CONECTE CONOSCO

COMISSÃO

Previdência: parecer deve começar a ser discutido hoje na Câmara

A Comissão Especial começou nesta terça-feira (18), às 9h

Publicado em

© Reuters


A Comissão Especial da reforma da Previdência da Câmara dos Deputados começou a debater o parecer do deputado Samuel Moreira (PSDB-RJ) nesta terça-feira (18), as 9h. Segundo o presidente do colegiado, deputado Marcelo Ramos (PL-AM), a oposição já concordou em não obstruir a fase de debates.

Pelo acordo alinhado com líderes de partidos da oposição, para que não haja obstrução na fase de discussão, todos os deputados, membros ou não do colegiado, poderão se inscrever para falar nessa fase e terão a fala garantida, desde que estejam presentes no momento em que forem chamados a se manifestar.

O acordo garante ainda que não haverá data preestabelecida para o fim da discussão da matéria na comissão especial.

Cada parlamentar membro da comissão tem até 15 minutos para discursar sobre o tema. Os deputados que não integram a comissão dispõem de 10 minutos. Até a noite dessa segunda-feira (17), 143 congressistas já estavam inscritos para debater a proposta. Os deputados têm até o início da primeira fala na comissão para se inscrever.

Apesar do número de deputados para debater a proposta, a expectativa do presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), é que o parecer seja votado pela comissão até o próximo dia 26. Maia pretende incluir o texto da pauta de votação do plenário antes do recesso parlamentar, que começa em 18 de julho.

Por se tratar de uma proposta de emenda à Constituição (PEC), o texto precisa ser aprovado por três quintos dos deputados, o correspondente a 308 votos favoráveis, em dois turnos de votação.

Ao ser aprovado pelos deputados, o texto segue para apreciação do Senado, onde também deve ser apreciado em dois turnos e depende da aprovação de pelo menos 49 senadores.

Após a leitura do parecer, o relator da reforma da Previdência na comissão especial, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), afirmou que a perspectiva agora é buscar o entendimento dos parlamentares a respeito da reinclusão de estados e municípios no texto da PEC 6/2019.

O dispositivo foi retirado do texto, apesar do apelo de governadores para que as regras de aposentadoria de servidores estaduais e municipais fossem mantidas.

“A grande questão nossa agora é continuar um trabalho para verificar como estados e municípios vão ser introduzidos nessa reforma”, afirmou Moreira.

Ele espera reunir o apoio necessário para que o dispositivo volte ao texto da PEC, o que pode acontecer por meio de um voto complementar ao relatório, no dia da votação do parecer ainda na comissão.

Com informações da Agência Brasil

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
Fonte:
Notícias ao Minuto
Anunciante

Paraná

Caminhonete com mais de 30 pessoas cai em ribanceira; 5 morrem

Publicado em

Uma caminhonete com cerca de 31 pessoas caiu em uma ribanceira de aproximadamente 80 metros às margens da PR-092, entre Cerro Azul e Doutor Ulysses, na Região Metropolitana de Curitiba, no fim da tarde deste domingo (13), de acordo com a Polícia Rodoviária Estadual (PRE).

Cinco pessoas morreram e 26 ficaram feridas, sendo 10 em estado grave, conforme informação da PRE divulgada às 22h deste domingo. Quatro vítimas morreram no local e uma no hospital. Entre elas, segundo a polícia, estão o motorista e um pastor.

De acordo com a polícia, o trecho da rodovia onde aconteceu o acidente, na altura do km 124, não tem asfalto – e é de difícil acesso. Conforme a PRE, o grupo de pessoas de Cerro Azul retornava de um culto evangélico, em Doutor Ulysses.

A polícia informou que a forma como as pessoas estavam sendo transportadas, na carroceria de uma caminhonete, é irregular.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO

RIO DE JANEIRO

Família morta em acidente na Dutra ia mostrar filha de 29 dias a parentes

Colisão na Rodovia Presidente Dutra deixou cinco pessoas da mesma família mortas. Motorista de carreta que invadiu a pista também morreu

Publicado em

Um acidente neste sábado (12/10/2019) na Rodovia Presidente Dutra (RJ), na altura de Resende, resultou na morte de cinco pessoas da mesma família, incluindo uma bebê de apenas 29 dias. Simone da Silva Vilhaça Dias, 37 anos, e Felipe Dias da Silva, 32 anos, estavam em viagem para apresentar a filha recém-nascida a parentes. No momento da colisão, os três faziam um passeio com a mãe de Felipe, Rosilane Dias Cornelio Meier, e o marido dela, o suíço Max Meier.

O carro da família foi atingido por uma carreta que invadiu a pista contrária. Anderson Marcelo, condutor do carro fora de controle, também morreu. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, ele teve uma amostra de sangue recolhida para verificar se dirigia sob influência de álcool.

Simone e Felipe moravam na cidade do Rio de Janeiro e estavam em sua primeira viagem após o nascimento da filha. Publicações das redes sociais da mulher sugerem uma família feliz. “Alice veio para alegrar ainda mais a nossa família, com uma saúde perfeita”, escreveu no Facebook.

Filha de motorista pede empatia
Após o acidente, a fillha de Anderson defendeu o pai e pediu respeito à dor da família. “Meu pai tem 3 filhos, tem uma família, eu sinto muito pela família das outras pessoas e eu só queria que o resto tivesse um pouco de empatia, porque meu pai também é vítima”, disse.

O acidente foi registrado às 13h40, na altura do quilômetro 293, e chegou a provocar 7,5 quilômetros de congestionamento.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO
error: Conteúdo protegido. LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998
82