por assalto, relatou em seu depoimento ao delegado que seu irmão dirigia o carro que o levou até a padaria. No local ele desceu e foi em direção ao caixa. Quando se aproximava, o GCM Diego Oda entrou em sua frente. Neste momento, segundo Kevin, ele se assustou, sacou a arma e atirou contra o guardar por não saber qual seria a reação dele. Em seguida correu para a rua entrou no carro onde seu irmão o esperava e ambos fugiram sem levar nada.

Após o assalto, policiais civis e militares conseguiram identificar o veículo utilizado na ação criminosa e os suspeitos. No início da manhã policiais militares detiveram Kaio Batista em sua casa, na rua Tancredo Neves, bairro Rosele.

Com base nas imagens divulgadas pela imprensa e também pelas redes sociais, chegou a informação anônima à DIG do local onde o acusado de ser o autor dos disparos estaria escondido, apontando para casa de um parente na rua José Cazerta, no Jardim TV. Policiais civis foram até o local cumprir um mandado de busca e localizaram Kevin no imóvel, sozinho, escondido embaixo de uma cama.

Os dois irmãos foram presos em flagrante, confessaram o crime e neste sábado, por volta das 8h, eles deixam a carceragem da Polícia Civil, onde vão passar a noite, passarão pelo IML e em seguida serão apresentados em audiência de custódia no fórum.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
ANUNCIANTE
24