CONECTE CONOSCO

FLAGRAS

Presídios têm flagras de celular em genitália e drogas no marmitex durante final de semana

Entre o que é permitido levar para os sentenciados, alimentos foram usados para ocultar ilícitos

Publicado em

Drogas no meio do arroz encontrada com visita na penitenciária de Mirandópolis


Nos dias 22 e 23 de junho, estabelecimentos prisionais subordinados a Coordenadoria de Unidades Prisionais da Região Oeste do Estado (Croeste) registraram tentativas frustradas de inserção de objetos ilícitos nos presídios e que foram barrados durante os procedimentos de revista.

Os visitantes flagrados são excluídos do rol de visitas e levados à Delegacia de Polícia Civil mais próxima, sem prejuízo de responderem na esfera criminal. Também é instaurado Procedimento Disciplinar para apurar a cumplicidade dos presos que receberiam os materiais podendo, ainda, ser instaurados Procedimentos de Apuração Preliminar para apurar supostas responsabilidades funcionais.

SÁBADO (22/06/19)
PENITENCIÁRIA “SILVIO YOSHIHIKO HINOHARA” DE PRESIDENTE BERNARDES
Durante o procedimento de revista no scanner corporal, três visitantes foram flagradas, cada uma, com um aparelho de telefonia celular escondido em suas genitálias. As visitantes em questão foram conduzidas à Delegacia de Polícia local, onde foram lavrados os respectivos Boletins de Ocorrência e suspensas do rol de visitas. Foram instaurados Procedimentos Disciplinares para apurar a cumplicidade dos sentenciados que receberiam os celulares.

PENITENCIÁRIA “NESTOR CANOA” DE MIRANDÓPOLIS (PI)
Por volta das 10h20, durante a realização de revista nos alimentos destinados aos reclusos foram apreendidos 1.020 (mil e vinte) pequenos invólucros de cor preta misturados em meio a arroz e feijão preto, em vasilha plástica pertencente a uma visitante. Após a abertura dos invólucros, constatou-se que se tratava de maconha. Na ocasião, a visitante assumiu a autoria do fato e disse ter ciência do conteúdo do recipiente, sendo então suspensa do rol de visitas e encaminhada à delegacia de polícia local para que as providências legais pudessem ser tomadas.

DOMINGO (23/06/19)
PENITENCIÁRIA “PAULO GUIMARÃES” DE LAVÍNIA (PIII)
O pai de um sentenciado foi surpreendido tentando ingressar no ambiente carcerário com 02 (dois) aparelhos celulares camuflados na vasilha de alimentação, sendo descoberto pelas imagens geradas após passar pelo aparelho de Raios X. As providências administrativas pertinentes ao caso foram adotadas, o homem foi suspenso do rol de visitas e o sentenciado, por sua vez, isolado preventivamente em cela disciplinar.

PENITENCIÁRIA DE FLORÍNEA
Dentro de um pote de margarina trazido pelo pai ao filho sentenciado, Agentes de Segurança Penitenciária encontraram um fundo falso que escondia substância esverdeada semelhante ao entorpecente maconha. Levado em sala reservada, o homem confessou que portava mais entorpecentes na cueca e ao entregar aos funcionários, verificaram se tratar de substância esbranquiçada aparentando cocaína e 20 (vinte) comprimidos de suposto estimulante sexual. O homem foi suspenso do rol de visitas e encaminhado a autoridades policias para as providências de praxe.

PENITENCIÁRIA DE VALPARAÍSO
Dentro de 15 (quinze) pacotes de fumo de Arapiraca uma visitante de sentenciado havia escondido substância esverdeada com características do entorpecente maconha. O caso foi descoberto no momento que a mulher tentava ingressar na unidade prisional passando pelos procedimentos de revista. O material foi apreendido, a companheira do sentenciado suspensa do rol de visitas e tomadas as devidas providências administrativas e policiais.

CENTRO DE DETENÇÃO PENITENCIÁRIA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Durante a passagem de uma visitante pelo scanner corporal, a imagem gerada pelo aparelho apresentou um volume estranho na região da genital da pessoa revistada. Ao ser questionada sobre o que havia naquela área do corpo, a mesma confessou que trazia 01 (um) mini celular, retirando de si o aparelho e entregando às funcionárias. Em seguida, foi conduzida ao Plantão Policial onde foi registrado Termo Circunstanciado. Diante do fato, foi determinada instauração de Procedimento Interno Disciplinar em desfavor do detento. Já a mulher flagrada foi suspensa do rol de visitas por 02 (dois) anos, de acordo com o Artigo 135 inciso I da Resolução SAP 196 de 11/11/2015, que alterou a Resolução 144 de 29/06/2010.

PENITENCIÁRIA “LUIZ APARECIDO FERNANDES” DE LAVÍNIA (PII)
A companheira de um sentenciado tentou ingressar na unidade prisional com bifes recheados para serem entregues ao homem. Porém, ao passar pelos procedimentos de revista, servidores da SAP encontraram no meio dos alimentos 02 (duas) placas de aparelho celular, sendo a mulher suspensa do rol de visitas e levada perante a autoridade policial para as providências da Polícia Judiciária. Enquanto isso, o sentenciado foi isolado preventivamente para responder a Procedimento Disciplinar.

PENITENCIÁRIA “VEREADOR FREDERICO GEOMETTI” DE LAVÍNIA (PI)
Duas mulheres foram impedidas de entrar na unidade prisional quando tentavam visitar os respectivos companheiros que cumprem pena no local. Uma delas foi flagrada ao passar pelo scanner corporal, que identificou um invólucro inserido na genitália da mulher o qual, após aberto, revelou substância amarelada em seu interior de característica semelhante à cocaína. A outra visitante foi flagrada com o entorpecente maconha escondido dentro de uma vasilha plástica contendo panquecas. Em ambos os casos, a Polícia Militar foi acionada e conduziu as apreendidas para elaboração de Boletim de Ocorrência, além de ser suspensas do rol de visitas. Os sentenciados envolvidos foram encaminhados ao Pavilhão Disciplinar.

PENITENCIÁRIA DE PRACINHA
Durante pré-revista para entrada no presídio, servidores perceberam um volume com odor de maconha no forro da calcinha de uma visitante, vindo ela a confessar o fato. A mulher foi suspensa do rol de visitas e conduzida à delegacia da cidade para providências de cunho policial. Simultaneamente todas as providências administrativas foram tomadas.

SEGUNDA – FEIRA (24/06/19)
PENITENCIÁRIA “JOÃO AUGUSTINHO PANUCCI” DE MARABÁ PAULISTA
Ao revistar uma caixa enviada pela companheira de um sentenciado via SEDEX, servidores descobriram que dentro de 04 (quatro) pacotes de tabaco havia, na verdade, substância semelhante à maconha. A visitante foi suspensa do rol de visitas e o sentenciado encaminhado ao Pavilhão Disciplinar para as devidas providências.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
Fonte:
Anunciante

CRIME

Policiais da DIG prendem acusado de atirar em guarda municipal

Publicado em

Policiais da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) acabam de prender o acusado de ter atirado contra o guarda municipal Diego Oda, 33 anos, na noite desta quinta-feira (18), em uma padaria na rua Bolívia, no bairro Planalto.

O homem, um desempregado de 25 anos, foi preso na casa de familiares, na rua José Cazerta, 961, no Jardim TV, onde estava escondido. Ele estava sozinho na residência e tentou se esconder embaixo da cama.

O rapaz seria o autor dos disparos contra o guarda municipal. Ele foi levado à DIG, onde vai prestar depoimento, e poderá ter a prisão em flagrante decretada.

Segundo a polícia, ele e seu irmão foram à padaria para praticar um assalto. O boletim de ocorrência foi registrado como tentativa de latrocínio (roubo seguido de morte).

O outro suspeito de participação no crime foi preso na manhã desta sexta-feira, na rua Tancredo Neves, bairro Rosele. O rapaz, irmão do autor dos disparos, atuou como “cavalo”, termo usado para pessoas que dão carona e acabam sendo cúmplices do crime. Ele prestou depoimento na manhã desta sexta e permanece detido.

CÂMERAS

Câmeras de segurança flagraram o momento em que o atirador entra na padaria e vai em direção ao caixa. O guarda municipal aparece na imagem e o criminoso aponta um revólver para ele, efetuando dois disparos e fugindo em seguida.

O guarda municipal Diego Oda está internado na Unidade de Terapia Intensiva da Santa Casa de Araçatuba. Seu quadro é estável. Nesta tarde, ele passaria por uma neurocirurgia para tratar de uma lesão nas costas, provocada por um dos disparos.

 

 

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO

violência

Depois de estuprada e asfixiada por vizinho, criança tem convulsão e morre

Publicado em

Imagem Ilustrativa

Uma menina de apenas oito anos morreu na tarde dessa quinta-feira (18) depois de ser estuprada e asfixiada por um vizinho de 20 anos. O caso aconteceu no Bairro São José, em Sorriso (400 km de Cuiabá). As informações são do jornal O Livre.

Conforme o boletim de ocorrência registrado pelo pai da vítima, que é separado da mãe, com quem a menina mora, a criança sofreu uma convulsão na tarde dessa quinta-feira e foi levada pelos pais às pressas para o Hospital Regional de Sorriso.

Ela chegou ao hospital enrolada em um cobertor, “fria, com cianose central, resíduos de sangue nos lábios, hiperemia de conjuntivas, não havia restos alimentares em vias aéreas na hora da intubação e com rigidez de articulações”, diz trecho do boletim.

Na unidade hospitalar, os médicos fizeram manobras de ressuscitação por 45 minutos, sem nenhum indício de resposta, e a menina acabou morrendo.

O médico responsável pelo atendimento pediu que fosse feita a necropsia para ser descoberta a causa da morte.

Por volta das 23h30 dessa quinta-feira (18), o médico legista entrou em contato com o delegado informando que a menina apresentava sinais de abuso sexual e indícios de morte violenta.

Investigadores da Polícia Judiciária Civil de Sorriso, então, foram até o bairro da família e começaram a ouvir familiares e vizinhos, encontrando contradições nas declarações de alguns jovens, vizinhos da frente da casa da vítima.

Entre as contradições, um jovem de 20 anos disse que tinha ido dormir por volta das 20 horas da quarta-feira (17) e não tinha mais saído de casa. Um amigo que divide o quarto com ele, porém, afirmou que os dois tinham ficado bebendo catuaba durante a noite e, por volta de 1 hora da madrugada, o jovem de 20 anos havia saído de casa e retornado quase às 2 horas.

Todos os jovens e adolescentes moradores da casa foram levados para a delegacia, onde foram questionados pela Polícia Civil. O jovem de 20 anos, então, resolveu confessar o crime.

Ele afirmou que durante a madrugada dessa quinta-feira (18), após consumir bebidas alcoólicas e drogas, aproveitou que a vizinha de oito anos estava sozinha, foi até a casa dela e, enquanto ela dormia, a asfixiou e abusou sexualmente dela.

Conforme o boletim de ocorrência, durante o ato o rapaz percebeu que a menina não respirava mais. Então a vestiu novamente e fugiu para a casa dele.

Diante da confissão, o suspeito foi preso em flagrante, interrogado e será indiciado por estupro de vulnerável e homicídio doloso, quando há intenção de matar.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO

COVARDIA

Reciclador é preso após descumprir medida protetiva e agredir companheira

Publicado em

Imagem ilustrativa

Um reciclador de 61 anos foi preso em flagrante, na noite de quinta-feira (18), acusado de agredir a companheira, de 45, em Barbosa. Ele descumpriu medida protetiva e invadiu a residência da vítima, na rua Servidor Jesuíno Abílio Soares, no bairro Morada do Sol. O acusado tentou se esconder debaixo da cama da mulher antes da chegada da Polícia Militar.

A vítima, uma lavradora, contou que estava no imóvel cortando um frango na cozinha quando, por volta das 20h, o acusado invadiu o local. Alterado, ele passou a agredi-la, dando uma cabeçada nela, causando ferimento na boca, além de tomar a faca que ela usava para preparar a comida.

A mulher chamou a Polícia Militar, que foi ao local. Ela informou que possui medida protetiva contra o ex-companheiro e que ele, antes da chegada da equipe, havia se escondido debaixo da cama. Os PMs foram até o cômodo e encontraram o acusado, que recebeu voz de prisão em flagrante.

Levado ao plantão policial de Penápolis, o reciclador prestou depoimento e foi encaminhado para a cadeia local, onde responderá processo por lesão corporal e descumprimento de medida protetiva de urgência. A vítima passou por atendimento médico no pronto-socorro de Barbosa.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO
89