Connect with us

covardia

Ajudante agride a ex batendo a cabeça dela contra um muro

Publicado

em



Um ajudante de 37 anos foi denunciado à polícia nesta sexta-feira após uma sessão de agressões contra sua ex-namorada, em Araçatuba. Os motivos foram o fato dele não aceitar o fim do relacionamento e também por ter visto seu amigo cumprimentando-a e pegando em sua mão.

A vítima, uma dona de casa de 34 anos, contou que começou a namorar o acusado há um ano, e que no final do ano passado foi agredida por ele. De acordo com a vítima, as agressões passaram a ser constantes e ela decidiu dar um fim ao relacionamento, No entanto, o ajudante não aceitou e passou a fazer ameaças.

Há um mês a mulher rompeu o relacionamento. Nesta quinta-feira a noite o acusado foi até a casa da vítima e os dois discutiram. O ajudante disse que se a mulher não ficasse com ele não ficaria com mais ninguém, porque ela iria para o cemitério e ele para a cadeia.

Nesta sexta-feira, quando retornava de um bar, a mulher encontrou o acusado na rua, que estava acompanhado de um amigo, que a cumprimentou pegando em sua mão. O ex ficou com ciúmes, xingou a mulher e o amigo, que deixou o local.
Em seguida ela foi agredida com um soco na boca. Depois o acusado a segurou pelos cabelos e começou a bater a cabeça da vítima contra um muro, e a levou para a casa dela, sendo que durante todo o trajeto a agrediu.

A vítima disse ainda que o acusado afirmava a todo momento que se ela avisasse a polícia ele iria matar ela e seus familiares. Ao chegar em casa ela conseguiu se desvencilhar do acusado, entrou e chamou a Polícia. O ajudante fugiu.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
Anunciante
error: Conteúdo protegido. LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998
77