CONECTE CONOSCO

Utilidade Pública

Confira dicas do Procon-SP para comprar em sebos e brechós

Publicado em



Quem gosta de produtos clássicos e itens antigos, certamente irá se divertir ao visitar lugares como sebos e brechós, além de fazer boas compras, principalmente devido aos preços acessíveis.

O aposentado João Takahara conta que adora procurar por livros antigos. “Geralmente eu compro livros que não são fáceis de achar em livrarias comuns. Passo uma manhã garimpando o Sebo e acabo saindo com muita coisa boa”, explica.

No entanto, é preciso ficar atento a alguns cuidados na hora de escolher, já que não se tratam de produtos novos nem com estoque para reposição em caso de problemas.

O Procon-SP preparou algumas dicas para que o consumidor não tenha surpresas desagradáveis, como registrar os defeitos por escrito, exigir a nota fiscal, saber com antecedência sobre garantia e formas de pagamento, entre outras. Confira:

– Exija que todos os defeitos que a roupa possa conter sejam documentados por escrito;

– Mesmo sendo peças já usadas, o consumidor tem 90 dias para reclamar de defeitos na roupa, desde que ele não tenha sido informado dos mesmos anteriormente, ou de outros vícios que não eram aparentes no momento da compra;

– Também é importante ficar atento à política de troca destes estabelecimentos, lembrando que a troca de produtos por motivo de cor, tamanho ou gosto não é obrigatória;

– Como muitos destes estabelecimentos não possuem estoques com o mesmo modelo de roupa, a troca pode ser feita por outro produto que agrade o consumidor;

– A loja só é obrigada a efetuar a substituição em caso de defeitos na mercadoria;

– Pesquise preços entre produtos similares, uma vez que dentro deste segmento é difícil achar objetos idênticos;

– Seja qual for a compra, a nota fiscal deve ser exigida. Ela é um documento importante no caso de eventual utilização da garantia;

– Produtos usados também possuem garantia, conforme estabelece o Código de Defesa do Consumidor. Mesmo que haja informação que o consumidor adquiriu o produto “no estado em que se encontra”;

– É indispensável que o fornecedor descreva detalhadamente, no caso de peças com algum vício (aquele que possui um defeito que não traz riscos à saúde e segurança do consumidor, como um eletroeletrônico que não funciona ou uma roupa com defeito de fabricação), os possíveis problemas que o produto tenha, uma vez que a informação é um direito básico do consumidor;

– Para efetuar reclamação de vícios aparentes e de fácil constatação, o prazo é de até 90 dias. A contagem deste prazo se inicia na entrega efetiva do produto. Lembrando que os vícios aparentes relatados na nota fiscal, ou no recibo de compra, não podem ser reclamados;

– Muita atenção para as compras de livros, CDs, DVDs, revistas ou publicações. A Lei Estadual 8.124/92 prevê que, para estes produtos, deverá ser mantida uma amostra para o exame do consumidor, exceção feita àqueles que, por força de lei ou determinação de autoridade competente, devem ser comercializados lacrados;

– Os preços deverão ser informados de maneira clara, precisa e de fácil visualização para o consumidor. Se o produto estiver na vitrine, o valor também deve ser exposto;

– A aceitação de cheques e cartões é uma opção dos estabelecimentos. Porém, a partir do momento em que o cheque é aceito, o lojista não pode fazer restrições (não aceitar cheques de contas recentes, por exemplo). Vale lembrar que as lojas não são obrigadas a receber cheques de terceiros, de outras praças ou administrativos. No caso de cartão (débito e crédito), o fornecedor não pode impor limite mínimo para essa forma de pagamento.

Compras pela internet

Nas compras feitas fora do estabelecimento comercial (Internet, telefone, catálogo, por exemplo), o consumidor pode desistir do negócio em sete dias, contados a partir da data da aquisição ou do recebimento do produto.

A dona de casa, Fátima da Silva, já comprou um produto que parecia uma coisa pela internet e quando recebeu era outra. “Meu marido gosta de colecionar objetos antigos e achei que estava comprando algo que ele fosse gostar. Quando o produto chegou não era o que parecia. Mas deu tudo certo porque consegui fazer a troca”, afirma.

Troca de produto

Como muitos destes estabelecimentos não possuem estoques com o mesmo título de livro, por exemplo, a troca pode ser feita por outro produto que agrade o consumidor. Verifique as condições junto ao estabelecimento.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
Fonte: Procon-SP
Anunciante

ARTE

Escola de Teatro Bolshoi vai realizar pré-seleção e workshop em Birigui

Publicado em

A Escola de Teatro Bolshoi no Brasil vai realizar em Birigui uma pré-seleção e um workshop. Os eventos serão realizados nos dias 6 e 7 de julho, no salão da Acib (Associação Comercial e Industrial de Birigui). As atividades recebem apoio da Prefeitura de Birigui, por meio da Secultur (Secretaria de Cultura e Turismo).

Na manhã desta terça-feira (25), o prefeito Cristiano Salmeirão recebeu a professora de balé Priscila Santos, ex-bailarina que morou 22 anos na Rússia. O encontro reuniu o músico Mário Bonfim e o empresário Souza, da Escola Souza Melodia Dance.

“A Escola Bolshoi é a maior companhia de balé do mundo. É uma honra fazer parte deste projeto. Nossa gestão apoia eventos culturais de variadas modalidades”, comentou o prefeito Cristiano Salmeirão. “A Priscila é a representante do Bolshoi e esse evento irá movimentar os bailarinos da região”, completou.

PRÉ-SELEÇÃO

No dia 6 (sábado) acontece a pré-seleção. Os interessados devem fazer inscrições no site da escola (www.escolabolshoi.com.br) até o dia 3 de julho. A inscrição custa R$ 25,00. As avaliações serão feitas por 2 professores da Escola Bolshoi e começam às 9h.

Poderão participar bailarinos e bailarinas de todas as cidades do Brasil nascidos em 2001 até 2010. Dez bailarinos ganharão bolsa de 8 anos na Escola de Teatro Bolshoi no Brasil, que fica na cidade catarinense de Joinville. Depois deste período, irão para a Rússia.

A vinda da Escola de Teatro Bolshoi no Brasil para Birigui tem patrocínio do Colégio Criando Asas.

WORKSHOP

Oferecido gratuitamente, o workshop acontece no sábado, das 17h às 18h30, e no domingo (dia 7), das 9h às 10h30. No sábado, poderão participar o público de 12 a 15 anos. No domingo, o evento é voltado para os que têm de 9 a 12 anos.

As inscrições devem ser feitas na Fábrica de Bailarino (Rua Nestor Pulzato, 165, Alto do Silvares) e na Escola Souza Melodia Dance (Rua Euclides da Cunha, 29, Vila Silvares).

Outras informações: (18) 99631-8739.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO

Rede Social

Uso do Facebook caiu após escândalos de privacidade, diz jornal

Publicado em

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A atividade de usuários no Facebook vem caindo desde que a rede social começou a ser o centro de escândalos envolvendo a privacidade dos usuários, afirma reportagem do jornal britânico The Guardian.

Segundo o jornal, que teve acesso a dados da empresa de análise do comportamento de consumidores online  Mixpanel, a queda em atividades como criação de posts, curtidas e comentários foi de 20% desde abril de 2018.

A data marca um mês após ser revelado que dados pessoais de milhões de usuários foram acessados pela consultoria Cambridge Analytica, contratada pela campanha presidencial de Donald Trump nos Estados Unidos em 2016.

A queda foi de 10% logo no primeiro mês após o escândalo. Houve recuperação de parte da atividade durante o verão no Hemisfério Norte e voltou a cair, exceto por um breve período durante eleições legislativas nos Estados Unidos.

A reportagem aponta que, no período, o Facebook sofreu outros revézes, como exposição de dados de 50 milhões de usuários por falha de segurança e o uso da plataforma como ferramenta para disseminar notícias falsas e conteúdo de ódio contra a minoria muçulmana rohingya, em Mianmar.

Por outro lado, as informações divulgadas pelo Facebook em seus balanços mostram aumento na quantidade de usuários ativos, tanto em base diária como também mensal. Foram 1,56 bilhões de usuários diários (8% a mais do que em março março de 2018).

A hipótese apontada pelo jornal é que, enquanto poucos efetivamente deletaram seus aplicativos desde 2018, muitos passaram a realizar menos atividades na rede.

Nos Estados Unidos, a empresa eMarketer, de pesquisas de mercado, também apontou redução no uso do Facebook. A média de uso diário caiu de 41 minutos em 2017 para 38 minutos.

A empresa avaliou que a rede perde perdendo atenção dos usuários mais jovens, que estariam se interessando por outras redes e atividades online. A companhia não comentou a reportagem do jornal britânico.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO

recuperação

Zeca Pagodinho passa por cirurgia e deve ficar três dias internado

Publicado em

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Zeca Pagodinho, 60, deu entrada no Hospital Copa Star no Rio de Janeiro por volta das 16h desta segunda-feira (24), onde permaneceu internado para um procedimento cirúrgico previsto para a manhã desta terça (25).

Segundo a assessoria do cantor, Pagodinho sofre de uma obstrução nasal crônica de longa data, que estava sendo acompanhado pelo seu médico.

O problema afetava a respiração do artista e poderia piorar com o passar do tempo, o que o fez optar pela cirurgia de septoplastia e turbinoplastia, para que tivesse uma “qualidade de vida melhor”.

“Foi tudo bem planejado, não teve urgência”, diz a assessoria, que relatou que o cantor estava bastante tranquilo antes do procedimento. “Ele estava animado, rodou o hospital inteiro, conversou com todas as enfermeiras, falou um monte de coisas”.

O hospital é o mesmo em que o filho de Luciano Huck, Benício, ficou após o acidente que sofreu neste sábado (22).

A cirurgia de Pagodinho ocorreu dentro do horário previsto, começando entre 7h30 e 8h, com duração de uma hora.

Neste momento, o cantor está em recuperação no quarto do hospital, acompanhado por sua esposa, Mônica Silva, ​e sob os cuidados do otorrino Jair de Castro e do pneumologista Marcelo Kalichsztein.

Por ter sido necessário o uso da anestesia geral, a previsão de alta de Pagodinho é para sexta-feira (28). Por enquanto, a equipe médica proibiu visitas ao paciente.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO
87