CONECTE CONOSCO

paralisação

Greve contra Previdência afeta transportes pelo país nesta sexta-feira

Publicado em

Photo Premium/Folhapress


(FOLHAPRESS) – O metrô e o serviço de ônibus das principais capitais do país devem ser afetados nesta sexta-feira (13) com a greve geral contra a reforma da Previdência.

Convocada pelas centrais sindicais no dia 1º de maio, a paralisação é de âmbito nacional e tem como alvo o projeto de mudanças das aposentadorias apresentado pelo governo de Jair Bolsonaro (PSL).

Em São Paulo, as linhas 1, 2 e 3 do Metrô deverão ser as mais afetadas Já as linhas 4 e 5, administradas por concessionárias, afirmaram que suas operações funcionarão normalmente. Os trens da CPTM também terão operação normal. No Rio de Janeiro, a expectativa é que a greve não atinja tanto os serviços de transporte.

Movimentos sociais que integram a Frente Povo Sem Medo planejam obstruir o tráfego de veículos em rodovias estaduais e federais e em grandes avenidas de capitais em ao menos nove estados.

A estimativa é que todos os 21 mil ônibus não operem em Salvador. Bancários também confirmaram que vão cruzar os braços.

No Recife, devem paralisar funcionários de ônibus e metrô, além de bancários e servidores de escolas da rede estadual e municipal.

Em Porto Alegre, escolas, transporte, saúde e bancos devem ser afetados. Os colégios públicos não devem ter aulas e parte das escolas particulares anunciaram adesão. O transporte por trem estará paralisado, mas os motoristas de ônibus vão trabalhar.

Em Curitiba, ao menos 30 categorias aderiram à greve geral. As escolas devem ser as mais afetadas.
Professores de escolas das redes pública e particular da capital paulista também vão aderir.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
Anunciante

POLÍTICA

Deputados protocolam nova lista para Waldir liderar PSL na Câmara

Publicado em

A ala ligada ao presidente do PSL, deputado federal Luciano Bivar (PE), protocolou na Secretaria Geral da Mesa (SGM) uma nova lista para que o deputado Delegado Waldir (GO) retome a liderança do partido na Câmara dos Deputados.

A apresentação do novo requerimento foi uma reação à validação, pela SGM, do nome do deputado Eduardo Bolsonaro (SP), para que o filho do presidente Jair Bolsonaro assumisse o comando da legenda na Casa. O documento que oficializou Eduardo como líder do PSL na Câmara tinha 29 assinaturas, mas somente 28 foram consideradas.

A nova lista protocolada pelo grupo ligado a Bivar tem 28 assinaturas. Para que a Casa valide uma lista, ela deve ter a assinatura da maioria absoluta (metade mais um) dos integrantes do partido. Atualmente o PSL tem 53 deputados.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO

Guarujá

Cliente encontra barata assada em pizza após consumir seis fatias

Publicado em

Fazer refeições em estabelecimentos comerciais sempre traz reflexão e, em alguns casos, preocupação sobre a higiene do local. Desta vez, moradores do Guarujá, no litoral de São Paulo, não tiveram boa digestão. Eles encontraram uma barata assada em meio a uma fatia de pizza (foto em destaque, na direita), após terem consumido seis pedaços do alimento. A informação é do portal G1.

De acordo com a reportagem, depois que encontraram o inseto na pizza, os clientes foram estornados pelo valor pago.

Segundo o advogado dos proprietários da pizzaria, o grupo consumiu uma das pizzas e outros seis pedaços da segunda unidade até encontrarem o inseto. Além de devolver o dinheiro, o dono do estabelecimento também ofereceu outra pizza como compensação, o que teria sido recusado pela família.

“A pizzaria, os proprietários e funcionários ficaram assustados, porque isso nunca havia acontecido antes. Todo o processo é monitorado rigorosamente e todos foram questionados, mas é difícil imaginar que ninguém tenha visto ela durante a produção”, pontuou o advogado.

A defesa declarou, ainda, que apesar de o estabelecimento se solidarizar com os clientes e oferecer todo o apoio necessário, a ocorrência será analisada e, caso seja constatado que não era possível que a barata tivesse acesso à pizza, serão tomadas medidas cabíveis em relação às denúncias.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO
error: Conteúdo protegido. LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998
81