Fique Ligado!

Oi, o que você está procurando?

saúde pública

Guararapes gasta 30% do orçamento com saúde

Média anual é de R$ 20 milhões de investimento na área; porcentual é o dobro do mínimo exigido pela Constituição, que obriga os municípios a destinarem 15% de seu orçamento para a saúde

Apesar de ter assumido a Prefeitura de Guararapes em um momento que ele considera financeiramente crítico, em virtude da obrigatoriedade de pagamento de uma enxurrada de precatórios, o prefeito Tarek Dargham (PTB) está conseguindo manter um investimento significativo para custear o sistema municipal de saúde.

Nos dois primeiros anos deste seu quarto mandato à frente do Executivo Municipal, Tarek investiu mais de R$ 40 milhões na saúde. Em 2017, o total gasto com a gestão da área foi de R$ 18.954.124,64. No ano seguinte, os investimentos foram ainda maiores, alcançando a soma de R$ 21.112.019,49. E de janeiro até abril de 2019, a administração municipal já destinou para a área R$ 6.754.611,99, o que projeta os gastos neste ano para mais de R$ 20 milhões.

Os valores gastos com a saúde pública do município representam mais de 30% das receitas anuais do Município e mais que o dobro do mínimo exigido pela Constituição Federal, que obriga as prefeituras a destinarem 15% dos seus orçamentos para a área.

Apesar de essa soma não ser refletida em obras visíveis, o prefeito de Guararapes explica que aumentou os investimentos no sistema municipal de saúde para ampliar o atendimento básico e de especialidades, contratando mais médicos, enfermeiros e outros servidores administrativos e conveniando a cidade com outros centros de serviços especializados.

Embora R$ 20 milhões ao ano possa parecer um valor alto para ser gasto com a saúde pública de uma cidade com 32 mil habitantes, Tarek Dargham diz que o sistema municipal precisa melhorar bastante para alcançar o que ele considera ideal.

“Precisamos reduzir o tempo de espera pelas consultas de especialidades e diminuir o tráfego de pacientes de uma cidade para outra. E isso requer um atendimento moderno, totalmente informatizado, a aquisição de novos e modernos aparelhos de exames complementares e mais médicos”, analisa o prefeito.

“Estamos trabalhando para isso, para oferecer a todos os guararapenses um sistema municipal de saúde onde todos  serão atendidos melhor e com mais eficiência”, adiantou Tarek Dargham.

 

Anunciante

PREFEITURA GASTA R$ 5,3 MILHÕES COM MEDICAMENTOS E FRALDAS

A Prefeitura de Guararapes destinou mais de R$ 5,3 milhões nos anos de 2017 e 2018 para a aquisição de materiais, bens e serviços de distribuição gratuita, uma média anual de R$ 2,66 milhões.

Nesta conta estão incluídos remédios de baixo, médio e alto custos, aparelhos de uso contínuo (como oxigênio), fraldas geriátricas, alimentos especiais para crianças, entre outros materiais.

De acordo com o Departamento Financeiro da Prefeitura, em 2017 foram consumidos R$ 2.314.300,03. No ano seguinte, foram destinados R$ 3.008.732,96 (aumento de 30% de um período para o outro) e, agora, de janeiro a abril de 2019, o município já usou um montante de R$ 1.595.205,65.

Com base na média de gastos mensais no primeiro quadrimestre deste ano, a Prefeitura de Guararapes poderá encerrar 2019 com um investimento de R$ 4,784 milhões para a oferta de medicamentos e outros materiais gratuitos à população, um expressivo aumento de 106,8% em comparação com o primeiro ano da atual gestão do prefeito Tarek Dargham.

Como a gestão da saúde pública é tripartite (de responsabilidade da União, Estado e município), os montantes gastos pela Prefeitura incluem recursos das três esferas do poder, embora a maior parte desta conta seja custeada pelo município.

 

Ediwilson dos Santos, especial para o Regional Press

 

Anunciante
Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!

Mais lidas – 24H



Anunciante
Anunciante
Anunciante