CONECTE CONOSCO

Evento

Parada LGBT de 2019 movimentou R$ 403 milhões em SP, diz prefeitura

Valor é 40% maior do que o apontado na edição de 2018 do evento, R$ 288 milhões.

Publicado em

Nacho Doce / Reuters


A Prefeitura de São Paulo afirmou nesta sexta-feira (28) que a 23ª edição da Parada LGBT movimentou R$ 403 milhões na economia da cidade. O evento aconteceu no último domingo (23) e reuniu 3 milhões de pessoas na Avenida Paulista, segundo os organizadores.

O valor é 40% maior do que os R$ 288 milhões de movimentação econômica registrados pela prefeitura na edição de 2018 do evento.

Segundo levantamento feito pela Secretaria Municipal de Turismo, a Parada de 2019 também registrou aumento de 78% no número de visitantes em relação a 2017, último ano de estudo.

O gasto médio do turista aumentou de R$ 1.112 em 2017, para R$ 1.634 em 2019, o que representa alta de 46,9%.

Como foi o evento

Considerada a maior do mundo, a 23ª Parada do Orgulho LGBT de São Paulo reuniu 3 milhões de pessoas no domingo (23) na Avenida Paulista, segundo os organizadores. Ao todo, 19 trios elétricos desfilaram por cerca de sete horas de apresentações.

O público se animou com a atração internacional Mel C, ex-integrante das Spice Girls, e também com shows brasileiros como Iza, Karol Conká, Gloria Groove, Aretuza Love, Luisa Sonza, Lulu Santos e outros.

O “esquenta” da Parada foi marcado por um casamento coletivo que aconteceu no início da manhã em um cartório itinerante na Avenida Paulista. Depois, os quatro casais participaram da abertura em cima de um trio elétrico, onde a a drag queen Tchaka exaltou a importância de respeitar os casais homoafetivos.

O tema deste ano foram os “50 anos de Stonewall”, um conflito que aconteceu em 1969 em um bar nos Estados Unidos e foi um marco para o ativismo da comunidade LGBT. Políticos discursaram durante a abertura e houve manifestações do público contra o presidente Jair Bolsonaro (PSL).

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), 18 pessoas foram presas por roubo e 14 celulares foram apreendidos.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
Fonte:
G1
Anunciante

E.U.A

MC Gui nega bullying contra criança na Disney: “Brincadeira”

"Não sou um cara de má índole, tenho família, berço e respeito. Não tive intenção de julgar ninguém", disse

Publicado em

MC Gui quebrou o silêncio e gravou um comunicado oficial ao ser acusado de praticar bullying contra uma criança na Disney, nos Estados Unidos, na noite desta segunda-feira (21). Segundo o funkeiro, ele e seus amigos estavam se divertindo com a semelhança entre a menina filmada e a personagem de animação de “Monstros S.A” Boo.

“Eu realmente já fui zoado por alguns amigos e, mano, estão dizendo que eu estava fazendo bullying com a criança, e eu fiquei impressionado. Porque aqui nos Estados Unidos, eu vejo pessoas que são iguais aos personagens que estão nos filmes”, iniciou ele.

Funkeiro rebate críticas: “Internet está muito chata”

Nas imagens postadas em seu stories, mas já deletadas, MC Gui aparece rindo com seus amigos e filmando o tempo todo a pequena. O cantor rebateu as críticas e disse que a “internet está muito chata”.

“E no trem eu postei a menina que estava [parecida] com a personagem da Boo [da animação Monstros S.A], certo? E achei impressionante porque estava muito parecida. Eu dei risada, porque nunca tinha visto aquilo. E a internet está muito chata, eu não fiz bullying com a menina”, acrescentou o artista, criticado assim como Meghan Markle ao ser vítima de fake news.

“Ela até viu que eu estava filmando”, relata cantor

O cantor revelou ainda que ele e a namorada chegaram a conversar com a mãe da menina após suposta brincadeira. “Ela até viu que eu estava filmando, a mãe dela que estava do lado veio falar com a gente. Eu não falo inglês, mas minha namorada fala e a gente acabou que meio fez uma brincadeira. Estou na Disney, estou de férias. Não preciso ficar me explicando, mas essa é a internet que a gente está usando hoje”, finalizou ele.

Gui lamenta repercussão negativa: “Estou triste”

Às lágrimas, o cantor usou seus Stories para pedir mais respeito e fim das críticas feitas por outros famosos nas redes sociais. “Eu postei realmente o que aconteceu. Não sou um cara de má índole, tenho família, berço e respeito. Não tive intenção de julgar ninguém. Artistas e influenciadores poderiam me chamar, dar conselhos, me ajudar, sou ser humano… Posso ter errado, mas me ajuda. Não acho legal distribuir ódio na internet. Não é legal pra quem está recebendo e nem pra pessoa que tá fazendo ou assistindo. Não é legal! Estou triste, num momento ruim, só peço respeito e obrigado. Me redimo se errei de alguma forma, mas só Deus sabe do meu interior”, disse.

Após a repercussão do vídeo, famosos como a funkeira Jojo Todynho postou uma sequência de vídeos em seu stories no qual aparece revoltada com a atitude o cantor.

“MC Gui, não trava comentário, não, sustenta sua gracinha! Eu só vim fazer esse stories aqui porque você bloqueou os comentários, então vim aqui e te marquei. Aprenda a ter respeito pelas pessoas. Eu dava um tapa dentro da tua cara. Ridículo!”, disse.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO

LOTERIA

Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 21,5 milhões nesta terça

As seis dezenas serão sorteadas a partir das 20h

Publicado em

A Mega-Sena desta terça-feira (22) tem um prêmio estimado em R$ 21,5 milhões. As seis dezenas serão sorteadas a partir das 20h (horário de Brasília), no Espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo. O sorteio é aberto ao público.

Nesta semana, excepcionalmente, a Mega-Sena terá três sorteios: hoje (terça), na quinta-feira (24) e no sábado (26). É a chamada Mega Semana da Sorte.

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) nas casas lotéricas credenciadas pela Caixa, em todo o País. O bilhete simples, com seis dezenas marcadas, custa R$ 3,50.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO
error: Conteúdo protegido. LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998
80