Connect with us

Generosidade

Carpinteiro ‘pobre’ que morreu milionário pagou faculdade de estranhos

Sem descendentes, Dale Schroeder morreu em 2005 com fortuna de milhões

Publicado

em



Um carpinteiro de origens humildes, que levava todos os dias almoço para o trabalho, e que morreu em 2005, era na verdade milionário. Sem mulher e sem filhos, decidiu pagar faculdade a 33 jovens desconhecidos, em um história de grandiosidade que só agora foi revelada.

Dale Schroeder, um norte-americano natural do Iowa, cresceu em uma família com raízes humildes e trabalhou como carpinteiro durante 67 anos, nunca tendo casado ou tido filhos.

Um dos seus amigos mais próximos, Steve Nielsen, descreveu-o como “um trabalhador de colarinho azul, que levava marmita todos os dias”. “Ia trabalhar todos os dias, e trabalhava com afinco”, afirmou, citado pela CBS Des Moines.

O que ninguém sabia é que Schroeder tinha guardado uma fortuna ao longo dos anos. “Quase caí da cadeira”, admitiu Nielsen, quando soube que o amigo tinha quase 3 milhões de dólares no banco. Como não tinha descendentes, antes de morrer discutiu com o seu advogado a forma como queria a sua fortuna distribuída.

“Ele disse: ‘Nunca tive oportunidade de estudar, portanto queria ajudar crianças a irem para a escola’”, relembrou o seu amigo, à mesma publicação. Schroeder conseguiu, então, pagar faculdade completa a 33 jovens.

“Aquilo que pedimos é que as pessoas retribuam de alguma forma. Não podem agradecer ao Dale porque ele já não está aqui, mas podem lembrá-lo e podem imitá-lo”, indicou o seu amigo.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
Fonte:
Notícias ao Minuto
Anunciante
Anunciante
Band FM 96.9
error: Conteúdo protegido. LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998