CONECTE CONOSCO

ESPORTE

Atletismo feminino de Araçatuba é campeão nos Jogos Regionais

Publicado em



A equipe feminina de atletismo de Araçatuba sagrou-se campeã dos Jogos Regionais, competição que segue até este sábado (13), em Andradina. A equipe masculina ficou com o segundo lugar no geral.

Das 23 modalidades de atletismo, Araçatuba foi premiada em 22 delas. As equipes subiram 33 vezes ao pódio para receber medalhas de ouro, prata e bronze.

A atleta Ana Clara Silva conquistou o primeiro lugar nos 200 e 400 metros rasos, ficando em segundo nos 100 metros. Nathalia Rodrigues levou o ouro nos 800 e nos 1.500 metros rasos e o bronze nos 5.000 metros. Já o atleta Leonardo Canete Lopes ficou no topo do pódio nos 110 metros sobre barreiras.

A equipe feminina também fez bonito nas provas de revezamento. Nos 4x100m, as campeãs foram Caroline, Keren, Letícia e Ana Clara. O feito se repetiu nos 4x400m, com o primeiro lugar para Nathalia, Keren, Letícia e Ana Clara.

O atleta Emerson Ruzzão ficou em primeiro no salto com vara, arremesso de peso e lançamento de dardo, conquistando o segundo lugar no lançamento de disco.

No feminino, a atleta Andrea Britto foi campeã no arremesso de peso, lançamento de disco e lançamento de dardo.

Em várias modalidades, a equipe araçatubense conquistou o segundo lugar no pódio. É o caso, por exemplo, do lançamento de martelo, com o vice-campeonato para a atleta Andrea Britto; do heptatlo, com Márcia Procópio; e do decatlo, com Deiviner Adria da Silva, dentre outras. Veja abaixo as conquistas das equipes de atletismo de Araçatuba.

 

Conquistas do atletismo de Araçatuba

100m rasos : Ana Clara da Silva 2º lugar / Keren Gabrielle Santos 3º lugar / Roberto Junio Correia 3º lugar

200m rasos : Ana Clara da Silva 1º lugar / Keren Gabrielle Santos 3º lugar

*400m rasos * : Ana Clara da Silva 1º lugar / Keren Gabrielle Santos 3º lugar

800m rasos : Nathalia Rodrigues 1º lugar

1500m: Nathalia Rodrigues 1º lugar

5000m :Nathalia Rodrigues 3º lugar

10000m : Cristian 3º lugar

*Marcha Atlética * : Ana Maria Cardoso 2º lugar

110m sobre barreiras : Leonardo Canete Lopes 1º lugar

100 m sobre barreiras : Emanuelly Silva 3º lugar

400m sobre barreiras : Leonardo Canete Lopes 3º lugar / Emanuelly Silva 2º lugar

4x100m : Caroline, Keren, Leticia, Ana Clara 1º Lugar

4x400m : Nathalia , Keren, Letícia, Ana Clara 1º lugar

Salto Triplo: Caroline Tito 2º lugar / Leticia Cristine 3º lugar

Salto em altura : Leonardo Canete Lopes 3º lugar

Salto com Vara : Emerson Ruzzão 1º lugar

Arremesso de Peso : Emerson Ruzzão 1º lugar / Bruno Cruz 3º lugar / Andrea Britto 1º lugar

Lançamento de Disco : Emerson Ruzzão 2º lugar / Andrea Britto 1º lugar

Lançamento de Dardo : Emerson Ruzzão 1º lugar / Andrea Britto 1º lugar / Ana Maria Cardoso 3º lugar

Lançamento Martelo : Andrea Britto 2º lugar

Heptatlo : Márcia Procopio 2º lugar

Decatlo : Deiviner Adria da Silva 2º lugar

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
Fonte:
Anunciante

FUTEBOL

São Paulo tem acordo amarrado e descarta risco de perder Volpi

Publicado em

(UOL/FOLHAPRESS) – O São Paulo está satisfeito com Tiago Volpi até o momento e vê a torcida já se movimentar pedindo a permanência do goleiro após o fim desta temporada. Em dezembro, o empréstimo do Querétaro, do México, termina, assim como o prazo para o clube tricolor exercer a opção de compra pelo arqueiro. E a diretoria se mostra confiante de que, caso opte por investir em no atleta, conseguirá segurá-lo sem maiores problemas.

Como o UOL Esporte contou em abril, o preço fixado para o São Paulo comprar Volpi do Querétaro é de 5 milhões de dólares (na cotação atual, R$ 18,7 milhões). Para evitar que o fluxo de caixa impedisse a compra dentro do prazo, com esse valor reduzido, o clube do Morumbi já acertou com os mexicanos que o pagamento da eventual compra seria parcelado.

Sem isso, haveria o risco de um pedido de pagamento à vista diante da valorização do goleiro, o que poderia tornar o negócio inviável caso o São Paulo não pudesse reunir uma quantia alta de uma vez.

Outra forma de tornar o cenário mais seguro foi deixar tudo amarrado com Volpi para um contrato definitivo. Ou seja, o goleiro já sabe quanto vai ganhar, os bônus que pode receber e os outros direitos que passaria a ter após ser comprado pelos são-paulinos. Isso tudo sem precisar romper o vínculo trabalhista atual para a confecção de um novo acordo.

Seria uma continuação do contrato atual, o que deixa o São Paulo seguro juridicamente para manter Volpi. Essa estratégia cautelosa foi importante ainda no momento do empréstimo, quando outros clubes buscavam o arqueiro – o Flamengo era um deles. O atleta sentiu confiança no projeto oferecido e decidiu aceitar o plano a longo prazo.

O goleiro se tornou líder no elenco, tanto pela postura fora de campo como pela melhora nos momentos mais difíceis da temporada. Seu crescimento começou justamente após a queda na Copa Libertadores da América, teve um pico com a semifinal do Campeonato Paulista contra o Palmeiras e se manteve em alta no Campeonato Brasileiro.

No último sábado, ficou em evidência por um lance atrapalhado que resultou no empate do Palmeiras no Morumbi, mas chamou a responsabilidade. Após dar um susto na comissão técnica devido a dores na coxa direita, deve estar pronto para enfrentar a Chapecoense às 20h de segunda-feira, no Morumbi.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO

FUTEBOL

Real Madruga estreia na Liga Paulista de Futsal

Publicado em

De olho no Campeonato Paulista que se realizará ainda neste segundo semestre, o Real Madruga Araçatuba estreia na Liga Paulista de Futsal. A competição possui 12 equipes dividias em 4 grupos. O Real Madruga está no grupo B junto com Assis e Marília, adversário desta sexta-feira as 20h, dentro de casa no ginásio de esportes da Emeb Henny Ferraz Homem, no Bairro Ipanema.

A equipe vem reforçada pelo pivô Piter que voltou a equipe após passar por Carlos Barbosa e outras equipes do Sul do País. Do resto, o time é o mesmo que disputou o Paulista no primeiro semestre.

Apesar de já ter estado no elenco, a expectativa do técnico Leandro Luz é poder contar ainda com o pivô Japa que não atuou no Paulista devido a problemas particulares. A reunião para o campeonato paulista será no dia 30 na sede da Federação Paulista.

A equipe tem treinado em dois períodos, fato que não acontece costumeiramente em razão de ainda alguns atletas cursarem faculdade. As férias colaboram com o time que treina todos os dias em dois períodos.

A entrada é franca nesta sexta e todos estão convidados. O Madruga tem o patrocínio Master da Samar e o apoio da Santa Casa Saúde.

A partida será transmitida ao vivo pela página da equipe no facebook.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO

medalha

Brasileira conquista primeiro título do país no Mundial de esgrima

Publicado em

Flávio Florido/Exemplus/COB

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Pela primeira vez na história, o Brasil tem uma atleta medalhista no Campeonato Mundial de Esgrima, e a estreia no pódio veio no lugar mais alto dele.

Nesta quinta (18), Nathalie Moellhausen, 33, venceu a chinesa Sheng Li na decisão da competição individual de espada do Mundial, realizado em Budapeste, na Hungria.

O resultado surpeendeu, já que a brasileira é a 22º colocado do ranking na sua especialidade.

Nascida em Milão, a esgrimista tem cidadania brasileira por causa de sua família materna. Ela é filha da estilista ítalo-brasileira Valeria Ferlini. O sobrenome de origem alemã é da família do pai.

Nathalie competiu a maior parte da sua carreira representando o país europeu, uma das maiores potências da modalidade.

Pela Itália, a atleta conquistou três medalhas em campeonatos mundiais: duas por equipes (ouro em 2009 e bronze em 2011) e uma no individual (bronze em 2010).

Após a Olimpíada de Londres, ela não teve mais espaço na equipe italiana e decidiu paralisar a carreira no esporte para se dedicar a outras. Estudou filosofia na Universidade Sorbonne, foi modelo, produtora de eventos e diretora de arte.

Em 2010, ela já havia criado um espetáculo de dança coreografada com esgrima para a cerimônia de abertura do Mundial de Paris. Depois, produziu o primeiro calendário fotográfico mundial com atletas da modalidade.

Em novembro de 2013, fez a direção de arte da festa dos cem anos da Federação Internacional de Esgrima.
Nathalie voltou a competir em 2014, após receber um convite para representar o Brasil, país que ela estava acostumada a visitar para ver a avó quando era criança.

“Sempre tive o sonho de me aproximar ao Brasil. A oportunidade dos Jogos Olímpicos do Rio me pareceu o momento certo para dar esse passo”, afirmou Nathalie à Folha de S.Paulo na ocasião.

Pelo país, Moellhausen foi medalhista de bronze nos Jogos Pan-Americanos de Toronto-2015 e chegou até as quartas de final na Olimpíada do Rio-2016, o melhor resultado do país na história do evento ao lado do obtido por Guilherme Toldo, no florete, também nos Jogos do Rio.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO
89