CONECTE CONOSCO

calote

Síndico de ranchos é agredido com marreta após cortar água de inadimplente em Araçatuba

Publicado em



Um funcionário público de 72 anos, que é sindico de um condomínio de ranchos localizado no final da estrada vicinal Jocelim Gottardi, em Araçatuba, foi agredido com dois golpes de marreta no tórax após um desentendimento com um casal, motivado pelo corte no fornecimento de água no racho dos acusados, devido à inadimplência.

De acordo com a Polícia, o sindico informou que, seguindo regulamento do condomínio, determinou que funcionários fizessem o corte de água do rancho do casal, um comerciante e a esposa dele, porque sempre há problemas no pagamento das taxas mensais.

No entanto, no sábado, funcionários perceberam que havia muito vazamento de água próximo ao cavalete. Também notaram que, apesar da água ter sido cortada, o comerciante estava enchendo a piscina e aguando as plantas. Eles foram até o local para informar que precisaria fazer uma manutenção no local devido ao vazamento, e que iriam precisar quebrar a calçada.

Também informaram que o fornecimento de água havia sido cortado. O comerciante ficou irritado, disse que estava com os pagamentos em dia. O casal tentou impedir a saída dos dois funcionários da frente do rancho, pedindo a presença do síndico no local e reclamando da calçada quebrada.

Quando o síndico foi ao rancho dos acusados, passou a ser xingado pela proprietária, que muito nervosa, pegou uma marreta e partiu para cima dele atingido dois golpes na região do tórax, mas que não chegaram a causar lesões. O síndico procurou a polícia para registrar o boletim de ocorrência.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
Anunciante

flagrante

TOR prende mulher com 2 quilos de haxixe em ônibus na Rondon, em Araçatuba

Publicado em

Uma mulher de 21 anos foi presa por tráfico de drogas após ser flagrada com cerca de dois quilos de haxixe em uma fiscalização do TOR (Tático Ostensivo Rodoviário) na rodovia Marechal Rondon (SP-300), em Araçatuba. A acusada estava em um ônibus proveniente do Mato Grosso do Sul.

Durante a blitz, no final da tarde deste domingo (20), os patrulheiros acharam cinco tabletes da droga na bagagem da passageira, identificada pelas iniciais L.C.O.R., moradora de Cariacica (ES).

A mulher alegou aos policiais que pegou a droga na cidade de Coronel Sapucaia (MS) e que levaria o carregamento para Governador Valadares (MG), onde receberia R$ 3 mil pelo transporte.

L.C. foi autuada em flagrante no plantão policial de Araçatuba na noite deste domingo. Ela será apresentada em audiência de custódia hoje (21). Se condenada pelo crime, poderá pegar de 5 a 15 anos de prisão.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO

violência

Marido mata a mulher a tiros em Rio Preto

Publicado em

Uma mulher de 31 anos foi morta pelo marido com um tiro na noite deste domingo (20), em Rio Preto. Segundo informações preliminares, o disparo teria acertado a cabeça da vítima. As informações são do jornal Diário da Região.

As polícias Civil e Militar compareceram ao local do crime, um bar que pertencia ao casal, localizado na rua Guaporé, bairro Anchieta. A perícia também foi acionada.

O corpo de Sayara Maria será encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Rio Preto. Só depois de passar pelo exame necroscópico é que será liberado para o velório e enterro.

Testemunhas relatam que a filha do casal, uma criança, presenciou a cena. A menina pegou o cachorro de estimação no colo e correu, chorando e pedindo socorro.

A ocorrência está em andamento e será apresentada na Central de Flagrantes. Até o momento, não há informações sobre o autor do crime, que teria se entregado à polícia.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO
error: Conteúdo protegido. LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998
78