CONECTE CONOSCO

FUTEBOL

Copa América tem Paraguai e Catar no Maracanã neste domingo

A equipe paraguaia venceu duas vezes a Copa América, em 1953 e 1979. Esses dois títulos, junto com a medalha de prata nos Jogos Olímpicos de

Publicado em



O Estádio do Maracanã será palco neste domingo (16/06/2019), às 16h, da partida entre o Paraguai e o Catar, válida pela Copa América. Devido ao jogo, a Polícia Militar (PM) vai reforçar o policiamento no entorno e dentro do estádio em 600 homens. Em dias de jogos normais, a PM conta com 2,5 mil homens na segurança do estádio.

Paraguai

A equipe paraguaia venceu duas vezes a Copa América, em 1953 e 1979. Esses dois títulos, junto com a medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Atenas 2004, são as maiores conquistas da seleção guarani.

O Paraguai também chegou às semifinais em duas das três últimas edições da Copa América (final em 2011 e semifinais em 2015), embora tenha vencido apenas uma das 15 partidas disputadas nessas edições (9 empates e 5 derrotas): 1 a 0 contra a Jamaica, em 2015.

Catar

O adversário do Paraguai é o Catar, que é a nova campeã da recente Copa da Ásia. A Seleção Nacional do Catar participa da Copa América 2019 como convidada. Esta é sua estreia no torneio sul-americano.

A equipe do Catar é a nona seleção fora da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) a disputar o evento (México, Costa Rica, Estados Unidos, Honduras, Panamá, Japão, Jamaica e Haiti já participaram) e será a segunda equipe asiática na Copa América. O Japão já havia participado em 1999 e também está presente este ano.

Outra partida

Às 19h, Uruguai e Equador se enfrentam no Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte. O Uruguai conta com Luis Suárez, um dos bons atacantes da atualidade. A Seleção Nacional do Uruguai é a maior campeã da Copa América: com 15 títulos. A celeste, como é conhecida, foi a primeira vencedora do torneio, em 1916, e sua última conquista do título foi em 2011, na competição disputada na Argentina, derrotando o Paraguai por 3 a 0.

A equipe do Equador aposta no atacante Enner Valencia para garantir a vitória. Com o comando do técnico colombiano Hernán Darío Gómez, buscará seu primeiro título da Copa América no Brasil, torneio em que teve sua melhor participação na edição de 1993, terminando em quarto lugar na competição.

Junto com a Venezuela, o Equador é o único time que não venceu a competição.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
Anunciante

futebol

São Paulo vence o Avaí e entra no G-4 do Brasileirão

Publicado em

Tricolor no G-4! No Morumbi, o São Paulo recebeu o Avaí, pela 27ª rodada do Brasileirão, e fez valer o mando de campo para conquistar uma vitória por 1 a 0.

Com o triunfo deste domingo (20), a equipe paulista chegou aos 46 pontos e pulou para a quarta posição na tabela de classificação da Série A. Já o Avaí é o 19º, com 17 pontos.

O jogo

Jogando em casa, o São Paulo tomou conta das ações no primeiro tempo chegando a bater mais de 80% de posse de bola. A primeira chance do Tricolor saiu aos 17 minutos em finalização de Luan. A partir dos 22 o domínio são-paulino ganhou um reforço com a expulsão de Brenner.

Com um a mais, o time da casa montou uma blitz no campo ofensivo. Aos 28, Antony arriscou o chute e Vladimir salvou o Leão. Sem conseguir furar a defesa do Avaí, o São Paulo insistiu nas jogadas pelo alto.

Na marca dos 35, após bola alçada na área, Vitor Bueno testou firme e novamente o arqueiro avaiano evitou o gol. No minuto seguinte, em novo cruzamento, o atacante escorou para Alexandre Pato e Vladimir afastou o perigo.

Minutos antes do intervalo, após cobrança de escanteio, Liziero pegou a sobra e bateu de primeira exigindo mais uma boa defesa do arqueiro do Avaí.

O Tricolor voltou do intervalo disposto a transformar o domínio em bola na rede. Aos três, Pato recebeu ótimo passe de Antony e livre dentro da área mandou para fora.

Dois minutos depois, Arboleda teve a chance após cobrança de escanteio e não desperdiçou: 1 a 0. Na sequência, Pato apareceu de novo e dessa vez parou em mais uma defesa de Vladimir.

Querendo mais, o São Paulo continuou pressionando e quase ampliou a contagem nas finalizações de Daniel Alves e Pato. Do outro lado o Avaí tentou responder com Julinho e Richard Franco.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO

brasileirão

Corinthians perde para o Cruzeiro em casa

Publicado em

Festa mineira em São Paulo! Na noite deste sábado (19), o Cruzeiro visitou o Corinthians, pela 27ª rodada do Brasileirão, e venceu de virada por 2 a 1 engatando o segundo triunfo consecutivo na competição.

Com a vitória, a equipe celeste chegou aos 28 pontos e saiu momentaneamente da zona de rebaixamento. Já o Timão tem 44 pontos e ocupa o quarto lugar.

O jogo

O duelo entre paulistas e mineiros demorou para engrenar na Arena Corinthians. Aos dois, o Timão chegou a assustar com Gustavo, mas o jogo só foi ganhar em emoção a partir dos 20 minutos. Na marca dos 24, o Cruzeiro criou a primeira chance com Fred.

Marquinhos Gabriel apareceu pela esquerda, cruzou rasteiro, o camisa 9 se antecipou da marcação e bateu rente à meta alvinegra. A resposta corintiana veio três minutos depois. Pedrinho fez boa jogada individual e achou Gustavo livre dentro da área. O atacante tentou o chute, mas mandou para fora.

Ainda no ataque, o Corinthians levou perigo com Pedrinho. Até que aos 33, Fagner aproveitou uma sobra na área e soltou um foguete direto para o fundo das redes: 1 a 0.

Mas vantagem do Alvinegro durou pouco. Quatro minutos depois, Fred cobrou pênalti com categoria para empatar a partida. O gol animou o Cruzeiro, que teve boas chances de fazer o segundo com Thiago Neves.

Já nos acréscimos, foi a vez do Timão voltar ao ataque com Sornoza. Em bom contra-ataque alvinegro, o meia finalizou da entrada da área rente ao travessão.

Na volta do intervalo, o Corinthians assustou logo aos cinco minutos. Pedrinho pegou uma sobra após bola alçada na área e soltou o pé, mas Fábio operou um milagre para salvar o Cruzeiro.

Dominando as ações, o Timão teve mais uma chance, aos 19, com Janderson e novamente o goleiro celeste evitou o gol. Aos poucos, a Raposa equilibrou o jogo.

Thiago Neves e Fred quase marcaram, mas foi Éderson que anotou o gol da virada cruzeirense. Aos 25, o volante apareceu livre no campo de ataque, invadiu a área, driblou o goleiro e mandou para o fundo da meta alvinegra: 2 a 1.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO
error: Conteúdo protegido. LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998
80