CONECTE CONOSCO

foragida

Mãe e filhas são encontradas mortas na Grande São Paulo

Publicado em



(FOLHAPRESS) – Uma mãe e suas duas filhas foram encontradas assassinadas, dentro de casa, no início da noite de sábado (15) em Itapevi (Grande SP). Elas foram mortas em frente a três crianças, filhos e netos das vítimas. Um suspeito pelo crime foi identificado, segundo a polícia, mas não havia sido.

De acordo com a polícia, Fabiane Vitor do Nascimento, 44, e uma de suas filhas, Laiza Domenicca Vitor Germano, 18, foram encontradas já mortas, em um cômodo de casa, com tiros nas cabeças. A outra filha de Fabiane, Evelyn Raiane Vitor Germano, 20, também foi encontrada sem vida, também com marcas de tiros, em outro cômodo da residência. O caso foi registrado como homicídio simples.

O crime ocorreu enquanto acontecia uma festa, em outra casa, na rua onde as vítimas viviam, no bairro Jardim Maristela. A motivação para o crime ainda é apurada pela polícia. Mas uma das linhas de investigação seria um desentendimento entre as vítimas e um vizinho, identidade não informada, ocorrido por conta da colocação de sacos de lixo na calçada.

Boletim de ocorrência afirma que o local onde os corpos foram achados é de difícil acesso e que nenhuma testemunha foi encontrada para ajudar no esclarecimento do caso. O portão da residência das vítimas, ainda segundo a polícia, foi arrombado.

As crianças, de oito meses, um e dois anos, foram encaminhadas ao Conselho Tutelar da cidade.
Foi apurado que Fabiane era foragida da Justiça, pois havia um mandado de prisão em aberto contra ela, por furto.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública, gestão João Doria (PSDB), 11 pessoas foram assassinadas em Itapevi, entre janeiro e abril de deste ano. No mesmo período de 2018, foram 10.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
Anunciante
error: Conteúdo protegido. LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998
  102