CONECTE CONOSCO

FUTEBOL

Com um a menos no 2º tempo, Brasil vence Peru e conquista sua nona Copa América

Seleção bate peruanos por 3 a 1 no Maracanã e volta a levantar a taça após 12 anos. Gabriel Jesus dá assistência, deixa o seu, é expulso na segunda etapa e sai revoltado

Publicado em

(Photo by Chris Brunskill/Fantasista/Getty Images)


Com casa cheia e menos um na parte final, Brasil conquista a Copa América pela 9ª vez, fazendo o placar de 3 x 1 em cima do Peru. Everton Cebolinha abriu o marcador após cruzamento de Gabriel Jesus. A equipe canarinha sofreu o empate em cobrança de pênalti de Guerrero, mas respondeu logo em seguida com Jesus e fechou o caixão com Richarlison, também de pênalti no final da partida.

A linha defensiva canarinha formada por Alisson, Dani Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Filipe Luis (Alex Sandro), não havia sofrido um gol sequer na competição até encontrar Paolo Guerrero. O atacante peruano anotou seu 3º gol e empatou com Everton e Gabriel Jesus na artilharia.

O jogo

Peru começou ditando o ritmo e tomando as atitudes do jogo. Em 10 minutos, dois chute peruanos e nenhum brasileiro. As marcações chegavam em cima e o Brasil era obrigado a fazer faltas para parar as jogadas adversárias. Assim como o Peru, que também pressiona a Seleção.

Everton Cebolinha assumiu a liderança da artilharia da Copa América e Brasil abriu o placar aos 14 minutos. Um chute, um gol! Jogada trabalha por Dani Alves, que encontrou o camisa 9 em profundidade, Trauco tentou marcar Jesus, mas o atacante rabiscou e cruzou pro atacante do Grêmio fazer o 3º dele na competição.

Brasil seguia ameaçando. Dentro da área, Coutinho recebeu passe de Firmino, chutou de três dedos, mas a bola vai pra lateral da rede do lado de fora. Na mesma moeda, Guerrero ameaçou o gol de Alisson após cobrança de escanteio peruana. A redonda passou por cima da meta.

Outra boa jogada brasileira pela esquerda. Alex Sandro cruzou na cabeça de Firmino, que não conseguiu altura suficiente para colocar a direção certa na bola e acabou mandando ela por cima. O queridinho dos jogadores e amantes do esportes (VAR) fez questão de aparecer para confirmar a penalidade máxima a favor do Peru. Paolo Guerrero, matador, não deu nenhuma chance para o goleiro brasileiro campeão da Liga dos Campeões. Tudo igual no Maracanã e a Seleção sofreu seu primeiro e único gol na Copa América.

Nos acréscimos, mais precisamente aos 47 minutos, Jesus recebeu passe no volante Arthur de frente pro gol e não perdoou. Colocou o Brasil na frente novamente guardando a bola no canto direito de Gallese.

2º tempo

Seleção Brasileira começou a segunda metade da partida com força e objetividade nos ataques. Do momento do lance anterior a diante, não parou de bombardear a meta do goleiro peruano. Coutinho, que ficou para trás na artilharia da Copa América depois dos gols de Everton e Jesus, estava com fome de gol e prendeu muito a bola em alguns momentos.

Brasil perdeu o camisa 9 aos 24 minutos do segundo tempo. Gabriel Jesus já estava amarelado desde o 30º minuto da primeira parte do jogo, fez falta e recebeu o segundo cartão amarelo. O atacante saiu esbravejando e afirmando que a Seleção estava sendo roubada. Nas escadas para o vestiário, chorou copiosamente.

Aos 43 minutos, o árbitro chileno assinalou pênalti em Everton Cebolinha. Richarlison, que entrou no lugar de Firmino pediu a bola, bateu e fez o 3º do Brasil no jogo.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
Fonte:
Anunciante

FUTEBOL

Bruno César vive dia de herói no Vasco

Publicado em

(UOL/FOLHAPRESS) – De contratação badalada para a temporada de 2019 ao quase ostracismo em São Januário, o meia Bruno César viveu um raro dia de felicidade com a camisa do Vasco.

Autor do gol de falta que decretou a virada e a vitória por 2 a 1 contra o Fluminense (ele também participou do gol de Castan), o jogador vive uma espécie de recomeço pelo clube, que cogitou até o fim do relacionamento com o ex-Sporting.

Assim como ocorria com Alberto Valentim, o técnico Vanderlei Luxemburgo também tem optado por iniciar com o jogador no banco de reservas. Contra o Flu, no entanto, deixou o papel de coadjuvante e entrou em campo para ser o ator principal no clássico.

“A gente veio se preparando nesse mês. Foi um gol importante para mim. Para vestir a camisa do Vasco, a gente tem que se doar do começo ao fim. Para vestir essa camisa tem de ser homem”, disse o cruz-maltino ao canal “Premiere”.
Bruno foi preterido por Yan Sasse no jogo de ontem, mas deu sinais de recuperação e ganhou pontos preciosos com o treinador. Em 23 jogos pelo Vasco, marcou seu quarto e mais importante gol.

“É normal para todo jogador. Todo mundo passa uma fase boa, outra ruim. O Vanderlei deu confiança durante a semana e eu vim trabalhando forte. Esse gol foi para o Vasco. Sinto que estava devendo um pouco para a torcida”, acrescentou.

Na saída do estádio, Vanderlei Luxemburgo revelou que fez uma curiosa pergunta ao jogador: “chegou agora no Vasco?”. Feliz com a capacidade de recuperação demonstrada pelo atleta, ele disse que o camisa 10 cumpriu os pré-requisitos mínimos:

“O Bruno César jogou com qualidade e intensidade necessária para o meio-campo”.
O Vasco tem a semana livre até o duelo de sábado ante o Palmeiras, às 17h, no Allianz Parque, pelo Brasileiro.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO

futebol

Ceará derruba a invencibilidade do Palmeiras no Brasileirão

Publicado em

O que parecia impossível no Campeonato Brasileiro aconteceu. O Palmeiras perdeu um jogo pelo Nacional após incríveis 33 rodadas de invencibilidade. O responsável pelo fenômeno foi o Ceará, neste sábado (20), no Estádio Castelão. Com gols de Leandro Carvalho e Mateus Gonçalves, o Vozão bateu o líder da competição por 2 x 0.

A quebra do tabu palmeirense ocorreu com toda justiça. O Ceará se comportou como um verdadeiro mandante e se impôs no confronto.

Mesmo com o técnico Luiz Felipe Scolari surpreendendo e escalando o time titular do Palmeiras, a equipe comandada por Enderson Moreira soube ser superior. Prova disso é que os jogadores do time paulista estiveram um pouco mais nervosos do que o de costume.

O resultado levou o Ceará ao 13º lugar, com 10 pontos. Já o Palmeiras estacionou nos 26 e pode ver o Santos empatar na liderança neste domingo (21/07/2019) — o Alvinegro Praiano encara o Botafogo, às 11h, no Nilton Santos.

O próximo duelo do Palmeiras pelo Campeonato Brasileiro será no sábado (27), a partir das 17h, contra o Vasco, no Allianz Parque. O Ceará entra em campo no mesmo dia, só que fora de casa, diante do Internacional, às 19h.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO

futebol

Sem Neymar, PSG apenas empata contra time da segunda divisão alemã

Publicado em

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – Sem Neymar, o Paris Saint-Germain não se esforçou e consequentemente não venceu em seu segundo amistoso de pré-temporada.

Em ritmo de treino, a equipe francesa apenas empatou com o Nuremberg, da segunda divisão alemã, em 1 a 1, neste sábado (20), no Max-Morlock-Stadion, na própria cidade de Nuremberg, na Alemanha. O gol do PSG foi marcado por Pablo Sarabia, contratado do Sevilla nesta janela de transferências.

O PSG não se mostrou disposto a pressionar o Nuremberg com o mesmo afinco de quatro dias atrás, quando atropelou o Dynamo Dresden, também da segunda divisão alemã, por 6 a 1.

Além de Neymar, que faltou na primeira semana de treinos de pré-temporada do PSG, também vem sendo ausência nos amistosos o uruguaio Cavani, que segue de férias por conta de sua participação na Copa América.

Após acertar duas bolas na trave com Mbappé, o PSG enfim abriu o placar apenas aos 41 minutos do primeiro tempo. O garoto de 20 anos de idade fez linda jogada individual pela esquerda, passou a bola entre as pernas do marcador e cruzou na medida para o recém-contratado Sarabia marcar de cabeça.

No segundo tempo, os franceses adotaram ritmo ainda mais lento, e o goleiro Areola levou dois grandes sustos ainda nos primeiros minutos.

Quando o técnico Thomas Tuchel trocou praticamente todos os seus jogadores, o PSG levou o gol de empate: o zagueiro Diallo tocou a bola com a mão na área e cometeu pênalti. O Nuremberg converteu com batida firme do também defensor Valentini aos 26 minutos, dando números finais ao amistoso.

Com relação a Neymar, cabe lembrar que o atacante se reapresentou com atraso ao PSG, na última segunda-feira (15), e não foi relacionado por Tuchel para os amistosos desta semana na Alemanha.

Por outro lado, apesar de insistir em sair do clube francês, o brasileiro aceitou viajar com a equipe, na próxima terça, à China, onde seguirá a pré-temporada com a delegação azul e vermelha.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO
89